Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Redes Sociais

e as teorias da comunicação
by

Luana Casilho

on 22 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Redes Sociais

REDES
SOCIAIS Características das Redes Sociais # Compartilhamento de informações # Sub- grupos com interesses
comuns # Bate-papo # Novas Amizades Meio Quente ou Meio Frio? "A experiência cultural audiovisual abalada pela revolução digital aponta para novas modalidades de comunidade (artística, científica, cultural) e de uma nova esfera da coisa publica" Jesús Matín-Barbero # Hipermídia: Convergência das mídias # Interação social A História das Redes Socias O Poder das Redes Sociais # Tendências (memes e vídeos virais) "O que me entusiasma é aquilo que eu chamo de cultura participatória, o potencial para diversificar o conteúdo cultural e democratizar o acesso aos canais de comunicação." Henri Jenkins. O grande dilema para a teoria da comunicação... # Exclusão Digital "Nosso acesso à tecnologia é desigual – é isso que quer dizer o termo exclusão digital. Mas há também desigualdade no acesso às habilidades e aos conhecimentos necessários para participar significativamente dessa cultura emergente." Referências Bibliográficas: BARBERO, Jesús-martín, Convergência digital e diversidade cultural. Conferência promovida no seminário: Diversidade Cultural 2007 MORAES, Denis de: Mutações do visível de comunicação de massa à camunicação de rede. Rio de janeiro Ed .Pão e Rosas, 2010 JENKINS, Henry. Cultura da Convergência 2°ed Aleph. 2009 São Paulo "Fluxo de conteúdos através de múltipla plataformas de mídia, à cooperação entre múltiplos mercados midiáticos e ao comportamento migratório dos públicos dos meios de comunicação, que vão a quase qualquer parte em busca das experiências de entretenimento que desejam" Entendo convergência... Henry Jenkins "À medida que mais e mais funções de nossas vidas se deslocam para o mundo online ou são conduzidas por meio de comunicações móveis, aqueles sem acesso às tecnologias, bem como ao capital social e cultural necessário para utilizá-las, vão sendo excluídos de uma participação ampla." Henri Jenkins. Ciberativismo "[...]o ciberespaço oferece instrumentos de construção cooperativa de um contexto
comum em grupos numerosos e geograficamente dispersos. Não se trata mais apenas de uma difusão ou de um transporte de mensagens, mas de uma interação no seio de uma situação que cada um contribui para modificar ou estabilizar, de uma negociação sobre significações, de um processo de reconhecimento mútuo dos indivíduos e dos grupos via atividade de comunicação. Essa objetivação dinâmica de um contexto coletivo é operador de inteligência coletiva, uma espécie comum." Pierre Lévy LÉVY, Pierre. Cibercultura. Rio de Janeiro: Editora 34. 1999. Nem tudo são flores... "Cocooning" Termo para designar tendência ao isolamento social nas últimas décadas. "Quando as pessoas assumem o controle das mídias, os resultados podem ser maravilhosamente criativos, podem ser também uma má notícia para todos envolvidos" Henry Jenkins "O contato face a face é substituído pelo contato tela a tela dos monitores; as superfícies é que entram em contato. Por gentileza do Twitter, “surfar”, o meio de locomoção preferido em nossa vida agitada, cheia de oportunidades que nascem e logo se extinguem, afinal chegou à comunicação inter-humana. O que se perde é a intimidade, a profundidade e durabilidade da relação dos laços humanos" Zygmunt Bauman "44 Cartas do Mundo líquido moderno" BAUMAN, Zygmunt. 44 Cartas do mundo líquido moderno. Rio de janeiro. 2011 Jornalismo “interação crescente entre mídias tradicionais e mídias novas” # Convergência “incorporar o que há de mais valioso no novo e a preservar o que havia de mais efetivo no velho.” @henryjenkins A internet como conhecemos
hoje surgiu na década de 90 A primeira forma de interação dos usuários era por e-mail A primeira rede social, Classmates, surgiu em 1995 Surgimento Popularização Início Boom! Pioneira na categoria bate-papo, a AOL Instant Messenger surgiu em 1997 Também em 1997 surgiu a Sixdegress, primeira rede social que permitiu a criação de um perfil virtual, bem como a publicação e listagem de contatos. A Friendster surgiu em 2002 e encorajava laços de relacionamento entre pessoas com interesses em comum. O My Space (2003) se destacou por se mostrar uma rede social totalmente interativa, com espaços para músicas, fotos e um blog que poderia ser personalizado por cada usuário Criado pelo funcionário do Google Orkut Büyükkokten em 2004 com a proposta de possibilitar aos usuários a criação de novas amizades. Em seu lançamento, o público alvo seria os internautas americanos, mas ele fez mais sucesso no Brasil e na Índia Em 2004 também foi o início do Facebook, mas era restrito para os estudantes de Haverd e depois de outras universidades americanas; só em 2006 foi aberto para qualquer um. Hoje é a rede social mais popular do mundo No ano de 2006 criado pela Obvios Corp, foi lançado o twitter, que revolucionou o mundo das noticias no quesito velocidade. Da Vida Real para as Redes Socias CULTURA PARTICIPATÓRIA inteligência coletiva
=
estamos aprendendo a usar esse poder em nossas interações diárias dentro da cultura de convergência. @PierreLévy “tem impacto em diversas áreas:
educação e política"
Henry Jenkins "envolve novas relações
entre os produtores
e os usuários
da mídia" Existe dircurso ideológico nas Redes? As redes podem ser instrumento de dominação ideologica, ou seja , um componente da superestrutura do sistema, na medida em que atribue valores simbólicos a marcas e produtos "A ideologia é o processo pelo qual as idéias da classe dominante se tornam idéias de todas as classes sociais, se tornam ideias dominantes."
Marilena Chaui CHAUÍ, Marilena. O que é ideologia. São Paulo: Editora Primeiros Passoa Brasiliense, 1984. "Uma cultura nacional é um discurso – um modo de construir sentidos que influencia e organiza tanto nossas ações quanto a concepção que temos de nós mesmos. As culturas nacionais, ao produzir sentidos sobre "a nação’’, sentidos com os quais podemos nos identificar, constroem identidades.’’
Stuart Hall Cultura e identidade na construção da nação "Para dizer de forma simples: não importa quão diferentes seus membros possam ser em termos de classe, gênero ou raça, uma cultura nacional busca unificá-los numa identidade cultural, para representá-los todos como pertencendo à mesma e grande família nacional.’’
Stuart Hall A era digital possibilitou que as pessoas se unissem em grupos ou tribos nas redes sociais, em torno de interesses, valores e assuntos comuns Uma rede social diminui a distancia entre as pessoas HALL, Stuart, A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2006. Em um relacionamento sério com as Redes Sociais Não possível caracterizar as midias socias como meio quente ou frio, na em que dependerá da forma como se relaciona com os múltiplos códigos e estímulos oferecidos pelas redes.
Full transcript