Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Design de Capas de Discos

O desenvolvimento de capas de disco personalizadas a partir da década de 1940
by

Julio Gomes

on 10 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Design de Capas de Discos

O Designer pioneiro das Capas
Alexander Steinweiss (Nova Iorque, 1917 — Florida, 2011)
Steinweiss (1947)
Columbia Records
1940
Columbia Records
1944
Capas de disco de Alex Steinweiss.

Envelopes
simples com imagens genéricas.

Álbuns guardados como livros.
Obrigado!
Referências:

RESENDE, André Novaes de. Alex Steinweiss: Paradigmas da Criação de Imagens para Capas de Discos de 78 rpm. Disponível em: <http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/anais/apcg/edicao10/Andre.Novaes.pdf>. Acesso em: 20-nov-2014.

STEINWEISS, Alexander.
Alex Steinweiss: Creator of the Album Cover
. Disponível em: <http://www.alexsteinweiss.com/>. Acesso em: 27-nov-2014.

Museu dos Relógios na Floresta Negra. Disponível em: <http://www.alemanhaporquenao.com/2012/01/museu-dos-relogios-na-floresta-negra.html>. Acessado em: 06-dez-2014.

Elifas Andreato: capista com 362 criações. Disponível em: <http://www.oqdesign.com.br/34/porai.html>. Acessado em 07/12/2014

Wikipédia, a enciclopédia livre. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Elifas_Andreato>. Acessado em 07/12/2014

Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Disponível em: <http://www.dicionariompb.com.br/cesar-villela>. Acessado em 07/12/2014

(Des)orientação Sonora. Disponível em: <http://desorientacaosonor.blogspot.com.br/2014_10_01_archive.html>. Acessado em 07/12/2014
Teconologia (prós & contras)
Hoje
Ontem
Antes
Acesso universal via downloads
Perda de identidade visual
Pirataria
Praticidade
Baixo custo
Manutenção reduzida da identidade visual
Pirataria
Valorização da identidade visual
Menor praticidade
Ruídos sonoros
Imune à pirataria
A beleza da música tinha que ser tratada visualmente e os elementos, tais como a cor, a composição, as letras e os detalhes subjetivos, tinham que ser projetados com veemência. Eu, portanto, tratava cada design destas capas como um cartaz em miniatura – capaz, de uma só vez, de sugerir o conteúdo subjetivo da música e de atrair o olhar de um possível comprador. […] Na minha abordagem sobre o problema do design das capas de disco, eu tento evitar qualquer interpretação direta de valores musicais, uma vez que, acredito eu, nenhum artista tem o direito de interpretar uma forma de arte nos termos de uma outra, e de forçar sua interpretação pessoal sobre um público inocente. Ao invés disso, eu tento, por meio de cores, formas, texturas, e do desenho das letras, projetar o clima da música; ou, talvez, pela simbolização, projetar uma impressão sobre a vida ou perfil do compositor (NOVAES
apud
REGAN, K., 2009. p. 71).
A tecnologia fonográfica
O design de capas no Brasil
O Envelope Pardo
Capa ilustrada padronizada da Odeon
Embalagens padronizadas
Capa ilustrada padronizada da Victor
Envelope pardo com um buraco no meio, através do qual era possível ler o selo do disco
Os Álbuns
Os primeiros álbuns eram simples, tinham apenas a função de proteger e guardar os discos, com o passar do tempo foram ganhando uma maior atenção das gravadoras que passaram a ilustra-las
Primeiras capas personalizadas
Capas feitas para discos infantis no final da década de 40
Sinter
Ilustração criada por
Paulo Brèves
para uma compilação de sucessos de Carnaval em LP
(Sociedade Interamericana de Representações)
A década de 1950
Álbum ilustrado por Di Cavalcante:
Noel Rosa,
cantado por
Aracy de Almeida
Capa de Páez Torres, utilizando ilustração, foto e lettering, e uma raridada para a época: o emprego de cor especial como fundo da foto, no logo da gravadora e nas notas musicais
Prêmio de melhor trabalho fotográfico. Direção de arte de Cesar G. Villela e fotografia de Francisco Pereira
Entrando nos anos 60
Disco de jazz da Blue Note
Compilação de capas ilustradas por Cesar G. Villela
Séc. IX - Irmãos
Banū Mūsā
-
Orgão hidro-alimentado
e
flautista mecânico
Séc. XIV - Campainha mecânica rotativa - precursora do realejo (séc. XV)
Tocador de Realejo
Realejo mecânico de um parque na Holanda
Séc. XIX - Relógios Musicais, Pianolas e Caixas de Música
Relógio musical automático feito por August Noll em 1880
Pianolas
Caixas de Música
Precursores mecânicos de reprodução musical
Gravadores/Reprodutores mecânicos
1806 - Thomas Young (1773-1829) - Vibroscópio
1857 - Leon Scott (1817-1879) - Fonoautógrafo
1877 - Thomas Alva Edson (1847 - 1931) - Fonógrafo
1886 - Alexander Graham Bell (1847 - 1922) - Graphophone
1888 - Emile Berliner (1851 - 1929) - Gramophone
Cilindros de cera mineral reutilizáveis
Acervo Gamaliel
Discos de Goma-laca e Cera de Carnaúba
Discos de Vinil 33 & 45 rpm
78 rpm
10 pol.
12 pol.
1
/
3
1947-48 - 33 ¹/ rpm, 12 pol.
³
1949 - 45 rpm, 7 pol.
33¹/ rpm
³
78 rpm
45 rpm
12 polegadas
(LP -
Long Playing)
10 polegadas
7 polegadas
(
Single Playing
)
Vinis coloridos
Maiores contribuidores no design de capas de disco
Bob Cato (1923 - 1999)
vice-presidente de serviços criativos na
Columbia Records
, e posteriormente na
United Artists
László Moholy-Nagy (1895-1946)
Alexey Brodovich (1898-1971)
The Band
Johnny Cash
Miles Davis
Bob Dylan
gabinete de consulta da Academia Nacional de Artes e Ciências Graváveis
Maiores contribuidores no design de capas de disco
Paulo Brèves
Primeira Capa de LP desenhada no Brasil por Paulo Brèves (Sinter, 1951)
Maiores contribuidores no design de capas de disco
Elifas Andreato (Rolândia-PR, 1946)
Capas de
Discos
Cartaz
Maiores contribuidores no design de capas de disco
César G. Villela (Rio de Janeiro, 1930)
Parceria com o fotógrafo
Chico Pereira
A cara da Bossa Nova
Estilo Artístico
O impacto social da indústria fonográfica
A gravação antes da reprodução
Édouard-Léon Scott de Martinville, inventou o Fonoautógrafo em 1857.
Aparelho usado em laboratórios para estudo do som.
Fonoautógrafo
Paleófono
Charles Cros
Não conseguiu a patente antes de Edson.
Apresentou sua invenção o paleófono em 30 de abril de 1877.
Uma breve História
Thomas Alva Edson
Registrou mais de 1000 patentes, entre elas, a lâmpada incandescente elétrica e o fonográfo.
Phonographo
Emile Berliner
Gramophone
Frederico Figner
A Casa Edson
O Echo Phonographico
Full transcript