Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

APARATO DE PROTEÇÃO DO OVO

No description
by

JOAQUIM ALEXANDRE OLIVEIRA

on 29 January 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of APARATO DE PROTEÇÃO DO OVO

A P O
Concreto Simples
O concreto é constituído por
água, cimento, agregados
miúdos (areia) e agregados
graúdos (pedra brita). Pode - se afirmar que a
pasta
é o
cimento misturado com água, a
argamassa
é pasta misturada com areia, e com a mistura da argamassa e da pedra brita obtemos o
concreto simples
.
O
concreto
é um material que resiste bem as solicitações de
compressão
, por outro lado tem baixa resistência à
tração
, sendo assim o aço foi incorporado, dando surgimento ao concreto armado.
Concreto Armado
Vantagens do Concreto Armado
Desvantagens do Concreto Armado
-
Modelo estrutual
: pórtico hipertárico.

-
O pórtico foi confeccionado com os seguintes materiais
: cimento Portland CPII - Z - 32, água, agregados miúdos, graúdos ( Argila expandida e pedra brita 0 ) e armaduras conforme edital do projeto.

-
Testes de resistência em corpos de prova,
confeccionado em laboratório, ou seja, o material foi dosado com cuidado e rigor.
Critérios e Metodologia
Formas
Armadura Montada
Mistura
Montagem armaduras
Concretagem
Etapas de Execução
Esforços Atuantes
Esforços internos solicitantes
DIAGRAMA NORMAL
DIAGRAMA CORTANTE
DIAGRAMA MOMENTO FLETOR
- 1,900 kg de cimento portland CPII - Z - 32;
- 1,425 Kg de agregado miúdo;
- 0,570 kg de agregado graúdo (pedra brita n ° 0);
- 0,570 kg de agregado graúdo (argila expandida);
- 0, 665 kg de água potável;
-
Proporção
(
1:0,75:0,30:0,30:0,35
)
Traço do Concreto
Armaduras
Longitudinal:
2 fios de superiores e 4 duplas inferiores de 1,65mm (galvanizado).
Transvesal:
12 estribos de arame galvanizado 1,2mm, sendo 2 em cada pilar e os demais na parte superior da estrutura (galvanizado).

Teste de Resistência
O PESO
Desafios x Soluções
Atingir o peso ideal sem dúvida alguma foi o maior desafio inicial, para isso tínhamos que encontrar o traço ideal. A solução foi substituir a Pedra brita pela argila expandida.

AS ARMADURAS
Antes de iniciar o projeto parecia ser fácil montar as armações, depois nos deparamos com o maior problema, pois, como não tínhamos onde apoiar as armaduras os fios ficavam tortos. A solução foi utilizar moldes de isopor.
AS FORMAS
As formas foram confeccionadas em marcenaria e o material escolhido foi o MDF. Depois que já haviamos confeccionado todas 3 armaduras vimos que as mesmas havia sido confeccionadas como os pilares invetidos. Solução foi arregassar as mangas e consertar o ero do marcineiro.
CONCLUSÃO
Peso úmido
do APO: 4,287 kg
Peso seco
do APO: 3,994 kg
Resistência média do concreto: 18,09 MPA
Os corpos de prova foram rompidos aos 7 dias no laboratório de engenharia civil.

Corpo de Prova 1
= 16,51 tf = 20,62 MPA
(Traço = (1:0,60:0,35*:0,31:0,34)

Corpo de Prova 2
= 10,83 tf = 13,62 MPA
(Traço = (1:0,60:0,35**:0,31:0,34)

Corpo de Prova 3
= 14,50 tf = 18,13 MPA
(Traço = (1:0,60:0,18*, 0,18**:0,31:0,34)

Obs:
* Argila Expandida 2,4mm
** Argila Expandida 4,8 mm
A elaboração de Diagrama de Esforços Solicitantes foi utilizado para análise das forças internas na estrutura (
Forças Normais, Esforços Cortantes, Momentos Fletores
) e como se distribuem nas diversas seções da estrutura em função de carregamentos atuantes.
Para o cálculo dos esforços solicitantes, dividimos a estrutura em
3 partes
, sendo a primeira uma viga biapiada e a segunda e a terceira partes como pilares e um trecho de viga na sua extremidade
APO Curado
Desafios x Soluções
1°)
Peso e resistência:
O primeiro desafio foi o de encontrar uma mistrura que não ultrapasse os 4kg e ao mesmo tempo que esse material obtivesse um alto desempenho, ou seja, leve e resistente.
Solução
:
Argila expandia e Cimento CP V - ARI.
Equipe
Carolinne Feitosa Almeida
Cesar Luiz Costa Gonçalves
David Gimenes Beltrame
Dolglas Silva Leite
Felipe Pereira Munhoz
Joaquim Alexandre de Oliveira
Júlio César Costa Gonçalves
Welei Vilela Chini
Turma: ENC121AM
" A reta é o caminho mais curto entre dois pontos, a curva é que faz o concreto buscar o infinito."
Oscar Niemeyer
OBRIGADO!
agilidade dos serviços
2°)
Cimento Portaland CP V - ARI
: Num primeiro momento era a solução e depois, virou problema, pois, a pega desse aglomerante é muito rápida em climas quentes.
Solução:
Substituimos o CP V-ARI pelo
CP II-Z-32,
com a troca dos aglomeranteso concreto passou a ficar mais fluído e melhorou a trabalhabildade do concreto.
3°)
Armaduras:
Antes de iniciar a montagemas armaduras, imaginamos que seria uma etapa simples e fácil. Ao iniciar os trabalhos nos deparamos com o maior dos problemas, pois, os arames eram muito moles e as estruturas ficavam tortas, também tivemos dificuldades em apoiá - las para amarrá - las (longitudinais x transversais).
Solução:
Utilizar moldes de isopor e fita isolante.

4) Formas:
Simples e fácil, resolvemos confeccioná - las em marcenaria com o intuito de agilizar os demais trabalhos e também buscando otimizar o acabamento e medidas exatas. O problemas só foi descoberto depois que ja háviamos montado 3 armaduras, vimos que os pilarares foram confecionados invertidos, comprometendo todo o projeto.
Solução:
Tivemos que desmontar e montar conforme edital de projeto, o que deu um trabalho relevante, principalmente no tocante as armaduras que tivemos que reaproveitá-las.
Full transcript