Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Descartes e pascal

No description
by

Nathália Amaral

on 30 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Descartes e pascal

Descartes e Pascal Nomes:
Nathália Amaral
Antonielle Dielo
Júlia de Borba O estudioso francês René Descartes é conhecido também pelo nome latino Renatus Cartesius, de que resultou o nome italiano Cartesio e o adjetivo qualificativo “cartesiano”. Descartes (1596-1650): Cogito, ergo sum (“Penso, logo existo”) Além de filósofo, foi também um grande matemático, associando as duas atividades mentais: para ele, o pensamento reflexivo devia ter a mesma clareza e objetividade da ciência exata. Ele operou uma revolução no campo da filosofia semelhante a que seus contemporâneos Copérnico e Galilei estavam realizando no mundo da astronomia (o heliocentrismo). Descartes seguiu – consciente ou inconscientemente, pouco importa - o método socrático da dúvida sistemática, não acreditando em nada que não pudesse ser demonstrado cientificamente, que não tivesse uma evidência incontestável.
A grande contribuição de Descartes à filosofia foi a valorização do ato de pensar, o estabelecimento da primazia da razão. Mas, infelizmente, a clareza e a coerência cartesiana não penetram o domínio da ética.
Descartes sucumbe aos preconceitos da teologia escolástica e da moral burguesa. Ele acaba professando a necessidade de uma ética “provisória”, de tolerância, conformista em relação aos ditames de ordem política, social e religiosa. Descartes deixa de publicar um trabalho científico em que apresentava idéias inovadoras semelhantes. Blaise Pascal, nasceu na França, foi um físico, matemático, filósofo moralista e teólogo. Na matemática, contribuiu para a Geometria Projetiva e a Teoria das probabilidades, e desenvolveu a primeira maquina de calcular. Já no campo da física foi importante por desenvolver conceitos sobre a pressão e o vácuo. Pascal (1623-1662) A religião é um ponto bem característico da vida de Pascal, em 1646, ele se converteu ao Jansenismo, e foi a partir de 1654 que ele se dedicou principalmente à filosofia e a teologia, período que escreveu varias obras de teor religioso. Dentre essas obras podemos destacar Les Provinciales, que possui um grande teor religioso. É o autor da famosa frase: “O coração tem razões que a própria razão desconhece”, que revela o seu pensamento de que nem tudo pode ser explicado, se opondo ao pensamento proposto por Descartes, de que é possível se explicar tudo a traves de um método, para isso Pascal evidencia que é impossível se explicar tudo porque para isso ocorrer é necessário uma infinidades de métodos.
Full transcript