Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Os Livros que devoraram o meu Pai

Afonso Cruz
by

Nuno Peixoto

on 26 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Os Livros que devoraram o meu Pai

Os livros que devoraram o meu Pai Afonso Cruz Afonso Cruz é português e nasceu na Figueira da Foz em 1971. Vive agora no Alentejo, no concelho de Sousel. Este escritor é também realizador de filmes de animação, ilustrador e músico, tendo, por isso, estudado em diversas universidades e escolas. Como escritor, já foi galardoado com diversos prémios. Resumo Vivaldo era um apaixonado pela literatura, no entanto, trabalhava numa repartição de finanças. "Era um mundo chato, plano, aborrecido, cheio de papéis e papeladas, desprovido de literatura. "

Vivaldo só pensava em livros e, por isso, levava livros para a repartição, onde os lia às escondidas sempre que podia. Até que um dia, já não andava neste mundo, tinha entrado livro adentro. Elias Bonfim, filho de Vivaldo, fazia doze anos e como presente de aniversário da avó recebeu:
- o segredo do desaparecimento do seu pai
- e as chaves do sótão, que escondia a biblioteca do seu pai.

Muito ansioso, Elias subiu ao sótão e começou a folhear “A Ilha do Dr.Moreau”, o livro onde o seu pai havia entrado e nunca mais voltado.

Mas Elias decidiu começar devagar, por livros mais simples. A nova vida de Elias Escola Amigo Casa “A Ilha do Dr.Moreau”

Elias conhece a personagem Dr.Zirkov, psiquiatra que tratou o Mr.Prendick, que dizia que se estava a transformar num cão. Um dia desapareceu e "deixou um cão no seu lugar".

Elias percebe que se trata de Mr. Prendick, e como sempre tinha sonhado ter um cão, fica com Argos, que o irá acompanhar ao longo das suas aventuras. "O Estranho Caso do Dr.Jekyll e de Mr.Hyde":

Dentro deste livro, Elias conhece Mr.Hyde que lhe dá mais uma pista para a descoberta do seu pai.

Ele informa Elias que um assassino chamado Raskolnikov andava atrás do seu pai.

O protagonista parte assim para outra aventura à procura do tal assassino. Raskolnikov

O assassino conta a sua história, os seus crimes e como o remorso que sentia o levou a querer se transformar num animal. Para isso procurou as personagens da "A Ilha do Dr. Moreau", o Dr.Jekyll, mas ninguém o pôde ajudar.
Até que um dia lhe aparece Vivaldo Bonfim, que lhe ensina "qual a temperatura a que arde o papel". Apreciações gerais Epílogo:

Já velho, Elias explica como acabou por encontrar o seu pai. Não por ter lido um sótão inteiro, mas por se ter tornado, ele próprio, pai.

"Olho para os meus filhos e para os meus netos e penso em que diabo de histórias se meterão eles e o que é que eles poderão um dia contar. Porque um homem é feito dessas histórias, não é de adê-énes e músculos e ossos. Histórias." As minhas apreciações

-Lê-se bem
-Muito bem escrito
-Altamente imaginativo
-Desperta a curiosidade Trabalho realizado por:
Nuno nº23 9ºD Livros
Full transcript