Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

defende

how it works
by

Sandra Pereira

on 25 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of defende

Introdução Sandra Maria de Brito Pereira Protótipo de um glossário dos dialetos portugueses GloDiP Metodologia - corpus CORDIAL-SIN:
- cerca de 70 horas de gravação;
- mais de 600.000 palavras;
- todos os distritos de Portugal.

- extração dos dados:
- versão anotada morfossintaticamente;
- programa de concordâncias: lista de verbos do corpus;
- seleção dos verbos (os que ocorrem entre 100 e 1000 vezes no corpus).

- análise dos dados e escolha dos exemplos:
- diferentes aceções;
- diferentes construções.

- construção da base de dados (Programa Filemaker). Objetivos 1) Estabelecer o modelo de um glossário dos dialetos portugueses (informação lexical + informação sintática).

2) Construir uma base de dados de verbos dos dialetos portugueses que possa servir de modelo para uma base de dados do léxico dialetal.

3) Ampliar o conhecimento do léxico e da sintaxe dos dialetos portugueses.

4) Explorar as potencialidades de um corpus dialetal, concebido para implementar estudos de sintaxe dialetal.

5) Contribuir para a interdisciplinaridade entre áreas da Linguística (Lexicografia + Dialetologia + Sintaxe). Estrutura da dissertação Capítulo 1. Introdução

Capítulo 2. A informação sintática no GloDiP

Capítulo 3. GloDiP - um glossário dialetal

Capítulo 4. Novos dados sobre a sintaxe dialetal - análise de algumas construções

Capítulo 5. Conclusão Caraterização

113 verbos
informação sintática
exemplos extraídos de corpus Provas de doutoramento - 10 de janeiro de 2013, Universidade de Lisboa Construções causativas Construções percetivas - completiva não finita com infinitivo flexionado:
(1) Faz os porcos criarem carne. A-CLH23

- construção de Marcação Excecional de Caso:
(2) Fazia-me acachapar-me, ao meio do caminho, para ver... S-EXB08

- construção de União de Orações:
(3) O meu Epaminondas nunca deixou ir os filhos ao minério. C-GRJ31

construção causativa com infinitivo preposicionado:
(4) Eu já ia a mandar um homem lá a procurá-lo, à noite, e ele não vinha, N-PFT21 Novos dados -construção de infinitivo gerundivo:
(5) Comecei a ouvir os outros a dizerem e comecei a pensar que tinha que fazer também uma cantiga. S-MLD23

-completiva não finita com infinitivo flexionado:
(6) Eu via eles fazerem. N-GIA10

-construção de Marcação Excecional de Caso:
(7) Mas eu nunca vi mulheres lavrar aqui. A-CRV65

-construção de União de Orações:
(8) mas eu, hoje, eu tenho tido aí essa telefonia, e ouço cantar estrangeiros, não ligo àquilo. S-CPT53
(9) ainda vi fazer carvão ao meu pai também. C-UNS42

construção de infinitivo pessoal não flexionado:
(10) Já vimos elas ir daqui para ali – assim cinco seguidas! A-TRC40

construção de infinitivo preposicionado com sujeito nominativo:
(11) Mas o velho estava em casa a ver ela a fazer aquele guisado. A-CLH16 Futuro... - Disponibilização da base de dados na Internet


- Aplicação da codificação sintática a nomes e adjetivos do CORDIAL-sIN, alargando o GloDiP


-Futuro dicionário dos dialetos portugueses com informação sintática Obrigada!
-113 verbos;

-informação sintática:
i) explícita: códigos;
ii) implícita: exemplos extraídos de corpus;

-indicação de origem geográfica dos exemplos. Caracterização do GloDiP: Codificação sintática: - etiquetas principais:
IMP, INAC, I
T, DIT, T2, T3, COP, T.PRED, INF, GER, MP

-etiquetas secundárias:
[+SN], [a+SN], [+INF], [+adj], [que+ind], [+em] [a+INF], ...

-etiquetas independentes:
<SE>, <SE>, < >, <PRED> <flex> A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
W
X
Y
Z
Full transcript