Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Cultura e Sociedade

No description
by

Rafael Bastos

on 1 May 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cultura e Sociedade

Cultura
e sociedade

Prof. Rafael Bastos
1
2
3
4
diversidade cultural
Refere-se à variedade de culturas que existe entre os homens. O Brasil, com sua vasta expansão territorial, apresenta inúmeras tradições e costumes, diversas formas de se vestir, de falar, de se alimentar. Tudo isso é cultura e as diferenças precisam ser respeitadas para que haja um convívio saudável na sociedade.
Cultura: o que é?
Cultura significa todo aquele complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente em família, como também por fazer parte de uma sociedade da qual é membro.
Etnocentrismo
É a atitude pela qual um indivíduo ou um grupo social, que se considera o sistema de referência, julga outros indivíduos ou grupos à luz dos seus próprios valores. Pressupõe que o indivíduo, ou grupo de referência, se considere superior àqueles que ele julga, e também que o indivíduo, ou grupo etnocêntrico, tenha um conhecimento muito limitado dos outros, mesmo que viva na sua proximidade.
Método de observar sistemas culturais sem uma visão etnocêntrica em relação à sociedade do pesquisado.
RELATIVISMO CULTURAL
a cultura entre os gregos...
Entre os Gregos, referia-se ao ser humano, todo trabalho intelectual que tinha como finalidade a busca pelo conhecimento. Neste caso o termo Cultura, entre os povos gregos relacionava-se com toda atividade intelectual do indivíduo.
já entre os romanos...
Cultura na língua latina, entre os romanos, tinha o sentido de agricultura, que se referia ao cultivo da terra para a produção, e ainda hoje é conservado desta forma quando é referida a cultura da soja, a cultura do arroz etc.
E para o pensamento filosófico?
Cultura também é definida como um conjunto de ideias, comportamentos, símbolos e práticas sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade.
A filosofia também estabelece algumas classificações para entendermos mais profundamente o termo CULTURA.
Cultura-Valor:
Cultura-alma coletiva:
Cultura-mercadoria
Cultura-Valor:
relaciona-se com a ideia de
Conhecimento
. Quem tem ou não tem cultura, significa dizer quem pertence a um meio Culto ou Inculto.
cultura Alma-Coletiva:
relaciona-se com a ideia de
Civilização
, estabelece limites territoriais. Neste caso, todos têm cultura, pois ela refere-se a uma identidade cultral.
cultura-Mercadoria:
Relaciona-se com
bens de consumo
, corresponde a cultura de massa. Tudo que pode ser adquirido a partir de relações comerciais. Compreende bens e equipamentos, como os centros culturais, cinema, teatro, livros, etc.
O relativismo cultural
defende que o
BEM e o MAL
, o
CERTO e o ERRADO
, e outras categorias de valores
são relativos a cada cultura
. O "BEM" coincide com o que é
"SOCIALMENTE APROVADO" (Por meio de uma convenção coletiva)
numa dada cultura. Os princípios morais descrevem convenções sociais e devem ser baseados nas normas da nossa sociedade.
Dessa forma, destacam-se como elementos culturais representativos de um determinado povo: a língua, crença, comportamento, valores, costumes, religião, folclore, dança, culinária, arte, entre outros...

O etnocentrismo é considerado um julgamento da cultura do “outro”, em que a nossa cultura é tomada como única referência. Dessa forma negamos o “outro” muitas vezes sem mesmo conhecer melhor a sua cultura, criamos assim uma imagem distorcida e manipulada da realidade social e cultural.
O Racismo é, basicamente, fruto de dois elementos essenciais:
Pensamento de superioridade e Graus de poder.
Neste contexto, a cultura que se considera pura ou superior, exerce um certo domínio sobre a outra cultura, em todas as suas dimensões.
racismo:
Arianismo
Esta ideia surgiu nos primeiros séculos do cristianismo, afirmando que só poderia existir um único Deus e Jesus era apenas o seu filho. Mesmo sendo considerado um ser superior ao homem, Jesus não era um deus para os seguidores do arianismo.
Atualmente, algumas doutrinas religiosas ainda utilizam fundamentos do arianismo, como as Testemunhas de Jeová, que não acreditam na Santíssima Trindade (Deus, Jesus e o Espírito Santo como uma só pessoa).
ADOLF HITLER:
O conceito de raça ariana, pregado por Hitler, dizia que os alemães descendiam da mais pura linhagem de seres humanos, formados por pessoas altas, fortes, brancas e inteligentes.
Neste contexto, a palavra “ariano” surgiu a partir do termo sânscrito arya, que significa “nobre”.
Atualmente, a ideia de raça ariana é completamente desacreditada e até considerada um crime.
DARWINISMO SOCIAL:
Surgiu no século XIX e tiveram enorme influência no século XX e traz consequências até hoje. Darwin, por si só, nunca disse que suas teorias eram associadas as sociedades humanas. Outros teóricos interpretaram assim. Sendo assim as sociedades humanas estavam dividas em raças, superiores e inferiores.
Os europeus, por dominarem as sociedades do oriente e as Américas, podiam ser considerados superiores.
Nesse contexto criaram também a ideia de
ANTROPOLOGIA CRIMINAL
, ou seja, a ideia de que o crime fosse algo genético. Os traços físicos trariam a ideia de maior ou menor propensão ao crime. Isso traz ainda uma certa influencia hoje.
EUGENIA
EU = bom // GENIA = origem
Nesse sentido, traz a ideia de aperfeiçoar a raça humana, buscando criar raças boas, raças puras. Hitler tinha um ideal de homem perfeito, homem bom, com bons genes, melhor origem.
Alguns associam a eugenia com a plástica, pois ao fazer a plástica você destrói parte do seu corpo, tendo como referencia o ideal de beleza.
exercícios de revisão:
exercícios de revisão:
exercícios de revisão:
exercícios de revisão:
Cultura Segundo a Antropologia
Edward Taylor:
Ruth Benedic e Margareth Mead
Conceito de Cultura padrão. Dois tipos extremos:
Apolínico:

indivíduos conformistas, tranquilos, solitários, respeitadores e comedidos.
Dionisíaco:
indivíduos ambiciosos, agressivos, individualistas com tenência ao exagero afetivo.
Conjunto de conhecimento, crença, arte, moral e direito, costumes e hábitos humanos.
Frans Boas
Visão cultural mais particularista.
As diferenças entre os grupos e sociedades humanas não são biológicas e sim culturais.
Recusou assim qualquer generalização.
Claude Lévi-Strauss
A cultura é um conjunto de sistemas simbólicos. Ex: linguagem, regras matrimoniais, arte, ciência, religião e normas econômicas.
Buscou analisar o que era comum e constante em todas as sociedades.
"Regras universais"
IDENTIDADE CULTURAL
Sentimento de identidade de um grupo ou cultura, ou de um indivíduo, na medida em que ele é influenciado pela sua cultura ou a um grupo a que pertença
INDUSTRIA CULTURAL:
Termo criado pelos pensadores alemães
Theodor Adorno e Max Horkheimer
, a fim de designar a situação da arte na sociedade capitalista industrial .
Os avanços tecnológicos possibilitaram o surgimento de novas formas de expressões artísticas e o estabelecimento de novas relações entre o público e a arte.
Ex: O cinema
Todo esse processo de padronização ocorre também no universo da música, não há mais espaço para a liberdade de criação.
Com isso,
a indústria cultural passa a produzir mais arte de péssima qualidade
e o público consome essa arte. Disso resulta arte sempre com qualidade inferior e público sempre com gosto inferior.

Industria cultural é um sistema político e econômico que tem por finalidade produzir bens de cultura, tais como FILMES, LIVROS, MÚSICA POPULAR, PROGRAMAS DE RADIO E TV, todos sendo encarados como mercadorias e principalmente, como ma forma de controle social.
ao analizarmos os meios de comunicação de massa concluímos que eles são meios eficazes de controlar o comportamento do indivíduo. Essa prática tira toda a autenticidade da cultura erudita.
E qual a relação com a
MÍDIA
?
A mídia possui um papel fundamental, pois é ela a responsável por garantir o desestímulo à sensibilidade, que desconsidera as diferenças culturais e padroniza todo mundo. A mídia é vista pela grande massa como uma forma de lazer e entretenimento, NÃO ENCORAJANDO O PÚBLICO A PENSAR.
Os meios de produção industrial, por sua vez, contribui nessa tarefa, pois ele descaracterizou o sentido da arte, fazendo o público perder o senso crítico.
A mídia tinha o papel de selecionar o que o povo iria assistir, ouvir, ler, etc. Esse debate é polêmico e perdura até hoje. Para alguns é perca de tempo, para outros é diversão e lazer.
Como deve ser a cultura defendida pela teoria crítica?
Solução?
"Quem tem um poquê pode suportar qualquer como."
Análise psicanalítica sobre os diversos aspectos do amor.
Vivemos como se a vida fosse um show. Podiamos ter consciência disso...
Filosofia do diálogo em sua totalidade, promovendo relações.
Full transcript