Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

FIGURAS DE SINTAXE

No description
by

Marilisa Bassini

on 28 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FIGURAS DE SINTAXE

FIGURAS DE SINTAXE
As figuras de sintaxe permitem que o escritor (ou falante) crie certos efeitos de sentidos em seus textos, enfatizando de forma mais expressiva os significados das mensagens.
Polissíndeto e Assíndeto
Silepse
Figuras de Sintaxe
Elipse e Zeugma
Polissíndeto

é a repetição de conjunções:

E
sob as ondas ritmadas

e
sob as nuvens
e
os ventos
e
sob as pontes
e
sob o sarcasmo
Carlos Drummond de Andrade

Assíndeto

é

ausência de conjunções.



Raspou
,
achou
,
ganhou!!!!
Também chamada de
concordância ideológica
. Ocorre

silepse
quando a concordância se faz com a ideia expressa na frase. A
silepse
pode ser de:

GÊNERO:
Vossa excelência,
senhor prefeito, está
enganado.

Deixei a
agitada São Paulo
.
(Silepse de gênero, a rigor: São Paulo é masculino.)

NÚMERO:

A plateia
adorou a apresentação e
aplaudiram
de pé os atores.
Grande parte
dos eleitores
estavam
longe de aprovar o orçamento.
(Silepse de número: a ideia é de plural, embora, a rigor: o sujeito – “Grande parte” – esteja no singular.)

PESSOA:
Os jovens precisamos
participar da vida política do país.
Todos estamos
contentes com o resultado.
Os que
conseguimos
pular fora,
pulamos
.
(Silepse de pessoa: a frase deveria ser “Os que conseguiram pular fora, pularam”, mas quem a enuncia se inclui entre os que praticaram as ações expressas pelo verbo).
Elipse
é quando um termo está subentendido na oração. Essa palavra não apareceu anteriormente!
Final de trimestre chegando. Dias corridos esses.
(Elipse do verbo ser: Esses dias SÃO corridos.)

Zeugma
é um tipo de elipse. O termo omitido

foi empregado na frase!
Ele vivia para a farra, ela para o lar.
("VIVIA" para o lar)
Anacoluto
Anáfora
É a repetição de uma palavra no início ou no final de uma frase.
Hipérbato
É a inversão da ordem
direta dos termos da oração.
É a quebra lógica da oração em que um dos termos fica solto.
Sempre muito de cachorro eu gostei.

"Ouviram do Ipiranga as margem plácidas..."
A ordem natural ou direta seria: “As margens plácidas do Ipiranga ouviram...”
Lá vai
o trem com o menino
Lá vai
a vida a rodar
Cidade e noite a girar
Lá vai
a cidade e destino
Ferreira Gullar
Essa viagem, quem me dera ter ido pra Manaus!
Note como o começo da frase fica solto em relação ao restante!

Essa viagem....
quebra na ordem lógica.
Quem me dera ter ido para Manaus
oração completa sintaticamente.
Pleonasmo
Mesma ideia aparece mais de uma vez no texto para reforçá-la.
"Beber a bebida"
"Subir pra cima/ descer pra baixo"
"Conviver junto"
Full transcript