Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação de Monografia - Thiago - Geografia UnB - 07/07/2014

A força transformadora do perdão, na superação de si mesmo!
by

Thiago Thiga

on 7 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação de Monografia - Thiago - Geografia UnB - 07/07/2014

A GEOGRAFIA DA RELIGIÃO NA “CIDADE ESPÍRITA” DO BRASIL. A ROTA DO ESPIRITISMO: DE SACRAMENTO - MG A PALMELO - GO
Resumo
O presente trabalho tem o intento de analisar as implicações da prática religiosa espírita no cotidiano de Palmelo, resgatando o surgimento da Doutrina na França, seus preceitos fundamentais e posterior chegada ao Brasil. Como se deu a sua disseminação no interior do país e seus desobramentos. Ademais, esta pesquisa trata de analisar a repercussão geográfica da manifestação dos espíritos por meio da mediunidade, classificando os pontos fundamentais para uma compreensão do fenômeno analisado que teve no Brasil diversos expoentes. Aliada à pratica da caridade em todos seus aspectos sociais, a Doutrina Espírita influencia os variados setores do município, promovendo um grande e variado fluxo turístico, além de ser responsável por um incremento econômico e movimentação social que sustentado pelo Centro Espírita Luz da Verdade, faz com que Palmelo destoe dos demais municípios do Centro-Oeste e Sudeste goiano quanto à base econômica. É a única cidade do Brasil formada em função de um centro espírita. O sagrado e profano se misturam na construção desta hierofania particular palmelina, não havendo uma separação clara entre divino e mundano. Demonstrará como se expressam as religiões tradicionais e de que maneira diálogo religioso acontece. Analisará a representação do líder religioso Jerônymo Candinho, que influenciado por outro, Eurípedes Barsanulfo, o apóstolo de Sacramento, edificou uma identidade religiosa diferenciada, com contornos particulares ligados ao Espiritismo. Através de análises, entrevistas e observações, buscará construir o perfil do “homus religiosus” de Palmelo. Desta forma, conhecer a trajetória do Espiritismo no Brasil e a relação desta cidade com Sacramento é fundamental para compreender a formação de uma identidade religiosa singular, bem como sua realidade, que conferiu o título de: “Cidade Espírita do Brasil” a este município goiano.
A pesquisa
Pesquisar o cotidiano da cidade de Palmelo e entender qual a influência real da Doutrina Espírita no construção e desenvolvimento do município. Eludicar a relação desde a gênese aos dias atuais. E dentro dos aspectos geográficos, compreender a dinâmica existente na "Cidade Espírita do Brasil".
Palmelo
Metodologia
A observação empírica e a participação no cotidiano da cidade de Palmelo. Esta análise se estruturou através de visitas periódicas às reuniões e às instituições ligadas ao CELV. Além disso, foram realizadas entrevistas com os médiuns responsáveis pelo exame de Raio - X e Psicografia, e também com os proprietários dos principais hotéis da cidade sendo que algumas perguntas relacionadas ao perfil dos hóspedes e pacientes foram direcionadas a eles.
Foram realizadas também visitas aos diferentes segmentos religiosos da cidade. (Centro de Umbanda, Igrejas Católica e Evangélica) e às instituições escolares, visando analisar sua relação com o Espiritismo no cotidiano de Palmelo.
A análise de dados relacionados à população e ao perfil econômico de Palmelo se baseou no último censo do IBGE de 2010.

Divisão do trabalho
- Capítulo 1 (A GEOGRAFIA E A RELIGIÃO)

- Capitulo 2 (UMA NOVA PROPOSTA CIENTÍFICO-RELIGIOSA: A DOUTRINA ESPÍRITA E SEUS DESDOBRAMENTOS)

- Capítulo 3 (A CIDADE ESPÍRITA DO BRASIL)
“Não há elevação sem lutas e luz alguma se acende sem incomodar as trevas. É preciso fazer luz na escuridão de todas as almas que ainda se mantêm prisioneiras do passado sombrio. A luz verdadeira é a iluminação da consciência e a sensibilização do coração, que produzem o equilíbrio íntimo.” Assim afirma Alex Zarthú, o espírito, pelas mãos do médium Robson Pinheiro, no livro Serenidade: uma terapia para a alma.
Considerações Finais
As agitações históricas que marcaram o período compreendido entre os séculos XVIII, XIX e XX demonstraram que o progresso da sociedade caminhava a passos largos. O dogmatismo foi ao poucos sendo rebatido pelas reformas religiosas. A Era da Razão e a consolidação do capitalismo foram impulsionadas pelo movimento das máquinas na Revolução Industrial.

O pensamento Iluminista clareou as mentes obscurecidas pela castração religiosa. O anseio por ideais de liberdade, igualdade e fraternidade foram representados e incorporados pela Revolução Francesa.

Algumas barreiras foram quebradas, mas não sem embates.
A codificação da Doutrina Espírita trouxe a possibilidade de se praticar uma religiosidade científica. Correlacionando a filosofia, a metodologia acadêmica e a relação com o invisível, Kardec fez surgir na França um dos pilares do novo mundo: a fé raciocinada.
Este modelo de fé, de ciência e de compreensão da realidade aportou no Brasil em um período conturbado, de intensa movimentação política. As crises imperiais e recente abolição da escravidão eram chagas ainda abertas na sociedade brasileira. Causavam ainda sérios problemas.

As vertentes religiosas de maior expressão no Brasil estão presentes em Palmelo e o diálogo inter-religioso acontece de forma saudável e harmoniosa. O culto ecumênico promovido pela Escola Estadual demonstra esta união sem fusão, onde há distinção de crenças sem separação de pessoas, uma herança de Sacramento implantada por Jerônymo em referência aos valores defendidos e ensinados por seu mestre Eurípedes. Outro exemplo é a Escola Espírita de Palmelo, que guarda estreita relação com a primeira escola espírita do Brasil, de nome Allan Kardec, em substituição ao antigo Liceu Sacramentano mineiro.

Todo este quadro contribuiu para a formação de uma Hierópole no interior do Brasil. A pequena cidade guarda estreitas relações com a Doutrina Espírita e apresenta uma matriz singular em virtude da proposta adotada por seu fundador. Toda a realidade de Palmelo pode ser considerada passível de sacralização se for levado em conta que a conexão com o divino não se restringe ao CELV. Ela permeia todo o ambiente social, dialoga com as instituições políticas, econômicas e articula-se com a malha hoteleira através das cirurgias realizadas em seus aposentos.


A proposta do município pode ser descrita em uma frase: A reforma moral e espiritual do homem sob a luz do Evangelho de Jesus é a diretriz para a realização interior. Pautar a caminhada no amor ao próximo e na iluminação da consciência é a certeza de uma vivência mais saudável na busca da felicidade.
Um conjunto de fatores, reformas, pensamentos, movimentos e iniciativas formaram o quadro social ideal para o florescimento de uma nova Doutrina, também chamada de Espiritismo. A bravura, aliada à mente curiosa sedenta por conhecimentos de Allan Kardec, o eminente professor francês, auxiliou a descortinar o véu que existia, até então, entre o material e o imaterial, o físico e o espiritual, o científico e o religioso.
Desde o seu apostolado em Sacramento, Minas Gerais, Eurípedes ganhou o respeito de grande parte da sociedade, mas em particular daqueles que gozaram de seu convívio íntimo, seja ele em âmbito social ou espiritual. Realizou grandes feitos na pequena cidade mineira e recebeu o título de “Apóstolo da Caridade”.
Seu aluno e discípulo Jerônymo Cândido Gomide obteve a incumbência de levar esta bandeira religiosa para o interior. Assim o fez e chegou até o pequeno povoado localizado na antiga fazenda Palmela. Encontrou simpatizantes e compôs a equipe que deu origem ao Centro Espírita Luz da Verdade, futuro pivô de sustentação da “Cidade Espírita do Brasil”.


Capítulo 1
- Construção da Geografia Cultural dentro da ótica positivista.

- Ruptura e transformação da análise geográfica sobre a religião. (Década de 70)

- Conceitos na nova abordagem:

1. Hierópole (Mircea Eliade)
2. Sagrado e Profano (Zeny Rosendhal.
3. Chris Park (Abordagem da religião pela geografia) Propostas.
4. Carl Sauer (Desenvolvimentos recentes em Geografia Cultural).
1. A proposta inovadora de Allan Kardec.

- A Era da Razão e o surgimento do Espiritismo

Contexto histórico:

- A Revolução Industrial e o Darwinismo Social

- Acontecimentos marcantes. Os eventos pregressos:

* As irmãs Fox

* As Mesas Girantes

Capítulo 2
Entretanto, alguns homens notáveis se apropriaram da doutrina nascente e fizeram dos seus postulados um exemplo de dedicação a um ideal. Dentre eles sobressaem Bezerra de Menezes, Eurípedes Barsanulfo, Francisco Cândido Xavier, Inácio Ferreira, Maria Modesto Cravo e Jerônimo Candinho. Estes se destacaram, embora muitos sejam os anônimos que ajudam a reforçar o campo de trabalho que envolve a propagação da Doutrina Espírita.
Ali, Jerônimo aplicou os ensinamentos trazidos de seu mestre sacramentano e instituiu a pedagogia espírita como chave para a educação dos homens. Conhecido como bandeirante do espiritismo, Jerônymo fez de Palmelo um ponto de convergência e irradiação religiosa. Curou muitos doentes, tratou desequilíbrios espirituais até então desconhecidos e acolheu a todos que necessitavam de socorro. Transformou a cidade numa referência para a sociedade contemporânea, baseada na fé raciocinada e na prática do amor ao próximo.
Contou com uma equipe de trabalhadores, médiuns e colaboradores sociais que, sendo fixos ou não, deixaram sua contribuição para a edificação desta cidade-santuário no interior de Goiás.


Ao se formalizar como cidade, o modelo social já havia sido estruturado pela prática do Espiritismo. A religiosidade já fazia parte do cotidiano, estando inserida nas diversas atividades realizadas pela população no seu dia-a-dia. Os que solicitavam socorro de imediato eram recebidos, tratados e alguns orientados a permanecer por tempo mais alongado.
Esta dinâmica ganhou relevância econômica e se tornou o motor de desenvolvimento e sustentação do município. As atividades de auxílio oferecidas pelo CELV contribuem para que este ciclo mantenha-se em funcionamento. A cidade gira em torno do trabalho seja ele mediúnico ou social em suas diversas manifestações. Não há uma hierarquia clara na divisão entre espaço sagrado e profano.


Não existe autoridade sobrenatural reinante e inacessível, mas sim a figura de um Deus único que permeia todos os ambientes e seres. E espíritos se comunicam com frequência, prestando socorro ou sendo socorridos. Estes são os principais postulados que a Doutrina aplica no cotidiano de Palmelo.

Uma vez analisados os elementos geográficos, que se entrecruzam com os históricos, percebe-se que na criação desta identidade religiosa singular de “Cidade Espírita do Brasil” existe uma mensagem muito mais abrangente a ser demonstrada: a da fraternidade.



A caridade como lema de vida é uma nova perspectiva de realidade que se descortina em muitas regiões do mundo, mas especialmente na cidade de Palmelo por seus desdobramentos espirituais. Diante dos dramas vividos no mundo atual, a proposta de renovação interior do homem acaba por fornecer um desenvolvimento social, econômico e espiritual mais fraterno.

Esta vivência mais ampla e desmistificada da espiritualidade acaba por servir como suporte para as obras que devem ser empreendidas em favor daqueles que necessitam de auxílio, seja ele físico ou espiritual. Esta é uma realidade que se estruturou ao longo do tempo no pequeno município goiano

O desenvolvimento de uma moral cristã mais sólida e a aplicação de técnicas espirituais (desobsessão, psicografia, cirurgias espirituais) deram a Palmelo o título de “Cidade Espírita do Brasil”. Não por ser superior, mas por se aventurar em uma nova construção de realidade. Por destoar do todo e ser diferente em sua essência.
Agradecimentos
Apresentação do autor.
Universidade de Brasília

Instituto de Ciências Humanas – IH

Departamento de Geografia – GEA

Thiago Felipe Noslen Silva Santos

Nascido em 30/05/1987

Ingresso na UnB: 2/2007

Conclusão: 1/2014
Palmelo está localizada a 300 quilômetros da cidade de Brasília, no Distrito Federal . De acordo com os dados fornecidos pelo IBGE Censo de 2010, Palmelo conta hoje com 2.335 habitantes numa área de 58.959 km quadrados. 45,54 % da população se declara espírita quanto a opção religiosa, sendo o município brasileiro com maior percentual de espíritas. Os católicos respondem por 28,1 % e os Evangélicos 19,06 %. Demais religiões como a Umbanda, o Candomblé, o Judaísmo e Testemunhas de Jeová, somam 1,84%. Sem religião respondem a 6,94 %.
Além da bibliografia utilizada para referencial teórico, houve também levantamento histórico da relação de Palmelo com Sacramento em Minas Gerais bem como os fundamentos da Doutrina Espírita incrustados nas duas cidades. Algumas páginas na internet foram consultadas para coleta de informações relevantes do cotidiano na cidade espírita, fornecendo cronograma de atendimento e informações biográficas.
A vivência do cotidiano foi um dos pontos levados em conta para realização de observação participante. As reuniões espíritas foram observadas no CELV e também foram acompanhadas algumas cirurgias nos hotéis da cidade.


- Resumo das Obras Básicas da Doutrina Espírita (Pentateuco)




- Principais pontos da Doutrina Espírita

A Codificação:
A Doutrina Espírita no Brasil
- A chegada da Doutrina Espírita no Brasil e os seus grandes expoentes.

- A Doutrina Espírita no Brasil: de Sacramento a Palmelo. ( A rota da religião)

- Eurípedes Barsanulfo, o Apóstolo da Caridade.

- Jeronimo Candinho, o eminente discípulo.

- Bortolo Damo, o sucessor italiano.

A CIDADE ESPÍRITA DO BRASIL
Capítulo 3
- Palmelo: passado, presente e suas perspectivas.

- A Gênese da Cidade Espírita

- O Centro Espírita Luz da Verdade (CELV).

- As reuniões de Psicografia: O Noticiário espiritual

- Raio - X espiritual: O diagnóstico da alma

- A influência da Doutrina Espírita no cotidiano econômico (Setor de serviços)

* Análises de dados do IBGE

- Análises das mídias sociais na divulgação de Palmelo e seu reflexo econômico.

- Os projetos sociais espíritas ligados ao CELV: a reforma do Sanatório Eurípedes Barsanulfo.
* Os reflexos e benefícios econômicos e sociais da reforma do Sanatório.

- Diálogos Inter-religiosos: A presença do Catolicismo, do Protestantismo e da Umbanda na cidade espírita.

- A Hierofania particular na capital espírita: a cidade-santuário de Palmelo.

*Cidade-santuário



- O Sagrado e o Profano não se distinguem: a Doutrina Espírita e a construção do cotidiano de Palmelo.

*Relações sociais permeadas pela religião.
A atuação política e o incremento econômico promovidos pela doutrina espírita demonstram a importância deste ideal no cotidiano palmelino. Seja nas escolas, hotéi, hospitais ou comércios de rua, a cidade espírita se destaca por dialogar com as demais religiões, mas mantendo as bases na prática dos postulados kardecistas, orientados sempre pelo evangelho de Jesus.

Este foi o modelo de sociedade herdado da cidade de Sacramento em Minas Gerais. A rota do espiritismo no interior do Brasil seguiu um fluxo muito amplo, quando se analisa a transmissão de valores morais e religiosos, uma vez que atingiu também o campo político e econômico, como demonstrado na sua emancipação e faturamento financeiro.


A atuação religiosa da cidade vai aos recantos do Brasil por meio das cartas respondidas com mensagens psicografadas; atinge regiões distantes com o avanço das mídias sociais, levando uma mensagem de conforto e esperança. O raio de influência palmelino é muito extenso e variado devido principalmente a sua raiz, que é a livre manifestação dos espíritos para a prática da caridade.

A ideologia espírita, predominante no município, auxilia na construção de ideias, crenças, costumes e, em alguns casos, nas relações de poder. Além de estimular um movimento migratório, alteram a dinâmica social, política e econômica, construindo valores éticos, morais e comportamentais. Desde o início seus atores sociais estavam vinculados a Doutrina Espírita e esta relação se perpetuou. Palmelo torna-se uma cidade-santurário, onde a religião exerce forte influência no meio social, devido ao poder que possui na formação de valores, através da prática do Espiritismo.


Criando formas, funções e estruturas, a manifestação particular da fé espírita gerou a hierópole de Palmelo, caracterizada por uma singularidade na representação de sagrado e profano. Uma divisão quase inexistente, devido a peculiar organização social. Os médiuns do CELV visitam com frequência a casa dos moradores que recorrem à instituição em busca de auxílio. A influência do “sagrado” é quase que permanente no dia-a-dia, relacionando-se com o campo ideológico, econômico e social.

O “homus religiosus” da cidade-espírita caracteriza-se por uma fé raciocinada e aplicada ao cotidiano. O peregrino em certos casos se torna morador, e passa a integrar o corpo de auxílio da cidade, após ser auxiliado.


Aplicações teóricas.
Full transcript