Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

lição 4 - o discípulo e a impureza

No description
by

Angela Hipolito

on 28 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of lição 4 - o discípulo e a impureza

photo credit Nasa / Goddard Space Flight Center / Reto Stöckli O DISCÍPULO E A IMPUREZA LIÇÃO 04 2 Co. 6 - 17,18 Por que a impureza impede nossa comunhão com Deus?
Por que devemos buscar a santificação?
Será que ela é realmente importante hoje?
É possível viver uma vida piedosa neste mundo cheio de malícia e perversidade? O conceito de sepração do mal é fundamental para o relacionamento entre Deus e o seu povo. O que Deus fala sobre a sepração espiritual do crente? a) No AT, a separação era um exigência contínua de Deus para o seu povo (Lv 11.44; Dt 7.3)
b) No Nt, Deus ordenou a separação entre o crente e: o sistema mundial corrupto e a transigência ímpia (Jo 17. 15,16), aqueles que na igreja pecam e não se arrependem de seus pecados (Mt 18. 15-17) e os mestres, igrejas ou seitas falsas que aceitam erros teológicos e negam as verdades bíblicas ( Mt 7.15) Nossa atitude nessa separação do mal, deve ser de: a) ódio ao pecado, à impiedade e à conduta de vida corrupta do mundo (Rm 12.9)
b) oposição à falsa doutrina (Gl 1.9)
c) amor genuíno para com aqueles de quem devemos nos separar (Jo 3.16)
d) temor de Deus ao nos aperfeiçoarmos na santificação Nosso propósito na separação do mal, é que nós, como povo de Deus: a) perseveremos na salvação (1Tm 4.16), na fé (1Tm 1.19) e na santidade (Jo 17.14-21).
b) vivamos inteiramente para Deus como nosso Senhor e Pai (Mt 22.37) e
c) convençamos o mundo incrédulo da verdade e das bênçãos do evangelho (Jo 17.21) Quando corretamente nos separarmos do mal, o próprio Deus nos recompensará, acercando-se de nós com sua proteção, sua bênção e seu cuidado paternal O crente que deixa de separar-se da prática do mal, do erro, da impureza, o resultado inevitável será a perda da sua comunhão com Deus, da sua aceitação pelo Pai, e de seus direitos de filho. Segundo a Bíblia, a separação abrange duas dimensões:
a) a separação moral e espiritual do pecado e de tudo quanto é contrário a Jesus Cristo, à justiça e à Palavra de Deus.
b) separar-se para Deus - acercar-se de Deus em estreita e íntima comunhão, mediante a dedicação, a adoração e o serviço a Ele. Modelos de impureza:
1. Olhos impuros
2. Desejos impuros As obras da carne: (Gl 5: 19-21)
Pecados de impureza sexual
- Prostituição: relações sexuais ilícitas.
- Impureza: significa basicamente sujeira.
- Lascívia: sugere amor ao pecado, de quem perdeu a vergonha e imprudentemente viola a lei de Deus.

Pecados de impureza Espiritual e Religiosa
- Idolatria: é, essencialmente, a adoração de uma criatura quando deveríamos adorar somente Deus.
- Feitiçaria: bruxaria. Pecados contra outras pessoas
- Inimizades: é uma palavra comum para descrever a separação entre inimigos.
- Porfias: são o comportamento que resulta da atitude de inimizade.
- Ciúmes: é uma palavra que fala do medo de perder alguma coisa.
- Ira: é uma palavra forte que descreve a fúria e o impulso violento contra coisas ou pessoas que nos ofendem.
- Discórdias: descrevem as dissensões que resultam de ambições egoístas.
- Dissensões: descrevem as divisões que resultam quando as pessoas satisfazem seus próprios desejos em vez de buscar agradar a Deus.
- Facçoes: são seitas ou partidos.
- Invejas: são similares ao ciúmes. Pecados que demonstram falta de autodomínio
- Bebedices: ou embriaguez.
- Glutonarias: é uma palavra que nos recorda o excesso. Como permanecer puro?
1. Crucificando a carne.
2. Desviando os olhos do mal.
3. Renovando-se no espírito.
Full transcript