Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Relações Economicas com o Exterior

No description
by

Rodrigo Costa

on 24 June 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Relações Economicas com o Exterior

Comércio Internacional O comércio externo ou internacional designa todas as transacções efectuadas entre um país e os restantes países, isto é, entre unidades residentes e unidades não residentes no país. Internacionalização São as trocas dos fluxos (matérias primas, produtos acabados, serviços, dinheiro, ideias e pessoas) entre dois ou mais Estados-Nação. O processo de internacionalização das empresas refere-se à forma como estas se organizam internamente ou com outras empresas para acederem a mercados externos. Iniciando-se normalmente pela via das exportações, as empresas acabam por avançar para fases mais avançadas em que trabalham com agentes comerciais locais, licenciam tecnologia ou avançam para investimentos directos no exterior, sozinhas ou através de alianças estratégicas. Balança de Pagamentos A – Saldo Deficitário

Quando a balança comercial apresenta saldo negativo ou seja os valores das importações foram maiores do que os valores das exportações. A balança de pagamentos é o documento onde se registam todas as transacções efectuadas pelas unidades residentes num pais com o resto do mundo, num período de um ano. B- Saldo Nulo

Quando a balança comercial apresenta saldo nulo ou seja os valores das importações foram iguais aos valores das exportações. C – Saldo Superavitário

Quando a balança comercial apresenta saldo positivo ou seja os valores das importações foram menores do que os valores das exportações. Actualidade da economia portuguesa Algumas dessas condições foram:
Congelamento dos salários da função pública até 2013
Diminuição do valor dos subsídios de desemprego ao longo do tempo,
Mais taxas no tabaco
Corte nas pensões acima dos 1.500 euros Portugal negociou um conjunto de medidas com a TROIKA que é constituída pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), pelo Banco Central Europeu (BCE) e pela Comissão Europeia (CE). Com um resgate no valor de 78 mil milhões de euros mediante as condições propostas no acordo negociado Quando os mercados souberam das condições acordadas e do valor do acordo, o mercado português foi o que mais subiu em toda a Europa. A Europa já viu três países serem resgatados pelo FMI e pela União Europeia. Actualidade da economia europeia Mas outros paises estão tambem com dificuldades para manter a economia estavel. O desemprego atingiu os 22% cerca de 10 milhões de habitantes espanhóis estão desempregados, o que corresponde à totalidade da população portuguesa. Importações Os produtos mais importados por Portugal são: Equipamento de transporte Produtos Alimentares Combustiveis Exportações Principais parceiros 31,58% 12,41% 8,58% Os produtos mais exportados por Portugal são: Produtos agricolas Cortiça Texteis Principais parceiros Trabalho realizado por: Bruno Severiano Nº1489 | Rodrigo Costa Nº1500 Motivos • Assegurar o fornecimento de matérias-primas;
•Procurar novos mercados e novos cientes;
•Acesso a factores de produção mais baratos, como incentivos fiscais ou mão-de-obra mais barata;
•Aumento da concorrência, o que obriga a inovar e melhorar
•Aquisição de novas competências e técnicas a desenvolver Requisitos Quando a empresa pretende expandir-se a outros mercados deve ter consolidado já a sua posição no seu mercado de origem, a empresa base deve conseguir suportar o investimento no estrangeiro, ou os custos das novas filiais. Formas de Internacionalização Exportação A exportação revela-se a mais apropriada para as empresas que se iniciam nos mercados externos, pois o risco e comprometimento por parte da empresa é mínimo.
É utilizado maioritariamente nas PME’s devido a não exigir um investimento avultado. Franchising Neste sistema de internacionalização não existe troca de produtos, mas sim a comercialização de uma marca. Normalmente essa marca está já implementada no seu pais de origem e utiliza este sistema para se expandir a outros mercados, sem necessidade de suportar os custos gerados por uma filial. O franchisado compromete-se a cumprir as regras impostas pela empresa-mãe, de forma a manter os mesmos padrões em todos os franchisings Join Venture Join Venture é a associação entre duas empresas que sozinhos não conseguiriam impor-se no mercado, desta forma tanto os gastos como os rendimentos são repartidos. Este sistema tem como vantagens o baixo investimento e a partilha de conhecimentos entre as duas empresas Investimento Directo Esta é a forma de internacionalização mais arriscada, a empresa opta por abrir uma filial num mercado que desconhece, mas que tem fortes perspectivas de lucro. Essa filial poderá ser uma unidade de produção, utilizada para produzir parte ou a totalidade do produto; uma unidade empresarial, utilizada para estudar novas formas de concepção ou desenvolver novos produtos; ou uma unidade comercial, utilizada para vender os produtos enviados da empresa-mãe através do processo de exportação.
Full transcript