Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revolução Francesa

No description
by

Mayara Brasil

on 3 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revolução Francesa

Daniela Zolet, Luiz F. Elicker e Mayara C. Brasil
REVOLUÇÃO FRANCESA
O mais importante acontecimento da história contemporânea
Inspirada pelos ideias iluministas
"Liberdade, Igualdade, Fraternidade"
1%
2%
97%
SOCIEDADE ESTRATIFICADA E HIERAQUIZADA
1º Estado: Clero
2º Estado: Nobreza
3º Estado: Burguesia+ Camponeses+Sans Culottes
Terras, cargos, prestígio, privilégios e insenção fiscal

Obrigações
Impostos
Miséria
Os trabalhadores e camponeses:

melhorias na qualidade de vida e de trabalho.

A burguesia:
participação política e liberdade econômica em seu trabalho.

O que queriam:
Muito trabalho
Injustiça social
Antigo Regime
A França era um país absolutista
Falta de democracia
Os oposicionistas eram presos na Bastilha
Século XVIII
A QUEDA DA BASTILHA (14/07/1789 )
Situação social e política graves
Insatisfação popular
Guarda Nacional, comandada pelo nobre Marquês de La Freyette
Povo vai às ruas
Atacaram e destruíram a Bastilha
Presos libertos
Objetivo: tomar o poder e tirar o monarca Luis XVI do poder
Marca o início do processo revolucionário
O lema: "Liberdade, Igualdade e Fraternidade " é criado
Duas alternativas para os sacerdotes
sair da França ou lutar contra a revolução
Em 1791, foi concluída a Nova Constituição
O rei Luís XVI não aceitou a perda do poder e passou a conspirar contra a revolução
Nobres emigrados e monarcas da Áustria e Prússia
Objetivo: invadir a França para restabelecer monarquia absoluta
Os contra revolucionários
A Batalha de Valmy
Assembleia dos Estados Gerais
Além de liberdade religiosa e filosófica de ambos
Votação em leis
Conselhos ao rei
Representantes dos três Estados
Assembleia em 5 de maio de 1789
Voto por ordem social x Voto por cabeça
Clero e Nobreza rejeitaram
Terceiro Estado = maioria
Assembleia Nacional
Assembleia Nacional Constituinte
Elaborar uma Nova Constituição francesa
Seria o fim da Monarquia Absoluta
Quis desfazer a Assembleia Nacional Constituinte
Tropas cercaram Paris
Fechou a sala de reuniões
JURAMENTO DO JOGO DA PÉLA
Salão de jogos
Lutariam até a Nova Constituição Francesa vigorar
Cancelou os direitos feudais
Promulgou a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão
A Assembleia Contituinte:
O povo que invadia, matava e tomava os bens da nobreza
Aboliu o regime feudal
Aboliu os Privilégios tributários do Clero e da Nobreza
Respeito pela dignidade das pessoas
Liberdade e igualdade dos cidadãos perante a lei
Direito à propriedade individual
Direito de resistência à opressão política
Liberdade de pensamento e opinião
26 de agosto de 1789
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão
Constituição Civil do Clero (1790)
Reduziu o poder do Clero
Confiscou terras da Igreja
O Papa abominou
Luis XVI também não aceitou
Alguns concordam, outros fogem
Formaram um exército fora do país
Rei capturado e mantido sob vigilância
O exército austro-prussiano invadiu a França
Foram derrotados
Proclamaram a República em 22 de setembro de 1792
CONVENÇÃO NACIONAL
Concretizar as conquistas
Elaborar outra constituição
Partidos surgem
JACOBINOS
GIRONDINOS
Alta burguesia comercial e industrial
Pequena burguesia e as camadas populares
GRUPO DA PLANÍCIE
Radicais
Defendiam os interesses do povo
Liderados por Robespierre e Saint-Just
Pregavam a condenação à morte do rei.
Apoiavam sempre quem estava no poder
Banqueiros
Queriam evitar a participação maior dos trabalhadores urbanos e rurais na política
JANEIRO DE 1793
Julgados e guilhotinados
Revoltas internas
Reorganização das forças absolutistas estrangeiras
GRANDE MEDO OU FASE DO TERROR
Comitê de Salvação Pública

Tribunal Revolucionário

Os não Jacobinos, tinham medo de perder suas cabeças
DITADURA JACOBINA
Liderada por Robespierre
Equilíbrio entre políticas da alta burguesia e da população
O exército conseguiu repelir o ataque de forças estrangeiras
Constituição da República (1793):
• Direito ao voto
• Direito de rebelião
• Direito ao trabalho e a subsistência
• Continha uma declaração de que o objetivo do governo era o bem comum e a felicidade de todos
Girondinos
+
Grupo da Planície
=
Robespierre guilhotinado, em 1794
Convenção Nacional: interesses da alta burguesia
Ameaça estrangeira diminui
Constituição para a França
Continuidade do regime republicano
Controlado pelo Diretório
Controle político da burguesia sobre o país
A França voltou a receber ameaças de nações absolutistas
Napoleão Bonaparte ganha prestígio e apoio
Em 10/11/1799 provocou o golpe
Dissolveu o Diretório
Estabeleceu o Consulado
Consolidou as conquistas da burguesia
Deu fim à Revolução
DESFECHO: 18 BRUMÁRIO
RESULTADOS E IMPORTÂNCIA
Fim do sistema absolutista e dos privilégios da nobreza
O povo ganha mais autonomia e direitos sociais respeitados
Melhora de vida dos trabalhadores
A burguesia quis seu domínio social
As bases de uma sociedade burguesa e capitalista, foram criadas
Ideais políticos repercutiram
Influenciou o final do absolutismo e a independência de países
Inconfidência Mineira
Deu início à
Idade Contemporânea,
em 1789
E ainda hoje...

Repúblicas e de democracias liberais
A difusão do secularismo
Ideologias modernas
REFERÊNCIAS:

SCHILLING, Voltaire; Revolução Francesa 1789. Disponível em <http://educaterra.terra.com.br/voltaire/especial/home_rev_francesa.htm>. Acesso em 18 mar. 2014.
Gomes, Cristiana; Revolução Francesa. Disponível em <http://www.infoescola.com/historia/revolucao-francesa/>. Acesso em 18 mar. 2014.
PASSOS, Manoel; Revolução Francesa. Disponíel em <http://paginapessoal.utfpr.edu.br/passos/discplina/historia-ii/02%20-%20Revolucao%20Francesa.pdf>. Acesso em 15 mar. 2014
Autor Desconhecido; Revolução Francesa (3 de 4): A Convenção Nacional. Disponível em <http://imagohistoria.blogspot.com.br/2009/05/revolucao-francesa-convencao-nacional-e.html>. Acesso em 23. mar. 2014
Contexto Histórico: A França no século XVIII. Disponível em <http://www.suapesquisa.com/francesa/>. Acesso em 18 mar. 2014.
VAINFAS, Ronaldo; FARIA, Sheila; FERREIRA, Jorge; SANTOS, Georgina dos. História: O Longo Século XIX. Capítulo 2: A França Revolucionária. Pg 24 até 43; Editora Saraiva, 2010.
Full transcript