Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Redação

No description
by

André Alencar

on 23 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Redação

Introdução:
O que vem a ser a introdução em uma dissertação?
É o início do texto, contendo o tema a ser desenvolvido, exposto com muita clareza. Envolve o problema a ser analisado. Geralmente pode ser exposto em apenas um parágrafo.
A introdução deve conter as informações que estarão no desenvolvimento de todo o corpo do texto, é como uma espécie de índice. Geralmente, utilizam-se cinco linhas para descrever essas informações.

O Desenvolvimento:
Fatores de Textualidade


- Tópico frasal
-
Fundamentação
- Exemplo
-
Impessoalidade
- Muleta argumentativa
-
Subjetividade
- Linguagem
-
Coloquialismo
- Citações
-
Pleonasmo

A conclusão:
Início e fim - Estratégias
“Dado isso,
é essencial que nessa nova era do mundo virtual, os usuários da rede tenham plena consciência de que tornar pública determinadas informações requer cuidado e, acima de tudo, bom senso
, para que nem a própria imagem, nem a do próximo possa ser prejudicada
.
Isso poderia ser feito pelos próprios governos de cada país, e pelas próprias comunidades virtuais através das redes sociais
, afinal, se essas revelaram sua eficiência e sucesso como objeto da comunicação, serão, certamente, o melhor meio para alertar os usuários a respeito dos riscos de seu uso e os cuidados necessários para tal.”
Como Elaborar uma boa Redação
Como fazer uma boa introdução?
O primeiro parágrafo da redação pode ser feito de diversas maneiras diferentes:
01 – Trajetória histórica
02 – Comparando social, geográfica ou historicamente.
03 – Conceituando ou definindo uma ideia ou situação.
04 – Contestando uma ideia ou citação, contradizendo, em partes.
05 – Refutando o tema, contradizendo totalmente.
06 – Elaborando uma série de interrogações.
07 – Transformando a introdução em uma pergunta.
08 – Elaborando uma enumeração de informações
09 – Caracterizando espaços ou aspectos.
10 – Resumo do que será apresentado no desenvolvimento.
11 – Paráfrase.

Exemplo de introdução padrão em redação
Título:
“Redes sociais: o uso exige cautela”.

Introdução da Redação Enem:
– “Uma característica inerente às sociedades humanas é sempre buscar novas maneiras de se comunicar: cartas, telegramas e telefonemas são apenas alguns dos vários exemplos de meios comunicativos que o homem desenvolveu com base nessa perspectiva. E, atualmente, o mais recente e talvez o mais fascinante desses meios são as redes virtuais, consagradas pelo uso, que se tornam cada vez mais comuns”.

Frases-modelo, para o início da introdução:
Muito se tem discutido, recentemente, acerca de ...
Muito se debate, hoje em dia, ...
Partícula apassivadora novamente. Cuidado com a concordância.
O (A) ..... é de fundamental importância em ....
É de fundamental importância o (a) ....
É indiscutível que ... / É inegável que ...
Muito se discute a importância de ...
Comenta-se, com freqüência, a respeito de ...
Não raro, toma-se conhecimento, por meio de ..., de
Apesar de muitos acreditarem que .... (refutação)
Ao contrário do que muitos acreditam ... (refutação)
Pode-se afirmar que, em razão de ...( devido a, pelo ) ...
Ao fazer uma análise da sociedade, busca-se descobrir as causas de ....

O que
NÃO
deve ser feito em uma redação
• Iniciar uma ideia geral que não transpassa por todo o texto (o uso de idéias totalmente diferentes);

Usar chavões;
• Iniciar a introdução com as mesmas palavras do título;

Frequente fazer desvios do assunto principal;
• Escrever período longo;

Escrever de forma pessoal, ou seja, usar a primeira pessoa.

Tópico frasal:
Esse período orienta ou governa o resto do parágrafo e dele nascem outros períodos secundários ou periféricos
Orkut, Twiter e Facebook são alguns exemplos das redes sociais (virtuais) mais acessadas do mundo e,
convenhamos
, a popularidade das mesmas se tornou tamanha que não ter uma página nessas redes é praticamente como não estar integrado ao atual mundo globalizado. Através desse novo meio as pessoas fazem amizades pelo mundo inteiro, compartilham ideias e opiniões, organizam movimentos, como os que derrubaram governos autoritários no mundo árabe e, literalmente, se mostram para a sociedade. Nesse momento é que nos convém cautela e reflexão para saber até que ponto se expor nas redes sociais representa uma vantagem.

Não saber os limites da
nossa
exposição nas redes virtuais pode
nos
custar caro e colocar em risco a integridade da
nossa
imagem
[de um indivíduo]
perante a sociedade. Afinal, a partir do momento em que
colocamos
informações
[são postas]
na rede, foge do
nosso
controle a consciência das dimensões de até onde elas podem chegar. Sendo assim, apresentar informações pessoais em tais redes pode
nos
tornar
[as pessoas]
um tanto quanto vulneráveis moralmente.

Percebemos
, portanto, que o novo fenômeno das redes sociais se revela como uma eficiente e inovadora ferramenta de comunicação da sociedade, mas que traz seus riscos e revela sua faceta perversa àqueles que não bem distinguem os limites entre as esferas públicas e privadas “
jogando
” na rede informações que podem prejudicar sua própria reputação e se tornar objeto para denegrir a imagem de outros, o que, sem dúvidas, é um grande problema.

Forma mais correta:

O novo fenômeno das redes sociais se revela como uma eficiente e inovadora ferramenta de comunicação da sociedade, mas que traz seus riscos e revela sua faceta perversa àqueles que não bem distinguem os limites entre as esferas públicas e privadas. Disponibilizar na rede informações que podem prejudicar sua própria reputação e se tornar objeto para denegrir a imagem de outros, é , sem dúvidas, um grande problema.

As Adivinhações agradam particularmente às crianças
. Por que isso acontece de maneira tão generalizada? Porque, mais ou menos, representam a forma concentrada, quase simbólica, da experiência infantil de conquista da realidade. Para uma criança, o mundo está cheio de objetos misteriosos, de acontecimentos incompreensíveis, de figuras indecifráveis. A própria presença do mundo é, para ela, uma adivinhação a ser resolvida. Daí o prazer de experimentar de modo desinteressado, por brincadeira, a emoção da procura da surpresa
(Gianni Rodari, adaptado)

André Alencar
Jonh Allas
Lucas da Fonseca
Marcos Vinicius
Mariana Porto
Objetivo do Trabalho

Trabalho voltado para área de Língua Portuguesa com a finalidade de ensinar técnicas de redação para alunos do pré-vestibular. O objetivo e foco principal é aperfeiçoar os alunos na elaboração de dissertações, mostrando passo a passo todas as etapas e metas que uma dissertação padrão deve cumprir sem que se prejudique a criatividade do aluno.


1
°
- Uso do conectivo “Dado isso”:
arma-chave para de iniciar a conclusão, o conectivo retoma a ideia utilizada na tese, a reafirma e inicia a conclusão da mesma seguido pela proposta de solução;

2° - Uso do recurso de Vantagem Secundária:
Recurso pouco comum, mas com grande potencial para surpreender a banca avaliadora, tem função de apresentar um benefício secundário caso a proposta de solução fosse adotada;

3° - Uso do recurso de Proposta de Solução:
Recurso que é o foco em um trabalho de teor dissertativo-argumentativo. O candidato aqui deve apresentar uma solução viável ao órgão maior responsável pelo exame, que não vá contra os direitos humanos e que possa ser aplicada na sociedade usada como foco do trabalho (no caso, a sociedade brasileira contemporânea).

Critérios de Avaliação do Enem
No Enem, cada uma das redações são avaliadas por dois corretores entre os mais de 4 mil contratados para isso. Os avaliadores têm a função de atribuir uma nota de 0 a 200 pontos em cada uma das cinco competências abaixo:
1) Domínio da norma padrão da língua portuguesa;
2) Compreensão da proposta de redação;
3) Seleção e organização das informações;
4) Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto
5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.



TEMA



TESE



ARGUMENTOS



PROPOSTA DE
INTERVENÇÃO

Quais as razões para se atribuir nota 0 (zero) a uma redação?
fuga total ao tema;
não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
texto com até 7 (sete) linhas;
impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte
do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
desrespeito aos direitos humanos; e
folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho.
A problemática educacional

Nos dias atuais, a fragilidade educacional tornou-se alvo de várias discussões, pelo fato de vários países, considerados subdesenvolvidos, apresentarem índices mínimos de produtividade e prosperidade econômica.

Enquanto os países desenvolvidos investem intensamente na educação humana, os países subdesenvolvidos apresentam milhares de analfabetos, e com isso, o país[,] cada vez mais, carece de profissionais especializados em diversas áreas de trabalho.

Algumas soluções poderiam ser viáveis como um incentivo intensificadopor parte dos pais, para que seus filhos frequentem as escolas e colégios, para que esses não sofram com a precariedade financeira, as autoridades governamentais deveriam estabelecer diversos projetos, tanto para adultos, adolescentes quanto para as crianças , para que o analfabetismo seja extinguido, os países desenvolvidos poderiam estabelecer ajudas financeiras a esses países, entre outras colocações.

Portanto, os países subdesenvolvidos deveriam investir na educação de seus habitantes, pois proporcionaria vários avanços político, econômico e cultural dessesas pessoas teriam empregos melhores que conduziriam o país a crescimentos nos "rankings", e as gerações futuras não sofreriam com tamanha desigualdade existente no planeta, que hoje aflinge as pessoas carentes
Full transcript