Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Desenho de Síntese

No description
by

Vitor Coelho

on 22 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Desenho de Síntese

Desenho Gráfico II

Símbolos reconhecíveis
São totalmente ilustrativos, a sua função é que o leitor saiba a sua ação e que reconheça o objeto.
O desenhador
Faz síntese do que vê e representa apenas o que pretende transmitir, escolhendo o que julga essencial expressar.
O que é ?
Esboço com um maior realce de certos aspectos da realidade visível, e ao mesmo tempo transmite outros realces.
Símbolos representativos
Os símbolos representativos são os símbolos agrupados que requerem alguma explicação, para que o seu significado seja adivinhado, torna-se mais fácil uma vez que estão interligados.
Tipos de símbolos
- Reconhecíveis
- Representativos
- Ilustrativos
- Abstratos
Os símbolos são uma ajuda para todas as pessoas que tiverem alguma dificuldade em saber onde se situam, ou que tenham dificuldade em ler.
Desenho de Síntese
Os simbolos e Níveis de Iconicidade
Margens de legibilidade/ Máximo e Mínimo
O que são ?
Símbolos ilustrativos
Os símbolos ilustrativos são um conceito gráfico, não tendo um conceito próprio, mas sim um conceito compreendido anteriormente pelo leitor.
Símbolos abstratos
Os símbolos abstratos são símbolos que requerem uma explicação e ensinamento.
Estes símbolos são utilizados muito raramente.
Legibilidade
A legibilidade é uma qualidade que determina a facilidade de leitura e de memorização de uma mensagem.

Para que uma página impressa seja considerada legível, é preciso que o leitor converta, o mais rápido possível, símbolos tipográficos em conceitos.
Píxel
Um Píxel pode ser preto, monocromático ou colorido, sendo que o padrão para os pixéis com cor é o formato RGB.

É no Pixel que, quando a imagem é aumentada, se distorce e não se vê tão bem como na imagem de tamanho original. O mesmo acontece quando ela é reduzida em demasia, pois perde definição.


Exemplo de Redução
Nesta redução, ao máximo, deixa de ser possível ter legibilidade na descrição “Escola Profissional de Paços de Brandão”.
Exemplo de Redução
Nesta imagem sem o nome da escola por extenso, pode-se reduzir ainda mais, pois os elementos que constituem esta composição, continuam perceptíveis, podendo ainda identificar as letras.
Exemplo de Redução
Nesta imagem, mostra-se que, retirando os elementos “EPPB”, ainda se consegue reduzir mais a imagem.
Deixa-se de poder reduzir mais uma imagem, quando algum elemento deixa de ser perceptível.
Desenho Gráfico II
Elementos Interventivos da Comunicação
A cor e comunicação
Níveis de cor/aplicação em monocromia e quadricromia
Emissor: Emissor ou fonte é aquele que emite a mensagem;

Recetor: Recetor é aquele que recebe mensagem;

Mensagem: Mensagens são o conjunto de informações
transmitidas;

Código: O código é a combinação de signos utilizados na transmissão de uma mensagem.

Se o receptor não tiver o conhecimento necessário para descodificar a mensagem a comunicação não se concretizará;

Canal de Comunicação: meios como a mensagem é transmitida, por exemplo: (ar, cordas vocais, revista, jornal, rádio, TV);

Contexto: É a situação que a mensagem se insere ou refere;
Ruído: Qualquer barulho incómodo que perturba a comunicação;

Tudo começa no emissor e passa para o canal de comunicação, lá podendo ou não existir ruído, depois deste processo a mensagem passa para o recetor causando as suas devidas reações, que podem ser reciprocas do recetor para o emissor.
Elementos interventivos da comunicação
A cor e a comunicação
A influência das cores no comportamento dos seres humanos é um facto cientificamente comprovado.

a cor assume um papel importante no dia-a-dia de todos nós.

A cor é dependente do meio de comunicação em que se insere.

A cor pode ser utilizada como um apelo, inspiração, entretenimento, destaque, identificação .

A compreensão do significado das cores é um factor crítico de sucesso na associação a marcas, produtos e/ou serviços.

As associações e diferenças percepcionadas com as cores podem dar origem a conceitos originais.

Niveis de cor
Cores Primárias: São cores que não se podem obter a partir de outras.

Cores Secundárias: Também há três cores secundárias: O laranja, o verde e o violeta.

Cores Complementares: O magenta é complementar do verde. O azul é complementar do laranja. O amarelo é complementar do violeta.

Cores Neutras: O branco é luz e a soma de todas as cores. Preto é ausência de luz e aparentemente não é feita de nenhuma cor.


Cores Quentes/ Frias
As cores quentes são consideradas excitantes e as cores frias são consideradas calmantes
As cores quentes, são associadas ao sol e ao fogo: amarelo, laranja e vermelho.
São aquelas que nos transmitem a sensação de calor.

As cores frias, são associadas à água, ao gelo, ao céu, e às árvores: violeta, azul e verde.
São aquelas que nos transmitem a sensação de frio.


O sistema RGB utiliza-se de intensidade de luz, é como se nós tivesse-mos 3 lâmpadas das três cores, e a cor resultante, será feita de acordo com a quantidade de luz que nós colocar-mos em cada uma das 3 lâmpadas, se nós notar-mos que não existe preto no RGB, pois esse será obtido "desligando" todas as lâmpadas, ou seja, a ausência de luminosidade, irá resultar no preto..
Já o sistema CMYK, trabalha com pigmentação de cor, é como se nós tivesse-mos 4 baldes de tinta, e a cor resultante, depende de quanta tinta nós mistura-mos de cada balde.
Se você elevar todos os níveis para o máximo, mesmo sem adicionar o preto, terá preto como resultado, pois misturar todas as pigmentações SEMPRE resulta em preto, já a ausência de pigmentação (níveis em zero), resulta em branco (sua folha não tem tinta).
Esse sistema é utlizado na sua impressora.

RGB/CMYK
Monocromia: a arte feita com uma única cor, com variação de tonalidades. É a harmonia obtida através da adição gradativa de branco ou preto a uma única cor primária, secundária ou terciária
O CMYK funciona devido à absorção de luz, pelo fato de que as cores que são vistas vêm da parte da luz que não é absorvida. Este sistema é empregado por imprensas, impressoras e fotocopiadoras para reproduzir a maioria das cores do espectro visível e é conhecido como quadricromia. É o sistema subtrativo de cores, em contraposição ao sistema aditivo, o RGB.
Mono = único
Cromático = relativo a cor
CMYK e a Quadricromia
CMYK e a Quadricromia:
quatro cores como base: Ciano , Magenta , Amarelo e Preto.


Monocromia
Cores sua simbologia e aplicablidades
Desenho Gráfico II
Linguagens de Comunicação e Tipografia
Tipografia é o “conjunto de procedimentos artísticos e técnicos que abrangem as diversas etapas da produção gráfica, espelhados no sistema de impressão direta com o uso de matriz em relevo; imprensa”.
A tipografia das mais importantes designers de tipo foram Giambattista Bodoni e Claude Garamond, sendo que seus sobrenomes foram utilizados para denominar fontes clássicas e utilizadas com frequência em programas de texto.
A bíblia latina das 48 linhas foi dada à estampa em Mogúncia, em 1462, pelos sócios de Gutenberg, Johannes Fust e Petrus Schoeffer. Bíblia de 42 linhas, de Gutenberg. Estes dois volumes, encadernados em marroquim vermelho, Biblioteca Geral em 25 de Maio de 1796.

~
Linguagens de Comunicação e Tipografia
Marca Logotipo - representação
O que é um logotipo

O símbolo é uma ilustração que visa representar graficamente um conceito, dando um significado ao logotipo. Juntos símbolo e logotipo compõe a marca.
O logotipo é desenvolvido dentro dos domínios do Design Gráfico, baseado em informações de público-alvo, mercado de atuação, objetivos estratégicos e conceitos definidos para a marca.

O que é uma marca

Na visão do marketing, a marca vai além da sua própria representação gráfica. A marca é uma essência, um conceito que é representado por cores, símbolos, logotipo, emoções e experiências que são levadas ao mercado através de produtos ou serviços.
Neste sentido mais amplo, o logotipo é apenas uma parte da marca. O símbolo da Nike não é a marca em si, mas representa os conceitos de desporto que a Nike quer associar à sua marca.

Comportamento básico da Marca e Logótipo
Segundo Everardo Rocha, o consumo é um sistema simbólico que articula coisas e seres humanos e, como tal, uma forma privilegiada de ler o mundo que nos cerca.
A partir da segunda metade do século XX, as mudanças sociais, econômicas, políticas e tecnológicas passaram a ocorrer em grande velocidade transformando a sociedade ocidental cada vez mais orientada para o consumo.
Roger Blackwell, afirma que o comportamento do consumidor é uma ciência aplicada que se utiliza conhecimento de economia, psicologia, antropologia, sociologia, estatística, mercadologia e outras disciplinas.

Comportamento básico da Marca e Logótipo
Suportes Corporativos
Suportes Corporativos

A imagem corporativa define como uma empresa se parece, como ela é percebida, ao contrário da identidade corporativa que define quem a empresa é:
A imagem corporativa se relaciona com a visão que os públicos possuem de determinada organização, e costuma estar fortemente ligada aos produtos gráficos, a identidade visual, que é construída através das diversas percepções da comunicação em relação à publicidade, logotipos, cores, embalagens e etc.
Branding

Consultoria de Imagem de Marca
Criação de Identidade Corporativa – Logótipo/Estacionário
Redesign de Marcas
Brochuras (Flyers, Dípticos, Trípticos, outras)
Newsletters


Comportamento da assinatura
A assinatura corporativa é como uma identidade da marca, da empresa, sendo uma forma gráfica pré definida com limitações, regras e significados estabelecidos. Tem como objetivo enunciar o acesso da empresa ao negócio, aos seus valores e à cultura. A assinatura perante um público tem que destacar a diferença e reconhecimento da marca, aproveitar a assinatura para atrair os respetivos públicos e ser reconhecida a sua presença no nosso meio.
Sistemas de informação e sistemas cooperativos

Sistemas de Informação desempenham papéis fundamentais em qualquer tipo de organização. Dentre esses papéis, podemos destacar o suporte aos processos e operações, apoio à tomada de decisão por funcionários e gerentes de todos os níveis hierárquicos e suporte às estratégias competitivas da empresa.Os Sistemas de Informação com foco específico no trabalho em equipa dentro das organizações são denominados Sistemas Cooperativos ou Colaborativos.

Comunicação

A comunicação é a base de qualquer Sistema Cooperativo. Todos os membros que trabalham em processos de colaboração, precisam estabelecer uma forma para a troca de mensagens, de forma que as mesmas possam ser repassadas para todos de forma plausível.

Fidalização do cliente

Fidelização é o ato de tornar clientes, em pessoas fiéis ao seu produto, marca ou serviço.
Importância da fidelização

Um programa de fidelização pode ser elaborado com objectivo de influenciar os clientes base, ou os clientes que efectuam apenas a primeira compra. Os objectivos podem ser:

• Aumentar a taxa de retenção;
• A percentagem de participação no cliente;
• Melhorar o número médio de clientes novos;
• Aumentar o valor médio da compra ;
• Incentivar frequencia do acto da compra.


Tipos de fidelização

Autêntica - compromisso forte e emocional com uma empresa, baseado numa relação de confiança, alinhamento e benefício mútuo, ou de uma visão compartilhada entre o cliente e a empresa.
Sintética - compra repetida pelo cliente através do uso de um programa de marketing opt-in baseado numa moeda secundária ou em benefícios como incentivo primordial.
Full transcript