Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Mitologia

No description
by

Flavia Abrusio

on 25 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Mitologia

A tragetória do mito ao logos. - civilização grega teve suas origens no séc. XX a.C (XIII séculos antes do nascimento da Filosofia);
- surgimento da Filosofia não é anterior à busca humana de conhecer o mundo e sua origem;
- "Por natureza, todos os homens aspiram pelo saber." -Aristóteles;
- conhecimento filosófico está relacionado com a razão;
- mesmo antes do surgimento da Filosofia, os gregos procuravam um meio de compreender o funcionamento da natureza, da sociedade, dos cosmos, e até do ser humano;
- cosmogonia: tentativa de explicar a origem do Universo, por meio de narrativas que remetiam à fantasia e as formas religiosas e míticas;
- os helênicos passaram a utilizar os mitos para explicar toda e qualquer questão que envolvesse à mente humana. O mito: uma forma especial de explicar o Universo e o ser humano. - mito (do grego mythos): de um modo geral é identificado como uma "mentira";
- no contexto grego era uma forma particular de ver e tentar compreender o mundo;
- não havia uma preocupação com a coerência do seus discursos e argumentos, muito menos com as provas que poderiam torná-lo verdadeiro;
- o mito não seguia o rigor metodológico de um raciocínio elaborado;
- mito exerceu um papel de "porto seguro";
- o mito estava intimamente ligado à magia, aos sentimentos, à fantasia e às forças sobrenaturais que agiam na vida das pessoas e nas manifestações da natureza. O que é o mito? A função do mito. A Mitologia Grega. - cada deus era imortal, detinha poderes sobrenaturais, sendo responsável pela origem da natureza ou por algum aspecto da vida humana;
-os relatos míticos não provinham de um único autor (eram produtos da tradição folclórica e cultural);
- os relatos eram registrados daquilo que foi transmitido oralmente;
- Hesíodo (Teogonia) e Homero (Ilíada e Odisseia): principais poetas desse período e, por meio de suas obras, tem-se a maior parte do conhecimento atual sobre a Mitologia Grega. - a passagem da consciêcia mítica à filosófica significou uma ruptura radical com a tradição e com a cultura grega (Mitologia-> Filosofia);
- para entender essa transição, há necessidade da análise de duas perspectivas distintas:
*Forma: ao analisar a forma da explicação dada aos fatos pela mitologia em contraposição à da filosofia, é possível perceber que houve uma ruptura dos primeiros filosofos (pré-socráticos) em relação à mitologia. (pré-socráticos -> razão e observação da natureza; mitologia -> fantasia, sobrenatural, mistério, sagrado e magía);
*Conteúdo: pode-se perceber que a Filosofia não rompeu definitivamente com o mito, uma vez que, em grande parte, ambas as formas de conhecimento buscavam responder às mesma questões (mitologia -> origem do Universo e seu funcionamento baseados em fundamentos divinos; filosofia -> origem do Universo baseada na busca pré-socrática pelo princípio primeiro e unificador da natureza).
- não se pode dizer que mito é uma mentira e que Filosofia é uma verdade, pois são formas de conhecimentos distintas. Mitologia Zeus Poseidon Hades Os três grandes. *Ana Beatriz *Flavia *Gabrielle *Marcella (pulga) - acomodar e tranquilizar o ser humano diante de um mundo misterioso e assustador;
- representou a primeira tentativa de explicar o mundo, a natureza e o ser humano;
- exercia papel predominante, atuando como ferramenta capaz de levar o homem a uma harmonia com o mundo e o sentido da existência.
Full transcript