Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A árvore das crenças

No description
by

Pedro dos Anjos

on 4 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A árvore das crenças

FRUTO - AÇÕES - PROGRAMAS
O fruto é a expressão externa da vida da árvore.
Em cada época sucessiva, há novo fruto, mas apesar de cada fruto ser singular, ele carrega o mesmo DNA e irá reproduzir o mesmo tipo de
árvore da qual ele veio. Você já deve ter ouvido alguém perguntar: “Você pode contar o número de sementes numa maçã, mas você não pode contar o número de maçãs numa semente?”
A árvore das crenças
TRONCO - VALORES
GALHOS - DECISÕES/POLITICAS
Os galhos (ramos) da árvore representam nossas decisões.
Nossas decisões e normas devem nascer a partir de nossas crenças e valores: elas devem ser uma extensão perfeita delas. Quando uma norma é feita, deve haver uma resposta em nossos espíritos
que diz: “É claro, certo! Se nós cremos nisto e valorizamos aquilo, então a decisão automática e natural deve ser
esta!”
RAÍZES - CRENÇAS BÁSICAS
1) Deus é infinito (Ele é absolutamente sem limites e não pode ser medido; Ele não foi criado e não tem início nem fim) e Ele é um ser pessoal e relacional.
2) Homens e mulheres foram feitos à imagem de Deus como seres pessoais, criados para relacionamento com Ele e com outros. Nós somos finitos - temos um início de
criação e limites definíveis.
3) Verdade não muda; é absoluta e podemos conhecê-la.
4) Seres humanos são responsáveis, e as consequências de nossas decisões levam a recompensas ou punição.
Solo - Cosmovisão
Qual é a minha cosmovisão?
Quais são os fatores passados que influenciaram suas famílias, suas culturas e suas maneiras de pensar, mesmo que de formas sutis?
Qual é o solo na qual suas “árvores” crescem?
“Tudo tem a ver comigo; Verdade é relativa ”
Nós valorizamos o indivíduo, mas não adoramos o indivíduo. Tudo tem a ver com Jesus!
por Darlene Cunningham com Dawn Gauslin
Extraído do Manual de Referência da Universidade das Nações 2005
adaptado por
Pedro dos Anjos
Full transcript