Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Fátima Piazza

on 7 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Diversos estudos demonstram que a melhor aparência eleva autoestima e qualidade de vida.
-> Genética e condições influenciada pela etnia
-> Estresse, estilo de vida, atitude negativa
-> Radicais livres
-> Desidratação
-> Deficiencia de vitaminas
-> Nutrção inadequada, álcool, cafeína
-> Hormônios e menopausa
-> Falta de ecercício físico
-> Falta de sono
-> Tabagismo
-> Medicamentos e fármacos
-> Condições médicas Tipo de pele X condição da pele Grave foto envelhecimento
Pele com coloração amarelo-acinzentado
Rugas generalizadas
Maquiagem resseca e se fragmenta
Presença de muita flacidez

Faixa etária: 60 – 70 anos Classificação de Glogau
Tipo IV - Severo Rugas durante a movimentação muscular
Fotoenvelhecimento de inicial a moderado
Lentigos senis precoces e visíveis
Início de aparecimento dos vincos relacionados ao sorriso

Faixa etária: 35 a 50 anos Classificação de Glogau
Tipo II - Moderado Alterações da epiderme e derme papilar
Geralmente são relacionados a alterações da pigmentação
Apresenta queratoses actínicas, lentigos
Aumento do enrugamento cutâneo, predominantemente na região periorbital e sulco nosolabial Classificação de Mark Rubin
Nível 2 Classificação de Fitzpatrick Apresenta mecanismo de ação contra a exposição solar engrossando a camada córnea
Epiderme mais espessa reduz a capacidade de absorção, dificultando a penetração dos princípios ativos
Comum o desenvolvimento de hiperpigmentação pós-inflamatória Pele Étnica Aspecto transparente, principalmente nas pálpebras e têmporas
Textura delgada, telangectasias, aspecto frágil
Sensível às agressões climáticas Pele fina Reage de forma excessiva aos estímulos internos e externos a que é submetida
Apresenta vermelhidão difusa ou em placas, sensação de coceira, calor, prurido, ardor e ressecamento
Reativa, delicada, frágil, irritável Pele Sensível Camada córnea:
desequilíbrio hídrico, ausência de óleo ou sebo

Rugas superficiais, aspecto quebradiço Superficialmente desidratada Hiperqueratinizada, opaca, sem viço
Aparência grosseira, aspecto de sugidade
Hiperatividade das glândulas sebáceas, óstios dilatados, comedões encrustrados Pele átona ou asfíctica Subtipos Cutâneos * Oleosidade da pele:
pele oleosa (0) x pele seca(D)
* Sensibilidade da pele:
Sensível (S) x Resistente (R)
* Tendência à pigmentação:
Pigmentada (0) x Não pigmentada (N)
* Tendência ao aparecimento de rugas: Enrugada (W) x Firme (T) Classificação Complementar
Utilizar loções de limpeza que contenham pequeno teor de matérias graxas

Loções adstringentes e detergentes

Cremes não oleosos com veículos que devem ser gel, gel-creme, loções aquosas livres de álcool ou emulsão O/A fluída Pele Oleosa - Lipídica
Loção levemente detergente, que não modifique o pH cutâneo normal

Alfa-bisabolol – camomila: ação antiinflamatória e calmante

Para tonificar usar loções hidratantes com baixas concentrações de álcool Pele Normal - Eudérmica Biotipo cutâneos: Helena Rubinstein, pioneira da indústria cosmética, séc. XX classificou a pele
em 4 tipos.

Quatro tipos básicos e alguns subtipos que derivam de desequilíbrios orgânicos, comportamentais ou relacionados ao meio ambiente. Classificação do Biotipo Cutâneo Ficha de avaliação Permanência de rugas no repouso muscular
Visíveis discromias e telangectasias
Queratoses visíveis
Fotoenvelhecimento avançado

Faixa etária: 50 ou mais Classificação de Glogau
Tipo III - Avançado Sem rugas e vincos
Fotoenvelhecimento inicial
Alterações suaves da pigmentação
Vincos mínimos
Mínimas cicatrizes de acne

Faixa etária: 20 a 30 anos Classificação de Glogau
Tipo I - Suave Sinais clínicos decorrentes de alterações da epiderme, derme papilar e derme reticular

Associada às muitas alterações do Nível 1 e 2

Além disso, está associado um quadro de enrugamento avançado, com coloração amarelada e frequentes comedões abertos Classificação de Mark Rubin
Nível 3 Sinais clínicos decorrentes de alterações da epiderme

Maiores anormalidades decorrem de alterações de pigmentação e textura (efélides, lentigos e superfície rugosa, devido a aumento da espessura da camada córnea) Classificação de Mark Rubin
Nível 1 Estrato córneo mais compacto e grosso
Quantidade equilibrada de glândulas sudoríparas
Produção de sebo na face é aumentada
Sensível a agentes irritantes
O ressecamento excessivo torna a pele acinzentada
Propensão a formar manchas esbranquiçadas Pele Étnica
Diferenças genéticas e hormonais afetam a estrutura e a função da pele
Mais oleosa já que as glândulas sebáceas e os poros são maiores
A epiderme é mais grossa e áspera, derme mais resistente

Pele Masculina Derme: rugas faciais longitudinais e vincadas

Região periorbital: espessura fina, hipotonia

Região do masseter e pescoço: espessura fina, superfície áspera, sem viço e sem brilho Profundamente desidratada Hiperqueratinizada
Hiperatividade das glândulas sebáceas, impermeável, óstios dilatados
Comedões, pápulas, pústulas, cistos, nódulos
Microorganismos Pele seborréica ou acneica Pele átona ou asfíctica
Pele seborréica ou acneica
Pele desidratada (superficial ou profundamente)
Pele espessa
Pele fina ou sensível
Pele desvitalizada
Pele fotoenvelhecida
Pele sensível Subtipos Cutâneos Classificação complementar: Leslie Baumann – The Skin Type Solution 2006.
16 tipos de pele.

Quatro fatores fundamentais:
Hidratação - oleosidade
Sensibilidade
Pigmentação
Tendência a enrugar Classificação Complementar Fatores agravantes:
Perturbações digestivas e glandulares
Alimentação incorreta
Cremes inadequados Pele Mista - Combinada
80% da população
Região centro facial oleosa (região T)
Região lateral – seca ou normal
Poros dilatados nas áreas oleosas,
com incidência de comedões

Pele Mista - Combinada Princípios ativos mais utilizados em cremes para a
pele seca são:
PCA-Na
Ácido hialurônico
Vitamina C
Uréia
Os óleos de amêndoas doces, de semente de uva, de macadâmia e de maracujá. Pele Seca - Alipíca Fatores agravantes:
Disfunção da tireóide
Nutrição desequilibrada
Carência de vitaminas
Carência de ingesta hídrica
Predisposição genética Pele Seca - Alipídica
Ausência de óleo, gordura ou sebo
Poros fechados
Áspera, fina e frágil
Sujeita a rachaduras, irritação, descamação
Sensível às agressões externas (climáticas, químicas)
Tendência a rugas Pele Seca - Alipídica Biotipo cutâneo
Complementar
Fitzpatrick
Lapierre e Pierard
Tsuji e cols
Mark Rubin
Glogau Sistemas de Classificação Aspecto aparente

Estado da superfície

Idade aparente

Queixa principal 4. Caracterização da Pele
Rotina de limpeza

Cosméticos que utiliza

Frequência 2. Hábitos Cosmetológicos
Hábitos alimentares
Higiene regular
Condições do ambiente que trabalha
Hábitos de exposição solar 1. Hábitos Diários A avaliação baseia-se em:

Ficha de anamnese
Interrogatório
Exame visual (lâmpada-lupa)
Exame tátil (palpação)
Luz de Wood Avaliação da pele Momento importante entre a esteticista com sua cliente.

Determina os cuidados que deveremos ter com esta pele, as técnicas a serem utilizadas, os cosméticos indicados, etc.

Orientações cosmetológicas e nutricionais

Equipe multidisciplinar Avaliação da pele Quantifica o nível da lesão na pele relacionada a vários aspectos: rugas, queratoses e fotoenvelhecimento relacionando com a idade. Classificação de Glogau Tipo I - leve (28-35 anos)
Tipo II - moderado (35-50 anos)
Tipo III - avançado (50-65 anos)
Tipo IV - severo (60-75 anos)
Classificação das rugas segundo o grau de
alteração tecidual

Nível 1 - Pele sem alteração dermo-epidérmica

Nível 2 - Pele com rugas finas com alteração dermo-
epidérmica
Nível 3 - Pele com rugas gravitacionais com alteração
dermo-epidérmica Classificação de Lapierre e Pierard
Fatores agravantes:
Desequilíbrio endócrino; perturbações hepáticas
Aspecto brilhante com tendência a comedões
Pele espessa e óstios dilatados
Secreções fluidas e abundantes
Aumento da produção de sebo Pele Oleosa - Lipídica
Teor hídrico abundante
Firme, lisa e aveludada
Óstios pouco visíveis
Ph neutro

É o equilíbrio em todo o processo de formação epidérmica (queratinização, descamação, secreção sebácea e suor) Pele Normal - Eudérmica Uso de medicamentos e/ou terapias indicadas pelo dermatologista

Ácidos
Isotretinoína
Medicamentos específicos
Antecedentes cutâneos
Nunca interferir na prescrição médica 3. Tratamentos Dermatológicos Classifica as rugas em tipos:

Superficiais rugas que desaparecem quando esticamos a pele

Profundas rugas que não desaparecem quando esticamos a pele Classificação de Tsuji e cols


Verdadeira - desidratada


Alípidica - insuficiência de secreção sebácea
Pele Seca - Alipídica Há quatro grandes tipos de pele:

Pele normal ou eudérmica

Pele oleosa ou lipídica

Pele seca ou alípidica

Pele mista ou combinada Classificação do Biotipo Cutâneo Classificação da pele



Profª. Fátima Piazza. Msc
fapiazza@univali.br Nível 3 Nível 2 Nível 1 Determina as alterações na epiderme, derme papilar e derme reticular associado ao enrugamento da pele. Classificação de Mark Rubin
Loção levemente detergente, que não modifique o pH cutâneo normal

Alfa-bisabolol – camomila: ação antiinflamatória e calmante

Para tonificar usar loções hidratantes com baixas concentrações de álcool Pele Normal - Eudérmica No primeiro momento de um atendimento estético, é necessário que o cliente seja avaliado pelo profissional. A ficha de anamnese é usada para registrar as notas da análise realizada, além de colher todo o histórico familiar e antecedentes patológicos do cliente.

Com base nessas informações o profissional traçará a conduta estética considerando as possiveis contraindicações e lesões que necessitem de encaminhamento médico. Hábitos, dieta e estresse cumprem uma função em nossa saúde que, por sua vez, se reflete na aparência da pele. Saber o que pode afetar a pele ajuda o esteticista a determinar por que o cliente apresenta problemas. Muitos fatores internos e externo afetam as condições da pele de uma pessoa. As condições não são apenas resultado da constituição genética Fatores internos Fatores externos -> Dano causado pelo Sol
-> Exposição ao ambiente, poluentes, qualidade do ar e umidade.
-> Falta de manutenção e de cuidados domiciliares
-> Uso incorreto de produtos
-> Tratamentos inadequados
-> Alergias e reações aos fatores ambientais e produtos. Negros, hispânicos, asiáticos e indios.
Full transcript