Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Infografia e os seus princípios

No description
by

david rodrigues

on 20 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Infografia e os seus princípios

Infografia e os seus princípios comunicação blogs internet jornais publicidade rádio noticiários revistas facebook correio twitter natureza web ruído sinalética cor videos blogs rádio Ansiedade de Informação Richard Saul Wurman Solução? compreensão ou seja, a mensagem a transmitir tem de ter uma forma clara e perceptível, de modo a que o receptor no processo de comunicação obtenha
a essência da mensagem LATCH Familiriedade na comunicação Localização
Alfabeto
Tempo
Categoria
Hierarquias O leitor tem a predisposição natural para o uso de ferramentas que sejam familiares, simples, acessíveis e confortáveis; Kevin Kelly:
"a tarefa do designer é criar informação estruturada adiantando-se assim ao processo de 'ordem' que o próprio leitor tende a criar" leitor informação sacadas exemplo de scanpath: pontos de fixação Eyetracking A visão Percepção visual O cérebro é um detector:
de padrões agrupando áreas e objectos que possuem caracteristícas e naturezas em comum
E de diferenças provocando notoriedade em objectos que são diferentes de tudo o resto Teorias de Gestalt "ver" é composto por 3 processos:
visão, percepção e cognição Lei da proximidade Lei da semelhança Lei da continuidade Teoria do cerco A memória Quanto mais familiar for o estímulo externo, ou quanto mais comum for a perspectiva do que vemos, mais rápido será o seu reconhecimento A informação na infografia É fundamental praticar a simplificação ao nível visual, gráfico, e de informação numa infografia, com a finalidade de provocar o mínimo de disparidade entre
a mensagem transmitida e a mesma recebida pelo leitor. Alberto Cairo menciona que um gráfico deve possuir capacidades de:
Mostrar várias variáveis relevantes;
Comparar as várias variáveis;
Classificar diferentes variáveis, descobrindo qual é o valor pertencente a cada variável;
Correlacionar a relação entre as várias variáveis utilzadas; Roda das tensões de Alberto Cairo O duelo minimalismo/estética A ligação da forma e a função Questão em aberto e com várias interpretações.
Peter Sullivan referiu que "a forma segue a função"
Alberto Cairo refere que nem sempre na história o princípio foi verdadeiro, por vezes "a função seguiu a forma" e finaliza que a "a forma deve estar submetida à função". Edward Tufte, adepto do estilo minimalista
muitos gráficos "promoviam a imaginação de que os números e detalhes eram chatos, sem graça e tediosos, exigindo ornamento para os animar" Tem de cumprir objectivos básicos de informar o leitor, mas ao mesmo tempo tem de permitir que o leitor possa explorar por diversos pontos a informação exposta Chave para a compreensão da complexidade numa infografia: Carlos Monteiro:
"a função leva inevitavelmente à forma" Joaquim Guerreiro:
"forma quase sempre associado à função" Exemplo da aplicação da roda das tensões O estágio "Tudo deve ser feito o mais simples possível, mas não simples demais" Albert Einstein "Everything should be made as simple as possible, but not simpler"
Full transcript