Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Trocadores de Calor

cap 11 - Incropera
by

Wilson Dos Santos

on 17 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Trocadores de Calor

Trocadores
de Calor

capítulo 11
OBJETIVOS
Avaliar a eficácia de um trocador de calor;
Projetar um trocador de calor;
Prever o desempenho de um trocador existente.
TIPOS DE
TROCADORES DE CALOR
TUBOS CONCÊNTRICOS
(OU BITUBULAR)
fluxo paralelo
fluxo contracorrente
TUBULARES
escoamento cruzado
CASCO E TUBO
O COEFICIENTE GLOBAL DE
TRANSFERÊNCIA DE CALOR
fluído frio
fluído quente
parede
EFICIÊNCIA GLOBAL
FATOR DE DEPOSIÇÃO
Formação de filme ou de incrustações sobre a superfície.
RESISTÊNCIA DA PAREDE
EXEMPLO:
trocador tubular
ANÁLISE DO
TROCADOR DE CALOR
TERMODINÂMICA
sem mudança
de fase
TRANSFERÊNCIA DE
CALOR
FLUXO PARALELO
FLUXO CONTRACORRENTE
EXEMPLO 1
Um trocador de calor bitubular com configuração contracorrente é utilizado para resfriar óleo lubrificante de um grande motor de turbina a gás. A vazão mássica da água de resfriamento através do tubo interno é 0,2 kg/s, enquanto a vazão do óleo através da região anular é de 0,1 kg/s. O óleo e a água entram a temperaturas de 100 e 30 °C, respectivamente. Qual deve ser o comprimento do trocador de calor se a temperatura de saída do óleo deve ser de 60 °C?
EXEMPLO 2
O trocador do exemplo anterior é substituído por um trocador do tipo placas, compacto, que é constituído por um conjunto de placas finas de matal separada por
N
espaços de espessura
a
. É desejável que o conjunto tenha a forma cúbica. Determine as dimensões externas do trocador de calor como uma função do número de canais da placa.
RESOLUÇÃO
Dados:
Considerações:
1. Perda de calor para a vizinhaça desprezível;
2. Mudança de energias cínetica e potencial despezíveis;
3. Propriedades constantes;
4. Resistência térmica na parede do tubo e fatores de desposição desprezíveis;
5. Condições de escoamento plenamente desenvolvido na água e no óleo;
6. Espessura do tubo interno desprezível.
Propriedades:
Óleo
(100 °C + 60 °C)/2
Água
(40 °C + 30 °C)/2
chute inicial
= 308 K
Achar:
Comprimento do trocador de calor para alcançar a temperatura de saída do óleo (60 °C).
BALANÇO DE ENERGIA
Óleo
Água
= 40.2 °C
= 8524 W
chute correto
Média Log das
Diferenças de Temperaturas
43.2 °C
COEF. GLOBAL
ÓLEO
ÁGUA
14050
= 90
2250 W/m²°C
= 56
5.63 (Tabela 8.2)
38.8 W/m²°C
= 38,1 W/m²°C
COMPRIMENTO
RESOLUÇÃO
Dados:
Considerações:
1. Perda de calor para a vizinhaça desprezível;
2. Mudança de energias cínetica e potencial despezíveis;
3. Propriedades constantes;
4. Resistência térmica na parede do tubo e fatores de desposição desprezíveis;
5. Condições de escoamento plenamente desenvolvido na água e no óleo;
6. Coeficientes de transferência de calor idênticos nas duas superícies do canal.
Propriedades:
Full transcript