Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Anfitrião

No description
by

Cristiano Moita

on 30 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Anfitrião

O ANFITRIÃO, DE PLAUTO
PLAUTO - VIDA
ANÁLISE GERAL DA OBRA
ANÁLISE DO LIVRO
PERSONAGENS:
Anfitrião - comandante-em-chefe dos tebanos;
Alcmena - mulher de Anfitrião;
Júpiter - o rei dos deues
Mercúrio - o mensageiro dos deuses;
Sósia ("que salva")- escravo de Anfitrião;
Blefarão ("que vê" ou "que pestaneja") - general tebano, amigo de Anfitrião;
Brômia ("que vibra") - criada de Alcmena
Tessala - criada de Alcmena
APRENDIZADO E VALOR DA OBRA
MAIS UMA OBRA CLÁSSICA;
OBRA EM LATIM;
DRAMATURGIA E COMÉDIA LATINA;
MITOLOGIA GRECO-ROMANA.
Titus Maccius Plautus (230 a.C - 180 a.C) na Sarsina, região da Úmbria;
Maccius = palhaço; Plautus = pé-chato ou orelha chata
Carpinteiro ou cenógrafo de teatro;
Escravo;
Autor e ator;
PLAUTO - OBRA
Produziu por volta de 120 obras;
As que permaneceram:
Stichus - (Trad. "Estico")
Cristellaria
Persa (Trad. "Persa")
Miles Gloriosus (Trad. "O Soldado Fanfarrão")
Mostelaria
Aulularia (Trad. "A Comédia da Marmita")
Menaechmi . (Trad. "Os Menecmos")
Mercator
Epidicus . (Trad. "Epídico")
Amphitryon ou Amphitruo (Trad. "Anfitrião")

Captivi (Trad. "Os Cativos"; "Os Prisioneiros")
Asinaria (Trad. "A Comédia dos Burros")
Curculio (Trad. "O Gorgulho"; "Caruncho")
Trinummus
Rudens (Trad. "O Cabo")
Bacchides (Trad. "As Bacanas"; "As Duas Báquides")
Poenulus
Truculentus
Pseudolus
Casina (Trad. "Casina")
Vidularia - Só restaram fragmentos dessa obra.
Influência dos dramaturgos gregos, especialmente Menandro;
Impressões
Estilo do autor
Temática
Gênero da obra
PRÓLOGO
ATO I
ATO II
ATO III
"Se quereis que eu esteja bem disposto convosco e que vos dê
bons lucros nas vossas compras e nas vossas vendas
e vos ajude em todas as coisas; se quereis que os vossos
negócios
e os vossos
empreendimentos
aumentem seus ganhos, justos, amplos e contínuos, quer naquilo que já começastes, quer no que ireis principiar; se quereis que eu vos traga
boas notícias
e que tudo quanto vos comunico seja de proveito para vós e para a vossa comunidade (bem sabeis que me foi dado e concedido, pelos outros deuses, ter a meu cargo as novas e os ganhos); se quereis que eu vos seja favorável, e me esforce por que sempre tenhais ganho; acolhei em silêncio esta peça e julgai-a com um critério equânime e justo."
Mercúrio
Apresentação
"Agora vou dizer quem me deu ordem de vir e por que razão venho; e, ao mesmo tempo, revelarei o meu nome. Venho por mandado de Júpiter e o meu nome é Mercúrio.[...]"
Natureza de Júpiter
"Efetivamente, esse Júpiter a cujo mandado eu venho não receia menos de que um de vós qualquer questão desagradável.
Nasceu de mãe humana e de pai humano
e por isso não é de admirar que tenha certos receios. E eu, que sou filho de Júpiter, também fiquei, por contágio, com o medo de meu pai. Por isso venho muito em paz e é a paz que vos trago."
Gênero
"Primeiro vou dizer aquilo que vos vim pedir; depois vou revela o argumento desta tragédia. Por que é que franziste o sobrolho? Por ter dito que seria uma tragédia? Sou deus, de modo que, se quereis, mudo já isto; farei que de tragédia passe a comédia, e exatamente com os mesmos versos. Quereis que sim ou que não? Mas que bobagem, eu que sou deus, estar sem saber o que vós quereis; conheço perfeitamente a vossa opinião sobre o assunto. O que eu vou fazer é que seja uma peça mista, uma tragicomédia, porque me não parece adequado que tenha um tom contínuo de comédia e peça em que aparecem reis e deuses. E então, como também entra nela um escravo, farei que seja, como já disse, uma
tragicomédia
."
Pedido de Júpiter
Fiscais contra a "gente alugada para aplaudir";

Júpiter como ator
Apresentação do enredo
Sósia, Mercúrio: primeiro encontro do escravo com seu "sósia"
Mercúrio: prenúncio das confusões que ocorrerão e do nascimento dos filhos de Alcmena
Júpiter, Alcmena, Mercúrio: Júpiter, disfarçado de Anfitrião, despede-se de Alcmena
Anfitrião, Sósia:

Alcmena, Anfitrião, Sósia, Tessala:
Júpiter:

Alcmena, Júpiter:

Sósia, Júpiter, Alcmena:

Mercúrio
ATO IV
ATO V
Anfitrião: não encontra Naucrates e volta para casa;
Mercúrio, Anfitrião: Mercúrio brinca com Anfitrião
Anfitrião, Blefarão, Sósia: Sósia toma surra pelas brincadeiras de Mercúrio
Júpiter, Anfitrião, Sósia, Blefarão;Blefarão é escolhido como juiz para decidir quem é Anfitrião
Blefarão, Anfitrião, Júpiter: sem sucesso!
Brômia, Anfitrião; Aquela reconhece Anfitrião desfalecido na cama de Alcmena e o descreve o parto da ama
Júpiter (nas nuvens): confissão de Júpiter
Anfitrião: "E agora, espectadores, é aplaudir com toda a força em honra do Supremo Júpiter!"
Título: T. MACCI PLAVTI AMPHITRVO
ARGVMENTVM II

Amore captus Alcumenas Iuppiter
Mutavit sese in formam eius coniugis,
Pro patria Amphitruo dum decernit cum hostibus.
Habitu Mercurius ei subservit Sosiae.
Is advenientis servum ac dominum frustra habet.
Turbas uxori ciet Amphitruo, atque invicem
Raptant pro moechis. Blepharo captus arbiter
Vter sit non quit Amphitruo decernere.
Omnem rem noscunt. geminos Alcumena enititur.
ARGVMENTVM I

In faciem versus Amphitruonis Iuppiter,
dum bellum gereret cum Telobois hostibus,
Alcmenam uxorem cepit usurariam.
Mercurius formam Sosiae servi gerit
absentis: his Alcmena decipitur dolis.
postquam rediere veri Amphitruo et Sosia,
uterque deluduntur in mirum modum.
hinc iurgium, tumultus uxori et viro,
donec cum tonitru voce missa ex aethere
adulterum se Iuppiter confessus est.
Mercúrio~Sósia
A: O que eu acho é que este homem está bêbado.
S: Oxalá assim fosse!
o maior diálogo; discussão calorosa entre Alcmena e Anfitrião; Anfitrião se propõe a chamar seu cunhado, Neucrates, para confirmar sua versão.
"Agora vou fazer de Anfitrião, como no princípio, e lançar nesta família a maior das confusões;[...]"
Difarçado de Anfitrião, Júpiter pede desculpas pelos insultos e faz as pazes com Alcmena
Júpiter manda Sósia chamar Blefarão para jantar
"Agora meu Pai quer que se brinque com Anfitrião; vou fazê-lo direitnho."
Lacuna do Ato IV
Full transcript