Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Crise de 1929 e nazifascismo

Relação entre crises econômicas e propostas autoritárias.
by

Bárbara Fantinelli

on 12 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Crise de 1929 e nazifascismo

A CRISE DE 1929 E O NAZIFASCISMO Qual a relação entre crises econômicas e o crescimento das propostas autoritárias? Crise de 1929 Bolsa de Valores de Nova York quebra e provoca perda de bilhões de dólares. EUA: Dínamo do capitalismo mundial Influência da Doutrina Monroe: “A América para os Americanos” Precedentes da Crise A Crise A Eleição de Roosevelt Ideário Nazifascista Alemanha -
Itália -
Espanha -
Portugal - Nazismo (Adolf Hitler)
Fascismo (Benito Mussolini)
Franquismo (Francisco Franco )
Salazarismo (António de Oliveira Salazar) Totalitarismo Nacionalismo Idealismo Romantismo Autoritarismo Militarismo Anticomunismo Fascismo Mussoline é nomeado Duce Marcha sobre Roma A instabilidade dos Partidos Socialista e Popular Itália pós-guerra Nazismo A ascenção de Hitler Primeira tentativa Partido Nazista Alemanha pós-guerra As crises econômicas dão vazão para a implantação das propostas autoritárias, pois os seus líderes se aproveitam dos momentos de fraqueza de seus países para obter o apoio da massa e conquistar poder e soberania. Distrito financeiro de Nova York, onde se situa a Bolsa de Valores, durante a agitada Quinta-Feira Negra. EUA pós-guerra:
- Passou de maior devedor mundial para o maior credor mundial.
- Responsável por 42% da produção industrial mundial.
- Permaneceu atraindo imigrantes europeus: 9 milhões entre 1900 e 1910. Modelo da Ford: símbolo da soberania econômica dos EUA. - Estabilidade salarial incompatível com o crescimento da produtividade (superprodução sem escoamento).
- Mercado interno limitado e o externo arrasado pela Primeira Guerra Mundial.
- Especulação financeira - Quinta-feira Negra - 24/Outubro de 1929
- A crise faliu empresas, deixou vários desempregados e foi o motivo de alguns suicidios. - O mundo todo sofre com a crise, exceto a URSS
- Em 1932, o Partido Democrata vence as eleições e Franklin Delano Roosevelt é eleito presidente. 1920-1932: todos os presidentes foram do partido Republicano – defensores do liberalismo econômico. - Dificuldades que surgiam na economia seriam resolvidas pelo próprio mercado. - Fizeram diversas leis restritivas à migração (1921) - Não participaram da Liga das Nações. - Não confirmaram o Tratado de Versalhes. - Roosevelt limita o liberalismo econômico, intervindo na economia por meio do New Deal. O governo norte-americano:
- Controlou os preços evitando a inflação;
- Controlou a produção das indústrias e das fazendas, evitando a formação de estoques;
- Fez grandes investimento em obras públicas para diminuir o desemprego. -Apesar de estar do lado dos vencedores, a Primeira Guerra foi um mal negócio para a Itália. -Ele sofreu grandes perdas financeiras e humanas e não tiveram quase nenhum ganho territorial. - Seu caos econômico foi causado pela inflação, pelo alto índice de desemprego e pela paralisação de diversos setores produtivos. - Entretanto, eles geraram um quadro de instabilidade, o que fez com que a elite apoiasse o Partido Fascista, criado por Mussolini em 1919. - O parlamento do país era composto pelo Partido - Dois anos depois, os facistas elegeram o maior número de representantes no Parlamento. - Cerca de 50 mil "camisas-negras" dirigiram-se para Roma exigindo o poder. - O rei Vitor Emanuel III não resistiu a pressão e o líder fascista passou a ser primeiro-ministro. - Em 1922, Mussolini organizou o assalto ao poder. - Em 1924, por meio de eleições fraudulentas, ganharam a maioria parlamentar. - Giacono Matteoti denuncia a fraude e acabasendo sequestrado e morto por fascistas, fato que cala a oposição. - No ano seguinte, Mussolini se torna Duce (o condutor supremo da Itália) - Estado totalitário, onde os focos oposicionistas eram eliminados. - Conciliação entre o Estado e a Igreja Católia Desenvolvimento econômico:
- Propaganda de massa
- proibição de greves Mussolini na Crise de 1929: - Intensificou a produção de armamentos - Intensificou as conquistas territoriais - Retomou a ideia de restaurar o Império Romano. Socialista e pelo Partido Popular. Mussolini saúda povo durante a Marcha sobre Roma. O líder de todas as vitórias. Ganhar e ganhar! - Alemanha tinha sido derrotada, e estava se sentindo humilhada pela imposição do Tratado de Versales.
- O regime monárquico de Kaiser foi substituído pela República de Weimar.
- O país enfrentava uma grave crise socioeconômica (sérias dificuldades políticas e insatisfação social). - Adolf Hitler pertencia a um partido totalitário que seguia os moldes do fascismo italiano. - O Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães era popularmente conhecido como nazi. - O Partido Nazista ganhava cada vez mais adeptos devido ao seu forte apelo ao sentimento nacional e por serem contrários aos socialistas-comunistas. - Diante do agravamento da situação socioeconômica e da ineficiência do governo repulicano, Hitler e seus seguidores tentaram assumir o poder, em novembro de 1923. - Eles acabaram sendo presos, porém ganharam ampla publicidade. - Na prisão, Hitler escreveu Mein Kampf, onde os fundamentos nazistas foram desenvolvidas. Mein Kampf (Minha Luta)
Fundamentos Nazistas:
- Raça ariana
- Nacionalismo
- Totalitarismo
- Anticomunismo
- Espaço vital - Após a Alemanha ser abalada reflexos da Crise de 1929, os ideais nazistas começaram a ser aceitos. economicamente pelos - Em 1932, os nazistas ocupavam 230 cadeiras no Parlamento (eram 30 em 1930). - Em 1933, o presidente Hindenburg ofereceu a Hitler a chanceleria (o comando do Estado). Hitler cumprimentando o presidente após sua nomeação. - Já no poder, Hitler visou inicialmente - Com a morte do presidente, em 1934, líder nazista adotou oficialmente o título de Führer. eliminar a forte oposição, especialmente a dos políticos de esquerda. Hitler sendo saudado pelos oficiais. - Deputados, líderes de esquerda e judeus eram levados para os campos de concentração. FIM - Alguém se lembra como saímos da crise de 1929?- Eu, eu sei, senhor! Campo de concentração - Ações superestimadas: valor muito acima do real
Full transcript