Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Memória

No description
by

Morena Simonetti

on 11 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Memória

Os conceitos armazenados pela memória de curto prazo, não são conceitos bem elaborados. Eles são indicadores de conceitos bem detalhados que já se encontram armazenados no cérebro.
Memória de curto prazo (memória de trabalho)
capacidade limitada;
as informações são armazenadas por segundos e minutos;
armazenadas visualmente e auditivamente;
armazena pedaços de informações;
é ter necessário atenção;
repetição e utilidade.
Lembranças consolidadas;
Relaciona os conteúdos referentes ao tempo e ao local;
Conceitos/Classificações
Memória: é a capacidade cognitiva que nos permite reter as informações do meio. E essas informações são os fatos, eventos, emoções e desempenhos que recordamos, sendo alguns por curtos períodos, outros para toda vida.
Memória
Universidade de Fortaleza
Centro de Ciências da Saúde
Curso de Psicologia
Disciplina de Processos Psicológicos Básicos.
Alunas:Dávila Machado, Emanuella Coriollano, Gabriela Sena e Morena Simonetti.
Como testar a memória de curto prazo?
Segmentação
Teste:
9 1587 3 1801

9158731801
Memória de Longo Prazo:
Memória Não-declarativa: não pode ser descrita, nem conceituada.

Memória de procedimento (como executar tarefas)

Memória perceptual
(processamento não-consciente de informações percebidas
Memória declarativa: descrita e conceituada.


Memória episódica (especifica do contexto, fatos individuais)

Memória semântica (informações sobre o mundo)
Memória de Longo Prazo:

- Receber, Codificar,Consolidar, armazenar e recuperar informações.
Funções da memória:
Nos permite:

Desenvolvimento intelectual.
Aprendizagem (1º, 2º e 3º estágio).
Realização de tarefas.


Esquecer:
É uma função essencial ao bom funcionamento da memória: seria impossível, e pouco prático, evocar com riqueza de detalhes todas as informações que necessitamos. (DALMAZ,2004)
Memória cotidiana:
Koriat e Goldsmith.
O quê?
Como?
Onde?
Estuda fenômenos presentes em nosso dia-a-dia.
Pesquisando assuntos aplicáveis.
Realizadas, preferencialmente, em ambientes naturais.
Testemunhas oculares:
Não são muito confiáveis. Relatos não costumam condizer com a realidade.
Bases Neurais da Memória.
FONTE DA IMAGEM:https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/v/730651_753571704658085_781511757_n.jpg?oh=5d992b715c298cdfe4de62d3c2b82277&oe=5282ED89&__gda__=1384324664_40a8478baa713dbb81d9a794fe29f103
Teóricos:
ERIC KANDEL
Nascido em, 7 de Novembro de 1929, naturalizado estadunidense, formado em medicina e especializado em psiquiatria , abandonou a clinica para se dedicar aos estudo das neurociências. Dedicou-se durante anos ao estudo em invertebrados que têm um papel fundamental para o conhecimento da memória. Estudando o armazenamento da memória no caramujo marinho Aplysia, Eric Kandel demonstrou que as funções e as moléculas específicas de alguns neurônios mudam quando o animal aprende uma resposta comportamental. Conseguindo assim o reconhecimento de seus trabalhos para desenvolvimento da neurociência, com o recebimento do Premio Nobel de Medicina em 2000.
James McGaugh
Nascido em, 17 de dezembro de 1931, neurobiólogo e Ph.D em psicologia, McGaugh dedicou-se aos estudos da memoria correlacionada com a emoção, trás em seus estudos a importância da amígdala na mediação de memórias emocionais, tanto em animais de laboratório quanto em humanos. Estendeu suas descobertas em uma investigação de consolidação da memória de influencia emocional. Como ocorre na com a maioria de nós, temos uma lembrança mais nítida de algo que nos ocorreu a algum tempo atrás somente se tiver sido marcado de maneira emocional, se comparados com as lembranças de momentos que emocionalmente não nos afetaram (acaba não sendo muito bem lembrado). Descobrindo assim queexistem certos tipos de hormônios como a: adrenalina e o cortisol que tem efeitos emocionais e ajudam na retenção da memoria, juntamente com a amígdala que desempenha um papel essencial na consolidação da memória. 
Nascido em Buenos Aires, naturalizado brasileiro, médico e neurocientista,Izquierdo fez a sua carreira no Brasil,com o intuito de descobrirse a memória de curta duração é uma etapa da consolidação da memória de longa duração, ou se esses dois processos são independentes.Utilizando a tarefa da esquiva inibitória, observou que tratamentos que interferem com sistemas de neurotransmissores no hipocampo, ou nos córtices entorrinal ou parietal, afetam diferentemente os dois tipos de memória: podem bloquear a memória de curta duração sem afetar a memória de longa duração; ou podem alterar ambas de forma distinta (melhorando uma e dificultando a outra). Sugerindo assim claramente que esses dois tipos de memoria envolvem mecanismos diferentes e, em certa medida, independentes.
Ivan Izquierdo
Full transcript