Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Apresentação ANEAM e APEAM

No description
by

Luis Thiago

on 31 October 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação ANEAM e APEAM

Agradecemos a presença e atenção de tod@s!!

Lembre-se do Lema do Engenheiro Ambiental:

PENSAR GRANDE, começar pequeno e cresCER

R Á P I D O ......

Como atividades foram elencadas:

- Estimular a representação de profissionais da classe nos conselhos dos Crea's;
- Estimular a criação de associações estaduais e/ou inserção de profissionais da classe em associações já existentes;
- Fomentar parcerias e intercâmbios com entidades de relativo interesse da categoria;
- Defender e fortalecer a classe dos profissionais de Engenharia Ambiental no Sistema Confea/Crea;
- Estimular os profissionais egressos a entrarem no Sistema Confea/Crea/Mútua;
- Fortalecer a categoria junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, setor produtivo, terceiro setor, comunidade científica e sociedade civil;
- Facilitar a inserção do profissional no mercado de trabalho;
- Estruturar bases para a criação da Câmaras Especializadas e Câmaras Técnicas no Sistema.

WWW.ANEAM.ORG.BR

Ex: Grupo André Maggi que hoje é reconhecido mundialmente pelo setor da agricultura e referência mundial em Gestão Ambiental.


Os produtos são vistos como seguros para o consumo e essa imagem é vista por novos mercados;


Engenheiro Ambiental X Agronegócio
O Engenheiro Ambiental é um profissional de formação generalista, que atua no Planejamento, na Gestão Ambiental e na Engenharia e Tecnologia Ambiental.

Atua nos aspectos do relacionamento Homem-Meio Ambiente e seus efeitos na cultura, no desenvolvimento sócio-econômico e na qualidade de vida.

Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza obras e serviços técnicos; e efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres.

Em suas atividades, considera a ética, a segurança, a legislação e os impactos ambientais.

MEC – Referência da Eng. Amb.

Explorar os estágios (remunerados e não rem.);
Participar de projetos de iniciação científica e similares (BITEC);
Publicações (artigos, projetos, TCC etc);
Participação em congressos, simpósios, conferências etc.;
Fortalecimento do networking;
Estar antenado às notícias e oportunidades de fundos;
Ter espírito de liderança;
Formar opinião técnica definida sobre os grandes temas atuais (Código Florestal, Belo Monte etc.) e não copiar opiniões de ambientalistas.


ALTERNATIVAS PARA O PROFISSIONAL DE ENGENHARIA AMBIENTAL FACILITAR SEU ACESSO AO MERCADO DE TRABALHO

Não ter projeto de vida;
Falta de experiência;
Línguas (Alemão, Francês, Italiano etc);
Mestrado sem experiência;
Falta de capacitação em cursos;
Concorrência desleal;
Dificuldade de acesso ao crédito para consultoria;
Não querer sair de cidade natal.

PRINCIPAIS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELO ENGENHEIRO AMBIENTAL NO MERCADO DE TRABALHO

PRINCIPAIS NECESSIDADES ATUAIS NO MERCADO DE TRABALHO A CURTO PRAZO

Arbitragem Ambiental;
Georreferenciamento de imóveis rurais;
Engenharia de Segurança;
Macro Zoneamento Ecológico-Econômico;
Saneamento Ambiental aplicado;
Combate a Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca e das Mudanças Climáticas;
Pequenas Centrais Hidrelétricas – PCH’s.

PRINCIPAIS NECESSIDADES ATUAIS NO MERCADO DE TRABALHO A CURTO PRAZO

Consultorias especializadas;
Desenvolvimento de novas tecnologias;
Estudos Ambientais na região amazônica;
Minimização de emissões de carbono / Crédito de Carbono;
Pesquisa e Extensão;
Certificações / Selos verdes;
Planejamento energético e energias renováveis;
Estudos integrados utilizando ferramentas de geoprocessamento.

PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DE ENGENHARIA AMBIENTAL NO BRASIL

• Modelagem ambiental
• Ordenamento do território (uso do solo), planejamento regional e urbano
• Poluição da água, poluição atmosférica, poluição do solo e ruído
• Redes de saneamento, (tratamento de água e de efluentes)
• Emissários submarinos e sub-fluviais
• Hidrologia e hidrogeologia
• Remediação de Áreas Degradadas
• Regulamentação e normalização ambiental
• Sistemas de informação ambiental
• Tecnologia/Produção limpa
• Tratamento de águas residuárias e de abastecimento
• Redução e controle das emissões de material particulado (poluição atmosférica)
Assessoria governamental, fiscalização e gerência ambiental
PRINCIPAIS ÁREAS DE ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DE ENGENHARIA AMBIENTAL NO BRASIL

• Análise de riscos ambientais
• Auditorias e diagnósticos ambientais
• Avaliação de impactos ambientais
• Contabilidade ambiental
• Controle de qualidade ambiental - sistemas de monitoramento e vigilância
• Detecção remota aplicada a ambiente e ordenamento do território
• Ecodesign e análise do ciclo de vida
• Educação e sensibilização ambiental
• Geologia Ambiental
• Gestão ambiental
• Gestão de recursos naturais e conservação da natureza (Meio Urbano, Rural e Costeiro)
• Gestão de resíduos sólidos
• Licenciamento Ambiental (EIA/RIMA; PCA/RCA; EIV/RIVI)

Ser referência estadual em questões relacionadas ao meio ambiente, com vistas a contribuir com a gestão mais adequadas dos recursos naturais;

Buscar maior integração entre os diversos profissionais atuantes na área ambiental, estimulando o bom relacionamento e integração entre os mesmos;

Ter representatividade nas 7 inspetorias regionais do CREAPR.



Definir e defender as atribuições dos Engenheiros Ambientais perante o sistema CREA-PR/CONFEA;

Promover cursos e palestras visando o aperfeiçoamento dos profissionais;

Apoio ao CREA Jr - Criado para viabilizar a participação dos estudantes no desenvolvimento de programa que incentive os futuros profissionais (http://www.creajr-pr.org.br/)

Congregar os Engenheiros Ambientais do Paraná, afim de fortalecer a categoria e ampliar sua atuação;
PRINCIPAIS OBJETIVOS DA APEAM

Criar tecnologias para economia de água;
Criar Comitês de Bacias;
Uso da geotecnologias para monitoramento de plantio e desmatamento/queimadas;
Gestão de resíduos agroindustriais;
Sistema de Plantio Direto de culturas;
Biomassa;
Valoração ambiental ao produto;
Tecnologias alternativas para controle de pragas sem uso de agrotóxicos;
Mercado de Carbono;
Gestão de Ambiental e de Qualidade;
Georreferenciamento de Imóveis Rurais.

Engenheiro Ambiental X Agronegócio
ALTERNATIVAS PARA O PROFISSIONAL DE ENGENHARIA AMBIENTAL FACILITAR SEU ACESSO AO MERCADO DE TRABALHO

Conhecer suas atribuições;
Focar nichos de mercado não explorados;
Buscar oportunidades onde não há profissionais qualificados;
Fazer especializações e cursos adicionais;
Se integrar em grupo;
Ser inovador, ser empreendedor, ser Engenheiro Ambiental.



PRINCIPAIS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELO ENGENHEIRO AMBIENTAL NO MERCADO DE TRABALHO

Em alguns estados restrições do CREA para aceitação de registros de ART;
Falta de reconhecimento da profissão pelos orgãos públicos e privados;
Conflitos de atribuições entre profissionais de outras classes;
Falta de espaço em concursos;
Carência de representantes no sistema Confea/Crea.


A ANEAM foi criada recentemente no dia 25 de agosto de 2010 na 67ª Semana Oficial da Engenharia, Arquitetura e Agronomia – SOEAA realizada no Centro de Eventos de Cuiabá – MT.

O nosso foco é: "Valorizar, fortalecer e integrar a
classe dos profissionais de Engenharia Ambiental
do Brasil, para a defesa da sociedade."

Foram definidas como prioridades:
- Estruturar a Diretoria Nacional;
- Elaborar e registrar o estatuto no cartório e no Sistema Confea/Crea;
- Criar e alimentar a home Page (www.aneam.org.br);
- Criar banco de dados dos profissionais registrados no Sistema Confea/Crea e levantar informações sobre as associações regionais e estaduais existentes.

Apresentação nas Instituições de Ensino Superior, que possuem o curso de Engenharia Ambiental;

Protocolo do documento junto ao CONFEA/CREAPR pra reconhecimento como entidade de classe;

Debate sobre a Lei 16.346/09 ;

Participação de reuniões da Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC) - CREA/PR.

PRINCIPAIS ATIVIDADES DA APEAM
ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DOS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
Para cumprir essa finalidade, a Associação busca ferramentas que ajudem a integrar as diversas profissões relacionadas à área e também seus associados, focada sempre no compromisso com a sustentabilidade.

A Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais - APEAM é uma entidade associativa sem fins lucrativos que tem como principal objetivo o desenvolvimento da profissão de engenharia ambiental no Estado do Paraná e no Brasil, entregando aos associados maior exposição ao mercado e oportunidades no campo da engenharia.



APRESENTAÇÃO

Graduado em Engenharia Ambiental – 2008
Discente no Programa de Mestrado de Energia na Agricultura da Unioeste;
Especialização em: Agrimensura e Geoprocessamento; Gestão Ambiental em Municípios; Engenharia de Seg. do Trabalho;
 Gerente do Departamento de Meio Ambiental da Agência de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste do Paraná;
Professor no curso de Graduação em Engenharia Ambiental da UDC;
Professor no curso de Pós Graduação em Agrimensura e Geoprocessamento da Uniamérica;
Bolsista DTE do Programa PTI C&T;
Inspetor do CREA-PR;
Vice-Diretor de Atribuições Profissionais da ANEAM;
Conselheiro Fiscal da AEAFOZ;
Conselheiro de Ética da APEAM;
Instrutor de cursos de Geoprocessamento Aplicado;
Consultor de projetos ambientais.



Cascavel – PR, Setembro de 2013

COMPETÊNCIAS E ATUAÇÕES PROFISSIONAIS DOS ENGENHEIROS AMBIENTAIS

Luis Thiago Lucio
Engenheiro Ambiental

COMPETÊNCIAS DO ENGENHEIRO AMBIENTAL DENTRE AS ENGENHARIAS
Atividades previstas para o Engenheiro Ambiental

Compete ao engenheiro ambiental o desempenho das atividades 1 a 14 e 18 do art. 1º da Resolução nº 218, de 29 de junho de 1973, referentes à administração, gestão e ordenamento ambientais e ao monitoramento e mitigação de impactos ambientais, seus serviços afins e correlatos.

Supervisão, coordenação e orientação técnica;
Estudo, planejamento, projeto e especificação;
Estudo de viabilidade técnico-econômica;
Assistência, assessoria e consultoria;
Direção de obra e serviço técnico;
Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e Parecer técnico;
Desempenho de cargo e função técnica;
Ensino, pesquisa, análise, experimentação, ensaio e divulgação técnica; extensão;
Elaboração de orçamento;
Padronização, mensuração e controle de qualidade;
Execução de obra e serviço técnico;
Fiscalização de obra e serviço técnico;
Produção técnica e especializada;
Condução de trabalho técnico;
Execução de desenho técnico.


NÚMERO DE PROFISSIONAIS ATIVOS REGISTRADOS POR CREA
TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020

CRIAÇÃO DE MECANISMOS DE UTILIZAÇÃO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS

POLÍTICAS PÚBLICAS

Planos de Resíduos Sólidos;
Planos Recursos Hídricos;
Planos de Saneamento Ambiental;
Comitês de Bacias Hidrográficas;
Consórcios Intermunicipais;
Criação de Projetos de Leis;
...


Diretoria ANEAM no Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental – Criciúma - Abril/2012


1) Combate à Desastres Naturais;
2) Rio+20;
3) Manual para criação de associações de Engenharia Ambiental;
4) Estratégias de Captação de recursos;
5) Elaboração de projetos/participação em editais;
6) Plano de Comunicação;
7) Palestras em Faculdades/Universidades;
8) Projeto 20 anos da Engenharia Ambiental;
9) Manual de orientação aos profissionais;
10) PL Gestão Ambiental;
11) GT Meio Ambiente do CREA DF.

GRUPOS DE TRABALHO EM ANDAMENTO NA ANEAM
ARBITRAGEM AMBIENTAL

CONTEXTUALIZAÇÃO DA ENGENHARIA AMBIENTAL

1º curso a entrar em funcionamento foi o da Universidade Federal de Tocantins (UFT) em 1992;

Década de 90: Difusão de cursos sequenciais com ênfase em meio ambiente;

Engenharia Ambiental: Criada pela Portaria Nº 1.693, de 05/12/94 do MEC e o exercício de profissão de Engenheiro Ambiental foi regulamentado pela Lei N º 5.194, de 24/12/96.



www.aneam.org.br
www.apeam.com.br

Eng. Luis Thiago Lucio
luisthiagolucio@gmail.com
(45) 9812-9116
http://www.facebook.com/luis.thiago.7

VENHA FAZER PARTE DA FAMÍLIA


Cerimônia de Premiação do 1º Concurso de Redação ANEAM – Novembro 2011
ANEAM na palestra realizada na
UNIVAG em Abril 2012

ANEAM na 68ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia – Setembro 2011 - Florianópolis

CONQUISTAS ANEAM
TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020
CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020
TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020
PLANEJAMENTO E GESTÃO DE
PROJETOS SÓCIO - AMBIENTAIS

MARKETING VERDE
TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020
TENDÊNCIAS PARA OS ENGENHEIROS AMBIENTAIS
2010 - 2020

DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS
2010 - 33 cursos

2004 - 17 cursos

2010 - 22 cursos

2004 - 8 cursos

2010 - 90 cursos

2004 - 33 cursos

2010 - 7 cursos

2004 - 4 cursos

Fonte: Ministério da Educação

EVOLUÇÃO DA CRIAÇÃO DE CURSOS
DE ENGENHARIA AMBIENTAL NO BRASIL

2010 - 12 cursos

2004 - 5 cursos

2001 - 21 cursos
2005 – 67 cursos
2010 – 165 cursos
2012 – 270 cursos
2013 – 275 cursos

PRINCIPAIS OBJETIVOS DA APEAM

Inscrições: http://www.webradioagua.org/index.php/ead
Full transcript