Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Filosofia Helenista

Helenismo e Medieval 4º Período
by

Agailma Silva

on 15 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Filosofia Helenista

Filosofia
4º Período

Preocupação com a ética
Regras do "bem viver"
3 Hipóstases
(visão do real)
UNO - Imóvel, eterno, perfeição gera uma emanação (sol);

INTELECTO - Contemplação do uno, mundo das ideias platônico;

ALMA DO MUNDO - Diversidade
- Uno
- Intelecto
- Alma do mundo
A Filosofia Helenista
p. 84
Ceticismo - Pg. 94
Epicurismo - Pg. 93
Estoicismo - Pg. 91
Neoplatonismo - Plotino
- Pg. 90
Características essenciais da Filosofia Helenista - Pg. 87
Busca da felicidade
(eudaimonia)
Busca da tranquilidade
(ataraxia)
Conformidade com
o cosmos
Noção de necessidade ou destino (fatalismo/determinismo):
aceitar o curso inevitável dos acontecimentos.
Valorização das experiências imediatas
O agir ético liga-se aos prazeres/ desejos;
Há o predomínio da moderação
Busca da verdade
Diante da impossibilidade do conhecimento, o cético, suspende o juízo e se vê livre de inquietacões.
Suspensão do juízo
Ética
Filosofia Medieval - Pg. 105

* Desenvolvimento do Cristianismo;
* Influência platônica;
* A filosofia é uma "preparação" para a fé; Pg. 110;
* Leitura "seletiva" da filosofia grega. Pg. 111
Patrística Pg. 109
* Doutrina dos padres da Igreja;
* A fé é um pressuposto do entendimento pg. 110
Santo Agostinho - Pg. 113 e 114

* "Se não crerdes não entendereis";
* Primeiro acreditar para depois compreender;
* A verdadeira e legítima ciência é a teologia;
* Doutrina da reminiscência/hipótese inatista (Interioridade - Subjetividade).
Santo Anselmo

"Creio para compreender"
credo ut intelligam;
"A fé buscando a compreesão"
fides quaerens intellectum;

Argumento ontológico ou prova da existência de Deus - Não se pode pensar na inexistência de um ser do qual nada maior possa ser pensado.
Atividades:
* SALA - Explique a noção de interioridade segundo Santo Agostinho (p.113 e 114).
* CASA - Elabore um pequeno texto desenvolvendo uma justificativa para o argumento ontológico de Santo Anselmo p. 120 e 121).
Influência da cultura grega
Correntes de pensamento:
estoicismo, epicurismo e
ceticismo
Santo Anselmo p. 119 e 120
* Não se pode pensar na inexistência de um ser do qual nada maior possa ser pensado sem contradição.
* Noção de necessidade aristotélica - É contraditório afirmar que um ser, tido como necessário, não existe.
Atividades:
* SALA - Relacionar Aristóteles à frase de Santo Anselmo.
- Fazer uma breve pesquisa (no caderno) sobre a filosofia de Tomás de Aquino.

* CASA - Revisar o conteúdo para o teste.
Correção de atividades p. 101:

1. Conceito de helenismo.
2. Características do helenismo.
3. Escola mais representativa/justificar.
4. Importância da ética helênica.
5. Explicar a concepção de ética estoica.
6. Pesquisar sobre o epicurismo

Lembrete:

Teste na semana do dia 12/09.
Fazer o video com o questionamento filosófico.
Full transcript