Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Controlo de pragas

No description
by

Ana Patrícia Ribeiro

on 14 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Controlo de pragas

Constituidos por microrganismos postos à venda no mercado para destruir as pragas.
Produzem toxínas, específicas e biodegradáveis que podem ser utlizadas biopesticidas. Controlo de pragas Luta química Luta biológica Persistência Espectro de ação Herbicidas Inseticidas Hormonas de juvenis ou de muda Esterilização de machos Organismos auxiliares (cc) photo by theaucitron on Flickr Espécies que competem com o ser humano
ameaçando as culturas, destruindo-as para
a sua alimentação e/ou provocando-lhes doenças. Fungicidas Pesticidas Caracterização do pesticida Controlo de pragas pela utilização de agentes biológicos existentes nos próprios ecossistemas ou introduzidos. Controlo de pragas com recurso a produtos químicos São seres vivos que atacam e destroiem ourtros seres prejudiciais. Estes seres podem já estar aplicados na cultura ou então serem introduzidos mais tarde pelo agricultor. Substâncias químicas produzidas por certos animais com efeito comunicacional que desencadeiam um comportamento específico sob seres. Requer um estudo prévio e uma realização nos momentos mais adequados, evitando a acção destes sobre outros elementos da comunidade. Vantagens:
É específica para a praga
Pode manter-se a sua acção desde que os predadores/parasitas estejam estabelecidos
Diminui resistência genética
Não é tóxico para outros organismos Desvantagens:
Longo prazo de estudo e conhecimento do melhor inimigo para a praga
Acção lenta e de grau de dificuldade de aplicação significativo
Os auxiliares não podem ter contacto com os pesticidas que estão nas áreas circundantes
A multiplicação, quando exagerada, faz dos mesmos uma praga Feromonas Substâncias químicas produzidas por certos animais com efeito comunicacional que desencadeiam um comportamento específico noutros seres. Hormonas animais Como é que se conseguem controlar os organismos invasores das colheitas do Homem? Pragas? O que são? E o que provocam? Organismos criados em laboratórios e quando chegados à fase adulta tornam-se estéreis.
Libertados numa zona infestada pela sua espécie.
Os machos acasalam com as fêmeas, mas não produzem descendentes.
Ocorre uma diminuição da população da praga. Desvantagens Método muito dispendioso
Apenas é aplicada a um reduzido número de espécies
Exige continua aplicação e um grande número de machos para cobrir o número de femeas existentes. Penetração através da cutícula
É absorvido com os alimentos
Provoca a asfixia
Inseticidas sistémicos: são transportados na seiva das plantas, por isso são absorvidos pelos insetos consumidores Herbicidas totais: eliminam todas as plantas, o seu uso na agricultura é limitado Herbicidas seletivos: atuam apenas sobre determinadas espécies e tanto podem inibir a germinação das sementes como bloquear a fotossíntese Combatem fungos inibindo a germinação de esporos ou destruindo os fungos, impedindo a reprodução dos mesmos. Luta Integrada Organismos criados em laboratórios e quando chegados à fase adulta tornam-se estéreis.
Libertados numa zona infestada pela sua espécie.
Os machos acasalam com as fêmeas, mas não produzem descendentes.
Ocorre uma diminuição da população da praga. As colheitas são avaliadas assim como os seus respectivos produtos, como partes de sistemas ecológicos. Métodos Cultura Protecção ecológica Químicos Sequência
Espaço
Tempo Luta Química
+
Luta Biologica
=
Luta Integrada Largo espectro de ação:
Tóxicos para quase todas as espécies. Estreito espectro de ação:
São muito seletivos, tóxicos para menos espécies Baixa persistência:
Ativo durante horas, dias ou semanas Alta persistência:
Ativo durante anos Vantagens:
Aumento da produtividade agrícola
Diminuição de custos para o agricultor
Combate a expansão de certas doenças Desvantagens:
A aplicação destes quimicos pode afetar outros organismos podendo originar dois efeitos
Desenvolvimento de variedades resistentes
Desequílibrios nos ecossistemas Bioacumulação
Armazenamento de pesticida em niveis mais elevados daqueles que seria de esperar. Bioampliação:
Aumento da concentrção do pesticida de nível trófico para nível trófico. Vantagens:
Redução no uso de pesticidas e nos custos
Aumento dos lucros nas colheitas
Redução do desenvolvimento de resistência genética
Redução da utilização de fertilizantes e de água para rega
Não afecta a vida envolvente Desvantagens:
Exigência de conhecimentos acerca de cada praga
Processo mais lento do que o da aplicação dos pesticidas convencionais
Possibilidade de aplicação de diferentes métodos para áreas diferentes com a mesma colheita
A aplicação inicial pode ser dispendiosa Biopesticidas Controlo Genético Realização de cruzamentos selectivos Tranferência do gene pretendido para a planta não resistente 1 2 3 1. Ao longo da cadeia alimentar, o pesticida considerado vai aumento a sua concentração – Efeito de Bioampliação. Os organismos pertencentes a níveis tróficos mais elevados ao se alimentarem de organismos de níveis mais baixos ficam com os seus tecidos e órgãos contaminados por pesticidas. Esta acumulação de poluentes no seu organismo pode levar ao aparecimento de doenças. Tópicos mais importantes:
Persistência e espectro de ação
Efeitos de bioacumulação e bioampliação
Passa de organismos em organismo Actividade 21 - Que efeitos têm os pesticidas nas cadeias alimentares ?
Página 267 Ana Patrícia Ribeiro Cristiana Pereira Jessica Varela 1 2 3 Levar a um aumento acelerado de variedade resistentes a estes mesmo pesticida
Afetar outros organismos intervenientes no ciclo da praga (predadores, o próprio hospedeiro, etc.)
Provocar fenómenos de bioacumulação e bioampliação Qualquer espécie de organismos indesejáveis ao ser humano, que lhe provocam dano diretamente ou indiretamente, por competição pelo alimento, por destruição de bens e propriedades. a) Falso
b) Verdadeiro
c) Falso
d) Falso
e) Verdadeiro 4 • A – 2, B – 4, C – 1, D – 5, E – 8, F – 7, G – 6, H – 3.
• 1 - C, 2 - A, 3 - H, 4 - B, 5 - D, 6 - G, 7 - F, 8 - E
Full transcript