Loading presentation...
Prezi is an interactive zooming presentation

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

FICAFE

No description
by

Susana Chacon

on 27 October 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FICAFE

Café Cereja Descascado e Sustentabilidade Econômica e Ambiental
SOBRE ACERES
Empresa de consultoria com sede na Costa Rica, especializada na produção e processamento de café de forma sustentável.
15 anos de experiência em 12 países produtores de café da América.
Café de alta qualidade com responsabilidade ambiental
Exemplo: CAFÉ DA COSTA RICA
Aumento da eficiência em processos e produtos ou serviços.
Uma melhor organização do processo de produção.
Imagem de responsabilidade social e ambiental.
Oportunidades de negócio "verde".
Cumprimento com os regulamentos.
Algumas ferramentas desenvolvidas pelo ACERES em tratamentos de águas residuais do café.
CAFES LAVADOS: UMA OPÇÃO INTERESANTE
QUALIDADE DO CAFÉ
• Melhores preços
• Aumentar a qualidade separando os grãos verdes, boia que são coletadas na fazenda
• Dar um valor agregado para o produtor
• Acesso a novos mercados para cafés lavados no Brasil
• Oportunidade de negócio verde; opção para o produtor
• Otimiza o espaço dos pátios de secagem e reduz o tempo de secagem
• Existe conhecimento e experiência em sistemas de tratamento de águas residuais e controle do volume de resíduos do café
Vantagens do Café Lavado
Desvantagens do Café Lavado
• Separar as qualidades de café na via úmida com água, gera resíduos a serem tratados
• Investimento em maquinário
• Há experiências bem-sucedidas de centrais via úmida com responsabilidade ambiental elevada
• Os resíduos se transformam em compostagem (casca), foliares e produção de biogás (águas residuais)
• Produção Mais Limpa e sistemas de tratamento de água: metodologias existentes
• Não afeta certificações
• Oportunidade de "negócios verdes"
Oportunidades do Café Lavado
Projeto 100% Qualidade
“Desenho, treinamento, operação e monitoramento de três sistemas de tratamento de águas residuais de café e geração de energia limpa a partir do biogás de pequena dimensão”
Situação no Norte Pioneiro do Paraná
Cafés naturais vs cafés lavados *
Projeto 100% Qualidade
O trabalho foi desenvolvido em 5 passos.
Para o cálculo foram tomados como referência estimativas as seguintes informações:
- Dados produtivos de processamento (capacidade de coleta por dia por safra)
- Cargas orgânicas específicas (valores de DQO e taxas de fluxo).
- Volumes e condições físico-químicas de águas residuais que seriam geradas
Para estabelecer:
• Características das águas residuais.
• Qualidade desejada do efluente.
• Etapa de tratamento (pré-tratamento, tratamento principal o após tratamento).
• Condições locais (clima, espaço disponível, uso de eletricidade, etc).
• Recurso econômico disponível.
Passo 1: Desenho
Supervisão Construtiva e Operacional
Passo 2:

Passo 3: P+L

Controle operacional e monitoramento
Passo 4:

Passo 5:
Treinamento
Tratamentos de águas residuais do café em América Central
Gestão Ambiental Responsável
Qualidade
Via úmida
Custo de Oportunidade e Valor
Temas:
Ferramentais de P+L e introdução ao tratamento anaeróbio de águas residuais do processamento de café
Operação, monitoramento e análise de água no sistema de tratamento do Benefício
Manual de Operação
Produção e utilização de biogás

Produtor: Edson Messias de Carvalho
• Localização: Joaquim Távora
• Área Total (há): 4.4
• Área com Café (há): 3.28 (café em renovacao)
• Variedade de café: Obatã, IPR 99, IPR 98, Catuaí Amarelo
• Produtividade: 15.3 sc/ha
• Tipo de sistemas implementado: Sistema de tratamento ecológico

Produtor: José Francisco da Silva
• Localização: Congonhinhas
• Área Total (há): 16.5
• Área com Café (há): 5.5
• Variedade de café: Iapar 59, Iapar 21, Catuaí Vermelho, Catuaí Amarelo, IPR 98
• Produtividade: 34.40 sc/ha
• Tipo de sistemas implementado: Biodigestor

Produtor:Orlando Palmas - Grupo Matao
• Localização: Tomazina (Matão)
• Área Total (há): 89.5
• Área com Café (há): 20.25 (renovação)
• Variedade de café: Catuaí Ver., Mundo Novo, Catuaí Amar., Tupi, Sarchimor, Arara.
• Produtividade: 28.02 sc/ha
• Tipo de sistemas implementado: Recirculação e escoamento
superficial
*Condições de manejo normais e adequadas
**Planta com a nutrição fitossanitário adequada e despulpador regulamentada
Café lavado é uma garantia de qualidade

Velhos problemas   com as mesmas soluções, não funciona

Um comprador de commodities finos (naturais), provavelmente não vai comprar cafés lavados. Deve procurar o mercado para esses cafés
Projeto 100% Qualidade
Foi desenvolvido por meio de um processo estruturado de tecnologias existentes e comprovadas dos sistemas de tratamento de águas residuais do processamento de café, tendo em conta as condições do local existentes, necessidades dos benefícios e os requisitos legais, a fim de reduzir os riscos para os seres humanos e o meio ambiente.
Situação no Norte Pionero do Paraná
OBRIGADO!
Eng. Leonardo Sánchez Hernández
ACERES Consultores
www.aceres.net


O sistema piloto se baseia no pouco uso de água limpa e no tratamento de água residuária com o uso de plantas filtradoras, que absorvem a contaminação.

O sistema gerou uma grande economia e tem um baixo custo de implementação, além dos benefícios ao médio ambiente
Cafeicultura ambiental sustentável
Poucas colheitas recebem tanta atenção quanto à sua relação com o ambiente, como o café.

O café é um dos principais produtos onde há mais esforços para adaptar as suas tecnologias de produção para reduzir o seu impacto ambiental.

O efeito da produção de café sobre a biodiversidade é uma questão que na última década tem recebido enorme atenção.

Industria: Estão levando mudanças em busca de sistemas de produção agrícola que sejam ambientalmente sustentáveis e amigável com a biodiversidade.
Cafeicultura ambiental sustentável
Mudança Climática
Produção e indústria

A análise do impacto ambiental da produção de café é uma das atividades prioritárias para gerar mudanças graduais e positivas nas formas de produção de café.

E indispensável que no conceito de sustentabilidade ambiental seja considerado e valorizado

A oferta ambiental nas diferentes regiões produtoras

Avalie a sua contribuição tomando   em conta, as colheitas ou atividades alternativas

Reconhecer a contribuição para a conservação que fazem os produtores no preço do seu produto

Criar incentivos necessários para alcançar a sustentabilidade econômica do cultivo.
Embora a variabilidade do clima sempre foi o principal fator responsável pelas flutuações de desempenho do café no mundo.

Em casos extremos, a solução para o efeito das alterações climáticas sobre o café poderia ser a diversificação ou mudar a produção para zonas mais adequadas.

Entre as estratégias de mitigação incluem cálculo e de redução das emissões de gases de efeito estufa em fazendas e facilitar a criação de sumidouros de carbono.
As questões ambientais em café deve ser tratado em dois níveis: produção e indústria.

A nível da produção, a gestão ambiental deve ser trabalhada em 3 áreas:

 Análise de riscos ambientais
É a possibilidade de que os danos no cultivo do café, produz danos ao ambiente devido a um fenómeno natural ou ação humana. Para o café, os riscos devido a ações humanas (riscos ambientais antropogênicas)

Utilização eficiente da energía
É a medida e a aplicação de energia alternativas que representa uma economia e ao mesmo tempo são ambientalmente eficaz (renovável)

 
A gestão da água
Redução do uso de água e tratamento subsequente.
Riscos ambientais
Gestão integrada de pragas (monitoramento, formas alternativas de controle e medidas de prevenção de pragas e doenças)
Uso e manuseio de pesticidas (EPP, embalagens vazias, tríplice lavagem)
Lista de Materiais Proibidos
Controle de ervas daninhas
Identificação de terra em risco de erosão do solo
Melhorar a fertilidade do solo
Áreas específicas de conservação e eliminação de lixo e resíduos perigosos
Não há desmatamento ou degradação de florestas primárias
Proteção de áreas protegidas
Definir, identificar e proteger ameaçadas espécies ameaçadas e em perigo de extinção
Adversidade ecológica, proteger e melhorar habitats e os ecosistemas da fazenda e ao redor
Uso eficiente da energia
Registrar
e monitorar a energia utilizada na produção e processamento.

Tomar medidas para aumentar a eficiência do uso de energia na produção e processamento, e, quando possível e utilização de fontes de energia climaticamente inteligente.
Redução de Água e Tratamento de Águas Residuais
Identificar e ter uma lista de fontes de água (irrigação e processamento)
Aplicar P + L para fazer uso eficiente da água (separar água limpa da agua contaminada e reciclagem durante o processamento úmido)
Zonas tampão com vegetação nativa perto de fontes de água
Gestão das águas residuais em vias húmidas
Reduzir o consumo de água durante a via úmida
Sistema de tratamento de água para eliminar ou reduzir a poluição causada por águas residuais da via úmida.
Programa de análise de qualidade e monitoramento de água
Indústria
Outra questão a considerar na relação entre o café e o ambiente é o impacto ambiental de industrialização e distribuição do produto final.

A indústria do café vai certamente demonstrar liderança sobre estas questões quando ele não concorda e socializar uma metodologia que inclui a medição da pegada de carbono de todos os processos, incluindo os relacionados com o cultivo e processamento inicial de café.
polpa
40.6%
O que gera o fruto do café?
80% do café
é desperdício
casca
17.9%
grão
20%
mucilagem
21.5%
54 g DVO/dia em excreções
6 milhões de quintais oro
(1,500,000ton)
52 500 de habitantes
As cifras anteriores correspondem a substâncias solúveis e suspensas provenientes do fruto do café.
Poluição gerada:
1 pessoa:
Problemas de águas residuais (Guatemala)
4, 6 milhões sacos de café por colheita
6 000 000 m³ de águas residuais
48 000 MT de matéria orgânica
60,000 veículos em um ano
15 000 km per ano
12km/l gasolina
O sistema tem como objetivo a redução do consumo de agua e a irrigação da pastagem a partir das aguas residuais.

O consumo de agua deve diminuir consideravelmente, passando para 2 mil litros /dia, sem aumentar o gasto de energia.
O sistema é compacto e permite a produção do biogás a partir da agua residuária.

Evita danos ambientais, gera economia e ajuda a diminuir a queima da lenha.
8 340 MT de CH4
20 400 tons de CO2
Full transcript