Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Gastronomia da região nordeste

No description
by

María Cristina Cardona

on 11 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Gastronomia da região nordeste

Gastronomia da Região Nordeste
design by Dóri Sirály for Prezi
Formada pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe
Bahía
Sergipe
A culinária de Sergipe está bastante ligada a elementos encontrados na zona litorânea e nos rios que cortam o estado.
O caranguejo e o guaiamu são bastante apreciados. Frutos do mar como sururu, ostra e camarão também fazem parte da culinária típica do estado. Na região sul de Sergipe, na praia do Saco e de Abaís é possível encontrar a moqueca de siri na palha de ouricuri.
Nos festejos juninos, principalmente, são consumidos bolos, canjicas e pamonhas.

OBRIGADOS!
Maranhão
Bobó de Camarão
Mungunzá
Acarajé
Caruru
Arroz de camarão
Arroz-de-cuxá
Arroz de Toucinho
Rio Grande do Norte
Cuscuz
Choriço doce
Carneiro
guisado
Tem sabores tropicais e exóticos, com temperos peculiares, agradam aos mais exigentes paladares. Em geral, seus pratos refletem traços marcantes da cultura popular e da influência deixada pelos colonizadores.
Ceará
Mª Cristina Cardona.
Sandra Ramírez R.
Carolina Cardona O.
Daniel Restrepo A.

A culinária nordestina é variada, refletindo, quase sempre, as condições econômicas e produtivas das diversas paisagens geoeconômicas dessa região. Frutos do mar e peixes são bastante utilizados na culinária do litoral, enquanto, no sertão, predominam receitas que utilizam a carne e derivados do gado bovino, caprino e ovino. Ainda assim, há várias diferenças regionais, tanto na variedade de pratos quanto em sua forma de preparo.
Alagoas
Há muitos encabeçados com frutos do mar, onde o diferencial é o preparo com leite de coco. O molusco sururu, extraído exclusivamente nas lagoas do estado, tem grande representatividade na culinária alagoana. Iguarias como tapiocas, cocadas, bolos, sequilhos, doces e sucos de frutas regionais, enriquecem com muito mais sabor a gastronomia deste estado.
Piaui
A culinária piauiense destaca-se das demais do nordeste. O sabor da comida foi estabelecida pelos indígenas, primeiros povos que habitaram esta terra. Segundo historiadores e relatos de padres que por ali passaram, naquela época as refeições eram à base de milho, farinha de mandioca, palmito, macaxeira cozida com sal, abóbora, peixes, preás, mel e pimenta da terra. A tipicidade está em permanecer utilizando esses ingredientes em pratos da região, mesmo com o aperfeiçoamento e sofisticação das receitas de hoje.
A culinária do Rio Grande do Norte influenciada pela colonização portuguesa e pela cultura indígena está basicamente divida em duas partes: a dos frutos do mar e a dos produtos da terra
Paraíba
A culinária paraibana, é uma fusão de cardápio que foi se definindo ao longo dos tempos, com forte influência da mistura de raças, costumes e culturas que passaram pelo Estado desde sua criação. Foi se moldando com essa comunhão de tradições e criando especificidades nas diferentes regiões do Estado.
Peixada ao molho com legumes
Carne de sol com paçoca e macaxeira
Baião de Dois
Pernambuco
"Pernambuco tornou-se um importante
cenário na gastronomia brasileira. A grande influência da cultura da cana-de-açúcar, a diversidade cultural e os incentivos econômicos foram os principais pontos colaboradores para a construção da rica mesa pernambucana. A variedade e a valorização dos nossos ingredientes, a qualidade da produção local e o nível dos profissionais e restaurantes do Estado foram, sem dúvida, fatores relevantes na conquista da colocação de segundo pólo nacional e primeiro das regiões Norte e Nordeste.

Full transcript