Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Economia Açucareira

No description
by

Paulo Teles

on 1 October 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Economia Açucareira

A Economia Açucareira
Razões para escolha do açúcar
1) A experiência portuguesa nas ilhas atlânticas;
2) Produto de boa aceitação na Europa;
3) Alta rentabilidade;
4) Condições geográficas favoráveis;
5) Investimento holandês.

A estrutura produtiva
# O plantation system
1) Monocultura;
2) Escravidão;
3) Exportação;
4) Latifúndio.

Atividades complementares
Foram desenvolvidas para atender as necessidades básicas dos colonos:
1) Mandioca;
2) Tabaco;
3) Algodão;
4) Pecuária bovina.
A economia e o processo de ocupação
SOBRE A PECUÁRIA NORDESTINA
1) Sempre foi uma atividade secundária;
2) Não exigia muito capital para sua implantação;
3) Utilizava mão-de-obra livre;
4) Foi responsável pela expansão territorial no nordeste.

Sociedade açucareira
# Características gerais;
1) Patriarcal;
2) Rural;
3) Escravocrata;
4) Aristocrática;
5) Cristã.

A EDIFICAÇÃO DOS PRECONCEITOS
"Em nenhuma parte do Brasil a formação da família se processou tão aristocraticamente como entre canaviais..." (Gilberto Freyre)
(...) terra de alimentação incerta e vida difícil é que foi o Brasil dos três séculos colônias (...). Os grandes senhores rurais sempre endividados. As saúvas, as enchentes, as secas dificultando ao grosso da população o suprimento de víveres. (FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala. Global Editora. 2005. pag.100-101)
Full transcript