Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Propet

No description
by

Moema Chatkin

on 2 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Propet

PRÓPET - Saúde UCPel
Sub-projetos
Qualificação da Atenção Básica
Gestão do sistema de Saúde
Rede de Atenção aos Idosos
Rede de Atenção à Saúde Mental
Vigilância à Saúde
Atividades
1. Pesquisas: -Avaliação do Programa de Reestruturação dos Hospitais Filantrópicos e de Ensino em Pelotas 2008-2012 em fase de análise
-Avaliação dos Serviços de Alta Complexidade do SUS do município de Pelotas
-Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde: uma ferramenta de gestão
2. Atuar no nível central da SMS nos setores de contratos/contratualização, Central de Regulação, CNES, planejamento e gestão de programas - inserção dos acadêmicos com integração às atividades inerentes
3. Organizar e participar de capacitações sobre temas relevantes
4. Encontros periódicos dos grupos para problematização, planejamento e análise dos trabalhos realizados visando uma aproximação entre os diferentes níveis do sistema
5. Construção de protocolos de acesso - 6 protocolos prontos e implantados
Ação
Inserção nos cenários com a incorporação das atividades na rotina dos serviços, no trabalho com a comunidade com os planos
de trabalho sendo concebidos, desenvolvidos e avaliados conjuntamente com a equipe e as diversas profissões envolvidas.
Ação
Fortalezas
-relação cooperativa e corresponsável
-crescimento pessoal e profissional
-visão mais ampla em relação à saúde pública
-integração ensino/serviço/gestão
-troca de experiências entre preceptores e os alunos, possibilitando a discussão de vários temas que dizem respeito a melhoria do serviço
-qualificação do processo de aprendizado e formação profissional
-consolidação de práticas inovadoras
-ampliação/possibilidade de práticas interdisicplinares e interprofissionais
1 e 2 de Agosto de 2013
Visita da Comissão Assessora do Pró-Saúde/PET-Saúde

A. Orientação teórica- espera-se realizar, no mínimo:
-1 reunião para problematização/grupo/ano
-1 diagnóstico da situação das comunidades -alvo/grupo
-2 trabalhos científicos/grupo/ano
-1 oficina pautada com resultados dos estudos realizados/grupo/ano
-1 painel comunitário/ano
-2 Seminários para avaliação da formação em saúde com a participação de
docentes, preceptores, discentes
-1 evento sobre linhas de cuidado/ano
Pró-Saúde UCPel – Metas
1. Pesquisa: "Diagnóstico da situação da população idosa das áreas de abrangência dos serviços”
Apresentado poster no CGEM 05/2013 – Caxias do Sul - Campus da Saúde
Apresentação no Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia - Getúlio Vargas
Aceito para o CIC da FURG - Programa Diabetes na SMS
2. Classificação dos idosos em grupos de risco para intervenção com atividades de promoção e prevenção à saúde
Atividade “Movimenta”realizada com a população da ESF GV
Grupos sala de espera - sexualidade
3. Organizar e participar de capacitações sobre temas relevantes à saúde do idoso
Jornada da 3ª Idade – em fase de organização – 7 a 11/10/13
Participação na capacitação do IFSUL para cuidadores
4. Reuniões periódicas dos grupos para problematização, planejamento e análise dos trabalhos realizados com confecção de relatórios das atividades
5. Atuar junto ao ambulatório multidisciplinar do idoso, que será implantado no ambulatório de especialidades da UCPel como parte da rede de atenção
Início do ambulatório previsto para 29/07/13 com acadêmicos da medicina, psicologia e fisioterapia.
Sub-projeto Rede de Atenção á Saude do Idoso
B. Cenário de Práticas - espera-se realizar, no mínimo:
-1 oficina/ano com docentes, preceptores, equipes das UBS e acadêmicos para reflexão sobre o SUS e as redes de atenção alvo
-criação de 1 equipe multidisciplinar de apoio à integração dos serviços de diferentes níveis de atenção
-integração de no mínimo 2 serviços como novos cenários de aprendizagem
-1 disciplina de cada curso com práticas nos novos cenários integrados
-revisão de protocolo em 3 áreas no mínimo
-confecção de 1 Boletim Epidemiológico/ano
Pró-Saúde UCPel – Metas
C. Orientação Pedagógica - espera-se realizar, no mínimo:
-implantar 1 disciplina com tutoria integrada
-realização de 1 reunião com a participação de alunos, usuários, docentes, gestor, CMS para avaliação critica dos serviços de saúde/ano
-1 curso para os docentes sobre metodologias ativas
-1 oficina sobre métodos pedagógicos e problematização
-1 seminário para discussão da avaliação na formação profissional
Pró-Saúde UCPel – Metas
1. Integração ao processo do PMAQ trabalhando em equipe com os profissionais da Superintendência de Ações em Saúde da SMS
Reuniões com UBS, conferências de cadastros no CNES
Visitações as UBS da zona rural para análise de possíveis projetos de intervenção no sentido de qualificação da atenção básica;
Análise do Sistema de Indicadores da Atenção Básica (SIAB)
2. Observação, participação e discussão nas ações do Núcleo de Atenção Básica da SMS que coordena as UBS e Estratégia de Saúde da Família do município de Pelotas. Equipe também coordena outros projetos como PROVAB, PMAQ, Requalifica UBS, Telessaúde: capacitação de ACS, - elaboração do projeto de análise e avaliação dos indicadores materno infantil do SIAB
3. Pesquisa e trabalhos:
Pesquisa de acesso e qualidade da atenção à ESF em fase de análise de dados
Relato de experiência enviado ao COBEM
Indicadores do PMAQ, Sexualidade de escolares na ESF Getúlio Vargas
4. Participar junto com o gestor da gestão e avaliação da Atenção Básica
Identificação e análise de indicadores e atuação sobre os mesmos
Mapeamento de áreas da Colônia Z3, Areal Leste, Py Crespo, Virgílio Costa/ Passo do Salso para o Projeto de ampliação da ESF no município
5. Participar das ações para implantar a ESF nas 3 UBS da UCPel
6. Organizar e participar de atividades de promoção e prevenção à saúde
Sanga Saúde, Outubro Rosa, Novembro Azul, Dia da Mulher - TA, Glicemia, palestra HAS e Diabetes, orientações puericultura, saúde bucal, mamografia, CP...
7. Identificar necessidades de qualificação do trabalho das equipes: elaboraçao de cartilha do Pré-Natal, Puericultura
Sub-projeto Qualificação da Atenção Básica
Sub-projeto Gestão do Sistema
1. Consolidação de um espaço concreto de intervenção no serviço: grupos de medicação, de redes, de tabagismo, de gêneroro e acolhimento de novos usuários, acompanhamento de oficinas; participação em consultas psiquiátricas; em reuniões de equipe; oficina com grupo de musica no serviço e em apresentações fora do CAPS; agenda cultural, acompanhante terapêutico
2. Outras atividades: participação do dia da luta anti-manicomial em maio de 2013 no espaço público da cidade; participação na comissão de Saúde Mental do Conselho Municipal de Saúde de Pelotas
3. Elaboração e participação de projetos:
Grupo de Redes - objetivo de trabalhar a alta dos usuários
Grupo de intervenção “fabrincar”- objetivo de proporcionar espaço ludoterapêutico para crianças de 6 a 9 anos
Projeto "voz ativa" - fortalecer o vínculo e favorecer a corresponsabilidade no processo saúde-doença entre os indivíduos, família, equipe da APS e a rede de atenção a saúde mental.
Projeto treinamento de habilidades sociais
4. Produção acadêmica - elaboração do projeto O perfil do usuário acolhido no caps escola: análise de aspectos socioeconômicos e psicossociais a partir do tratamento - coleta de dados
5, Trabalhos aceitos no congresso mundial de saúde mental na argentina 2013 - Grupo de rede: uma alternativa para buscar a alta do caps; Grupo de medicação em um centro de atenção psicossocial; Grupo de recepção: reformulando o acolhimento no CAPS Escola; Grupo de familiares em um Centro de Atenção Psicossocial; Grupo de tabagistas para usuários de um Centro de Atenção Psicossocial: Relato de Experiência; Acompanhamento terapêutico: itinerância e protagonismo
6. "Projeto voz ativa" - II Congresso Internacional de Saúde Mental, VI Congresso de Psicologia da Região Centro- Sul do Paraná em agosto de 2013 em Irati- PR.
Sub-projeto Rede de Atenção à Saúde Mental
1. Pesquisa e publicações: Ocorrência deHepatite B no município de Pelotas, Boletim Epidemiológico
2. Integraçãoàs atividades da VS:
Investigação de declarações de óbito (DO) R99 (óbitos de causa não definida), através de um questionário padrão aplicado aos familiares do falecido, o que auxilia ao médico codificador da DO na identificação da causa base do óbito.
Investigação de Acidentes com Animais Peçonhentos – aplicação de formulário de investigação padrão do MS
Inserção nas atividades de investigação de agravos e doenças em conjunto com a equipe de investigadores da VE, digitação nos sistemas de informações, medidas de controle especificas para agravos e doenças de notificação
Atuação em todas as etapas e atividades das Campanhas da Influenza e Poliomielite
Preparação e separação de imunobiológicos solicitados por unidade de saúde, para abastecimento das mesmas.
Sub-projeto Vigilância à Saúde
A elaboração e realização dos projetos de pesquisa é realizada conjuntamente por todos os atores, considerando as demandas locais.
Os diagnósticos realizados abordam o modelo de atenção à saúde predominante nos serviços; as atividades buscam responder as necessidades de saúde da população.
Fragilidades
-atividades de formação para tutores e preceptores
-dificuldades de adequar horários
-espaços de trocas de experiências entre os sub-projetos
-mudança na gestão, troca de preceptores e tutores
-espaço físico inadequado
-custeio das ações prejudicado por não repasse do valor programado/aprovado
Desafios/Perspectivas
-Apoiar no cotidiano dos serviços os princípios do SUS
-Superar as dificuldades em relação às políticas de saúde com movimentos em múltiplos espaços na busca de resultados
-Produção de práticas eficazes em saúde mental e outras redes, levar para a prática a produção do ProPet
-Incorporar práticas PróPet na formação acadêmica
-Otimizar o tempo e diversificar atividades
-Melhorar a produção acadêmica, criar grupos de pesquisa
-Fortalecimento da relação com controle social
-Residências de psiquiatria e multiprofissional
-Manter as atividades, alcançar produtividade e satisfação
-Divulgação e disseminação de resultados
Cenários
ESF Getúlio Vargas ESF Sanga Funda
CAPS-Escola CAPS-I Campus da Saúde
Regulação Programa de Crônicos Gestão da AB
CNES Contratos/Contratualização Vigilância
Comunidade
Objetivo Geral: Dar continuidade ao processo de consolidação das transformações nos currículos dos cursos da saúde da UCPel visando a formação do profissional com perfil para a atuação no sistema de saúde brasileiro, a busca pela integralidade e qualidade da atenção à saúde e o trabalho em equipe multidisciplinar.
Objetivos específicos:
Atuar na construção das redes de atenção à saúde juntamente com a SMS; buscar a qualificação da rede de saúde em todos os seus níveis de atenção; sustentar e ampliar a integração ensino-serviço-comunidade; sensibilizar e qualificar corpo docente, discente e preceptores em relação ao SUS e a metodologias ativas de aprendizagem; articular ensino-pesquisa-extensão na busca pela formação profissional e qualificação da atenção à saúde; adequar e equipar as unidades cenários de aprendizagem; qualificar a referência e contra referência do sistema de saúde municipal.
Full transcript