Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Quem não possui

No description
by

Alexandre França

on 28 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Quem não possui

As lâmpadas fluorescentes
oferecem a vantagem de serem
mais econômicas...
Mas qual seriam as desvantagens?

Maior durabilidade
(cerca de 8X)
80% de
economia de energia
As lâmpadas fluorescentes devem ser descartadas corretamente, pois dentro delas existe mercúrio... um metal pesado extremamente tóxico.
Diante desta problemática, como prevenir tais impactos?
Muito difundidas no Brasil e no mundo...
No Brasil são consumidas cerca de 190 milhões de lâmpadas fluorescentes por ano.

Desse total, 94% são descartadas em aterros sanitários, sem nenhum tipo de tratamento, contaminando o solo e a água com metais pesados (Avant
et. al
).
Economia de R$25,00
lâmpada/ano
Desde o apagão de 2001, quando as lâmpadas fluorescentes se incorporaram à vida brasileira, o consumo desse tipo de produto manteve-se em escala ascendente
(PINTO, 2008).
Só nos últimos quatro anos, a média de crescimento foi da ordem de 20% ao ano.
(PINTO, 2008).
No Brasil existem 08 principais empresas responsáveis pelo serviço
Fonte: Adaptado de CUSSIOL, N.A.M. CICLO DE DEBATES SAÚDE SEM DANO – PROJETO HOSPITAIS SAUDÁVEIS, 1, 2011, Belo Horizonte. Alternativas de substituição e descarte de equipamentos que contém mercúrio.
A elevada exposição pode afetar o cérebro, o coração, os rins, pulmões e o sistema imune dos seres humanos.
Dentre as formas de mercúrio, o metilmercúrio é a forma mais preocupante, pois possui a capacidade de atravessar as barreiras placentária e hematoencefálica, representando uma neurotoxina poderosa que pode afetar negativamente o cérebro em desenvolvimento (UNEP, 2002).
As lâmpadas com mercúrio não devem ser descartadas irregularmente.

Justificativa

Tem-se que o custo da destinação correta e descontaminação, hoje, está por volta de R$1,00/ lâmpada, independente do tipo da lâmpada, e este custo faz parte da composição do preço do produto final.
A empresa recolhe lâmpadas apenas de outras empresas. Informe-se sobre os valores e quantidade mínima.
A Leroy Merlin é a única rede de varejo que possui postos de coleta seletiva em todas as unidades para recolhimento, descontaminação e reciclagem dessas lâmpadas. Elas ficam em estações externas às lojas e são armazenadas na horizontal para evitar quebras e consequentes contaminações. Os outros componentes da lâmpada, incluindo vidro, alumínio e pó fosfórico, são separados e encaminhados para dos destinos mais adequados:

- Vidro: é encaminhado a uma empresa que faz a reciclagem para a produção de pisos.
- Mercúrio: o mercúrio é retirado, tratado e encaminhado à Universidade de São Paulo (USP).
- Metal: encaminhado a uma Cooperativa.
Símbolo: Hg
Ponto de fusão: -38,83 °C
Ponto de ebulição: 356,7 °C
Descobrimento: 2000 a.C.
Número atômico: 80
Massa atômica: 200,59 ± 0,02 u
Qual seria a relação entre as lâmpadas fluorescentes e o metilmercúrio?
O problema está na lâmpada ou no descarte inapropiado?
Lâmpada quebrada destinada ao aterro sanitário
O mercúrio contido nas lâmpadas percola o solo alcança os corpos hídricos
O mercúrio é metilado
no organismo, tornando-se mais lipofílico.
O metilmercúrio pode ocasionar problemas neurotóxicos, tais como:

-Insuficiência renal
-Anemia
-Lesão na medula óssea
-Paralisia cerebral

Você sabia?
Em 1865, o escritor Lewis Carroll, baseando-se nas doenças ocasionadas pela exposição ao mercúrio, criou o "Chapeleiro maluco".
Antigamente os chapeleiros, usavam Hg na confecção de cartolas, afetanto consequentemente seus sistemas nervosos.
Alexandre França

Descarte de lâmpadas fluorescentes

Quem não possui
lâmpadas fluorescente
em casa?
Full transcript