Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Compreensão Irônica e Compreensão Somática

No description
by

Bruna Cruvinel

on 5 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Compreensão Irônica e Compreensão Somática

A compreensão irônica como uma ironia mais inclusiva
Compreensão Somática
Instrumentos que possibilitaram as transições cognitivas (meios de representar a realidade)

Capacidade mimética do corpo (Cultura Mimética/Compreensão Somática);

Linguagem oral (Mítica);

Símbolos externos (Teórica/Filosófica).

Conclusões
A Ironia e Sócrates
"Tá tudo aos pedaços, foi-se qualquer coerência"
Perspectivas múltiplas revelam significados múltiplos;

O ironista → quem pode passar de perspectiva em perspectiva;

A busca pela verdade segura é ilusória;

Relação da ironia com a ciência e com a arte (Schlegel).
Compreensão Irônica e Compreensão Somática
Quando a ciência começou, ajudada pela ironia, a dissolver a esfera metafísica e a montar uma nova e mais confiável explicação da realidade, esta foi posta em questão pelo mesmos ironistas.
Caráter de reflexão central da ironia;

Refletir sobre a nossa própria capacidade de dar sentido à nossa compreensão, crenças, opiniões;

Proposta educativa.
Bruna de Paula Cruvinel
Danielle Martins Rezende
Juan F. Remolina Caviedes

Obrigada!!
SEMINÁRIO
Tipos de Conhecimento

Ironia
Compreensão Ironica
"Todas as generalizações são falsas"
Interpretação irônica
Interpretação literal
Compreensão Irônica
Problema da linguagem e a sua referencialidade
Eironeia
falsidade
Eiron
pessoa com intensão de enganar

Nietzsche


a causalidade como produto gramatical e não um constituinte do mundo real.

Pós-modernismo
abandonou a ideia de uma explicação abrangente e precisa da realidade.
Os Ironistas Liberais

valorizam a imaginação mais que as habilidades intelectuais;

adotam uma dúvida epistêmica radical;

pouca confiabilidade do "vocabulário" cultural;

sentido de
jocularidade
e

hospitaleira

Reconhecimento da incapacidade de nossas mentes e linguagem de representar a realidade;

A compreensão irônica é irônica e cética consigo mesma;

Ironia no Romanticismo:

compreensão romântica na compreensão filosófica: a ironia sem capacidades filosóficas é impotente;

compreensão romântica – compreensão irônica (engajamento-cinismo)

Compreensão mítica na compreensão irônica.

Arranca as crenças de que as formas anteriores revelam a verdade sobre a realidade.

Transforma a dúvida penetrante e a negatividade em possibilidade.

Ironia Alienante
Ironia Sofisticada
Elimina esquemas gerais;

Rejeita a validade de qualquer perspectiva;

Vê todos os esquemas epistemológicos como fúteis;

Duvida de tudo.
Refletir sem eliminar as outras formas de compreensão;

Validade em todas as perspectivas;

Reconhecimento flexível e aberta de um mundo equívoco.
processo de evolução do conhecimento da humanidade
processo de desenvolvimento ontogenético dos seres humanos.
A ivulnerabilidade de Sócrates;

A ironia essencial e a infinita negatividade absoluta;

O sentido de liberdade e autonomia no recurso retórico irônico.

É uma espécie de compreensão um tanto distinta que, seqüencialmente, precede a mítica, fundindo-se e acomodando-se com cada tipo de subseqüente de compreensão, conforme eles se desenvolvem sobre a fundação somática.

Existe anteriormente ao desenvolvimento da linguagem.
A forma de consciência a ele [estilo irônico] associada está na base tanto do modernismo quanto do pós-modernismo
O primeiro é contando a história de sua
contribuição à comunidade. Essa comunidade
poder ser aquela, real e histórica, na qual
vivem, ou uma outra, real, distante em tempo e
lugar, ou uma outra, absolutamente imaginária,
consistindo tal vez em uma dúzia de heróis ou
heroínas selecionados da história, da ficção ou
de ambas.
O segundo modo é descrever a si próprios
como estando em relação imediata com uma
realidade não-humana.


Richard Rorty (1991): Objectivity, relativism, and truth.
Full transcript