Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aveia e Mel

No description
by

Marieli Souza

on 3 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aveia e Mel

Acadêmicas:
Carlise Heck
Marieli da Rosa Souza
Orientadora:Marcela Carolina Machado

AVEIA E MEL:
potencial produto cosmético
in natura para o clareamento de manchas nas axilas

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI - UNIVALI
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA E COSMETOLOGIA E ESTÉTICA - UNIDADE ILHA

.

Identificar substâncias químicas presentes na aveia e no mel,
que possibilitem o clareamento em axilas escurecidas em decorrência
de depilações e irritações por produtos cosméticos e de higiene.
Mudanças culturais
Exposição do corpo
Depilação
Manchas indesejadas
INTRODUÇÃO
(GONÇALVES, 2012)
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
(RIBEIRO,2010)
MELANÓCITOS

Representam cerca de 5% a 10% das células da epiderme.
O número de melanócitos não varia de indivíduo para indivíduo.

A cor da pele é dada pelo tamanho e quantidade de melanossomas.

Produz melanina.
(NICOLETTI et.al., 2002; RIBEIRO, 2010; GAWKRODGER, 2002; GOMES e DAMAZIO, 2009)


Aumento desordenado da melanina

Produção em excesso dos melanócitos existentes

Aumento de melanócitos ativos no local.
Hiperpigmentação cutânea
Hiperpigmentação pós-inflamatória:

Aparece após o restabelecimento de uma agressão à pele, tais como queimaduras ou processos inflamatórios.

Citocinas são liberadas no processo inflamatório e estimulam a melanogênese .
Discromias
(NICOLETTI, 2002; RIBEIRO, 2010)
Agentes clareadores como hidroquinona
Retinóides e esteróides tópicos
Quimioesfoliação
Laser e luz intensa pulsada
Matérias-primas de origem vegetal ou animal

TRATAMENTOS CONVENCIONAIS
(DIOSTI, 2012).
Aveia (Avena sativa)
(SUR et al; 2008)

Mel (Apis Extract)
( BOGDANOV et al. 2008;HOLLIS, 2007; MOLAN, 1999)
OBJETIVO
Descrição : 3 voluntárias , entre 18 a 25 anos,fototipos III,IV,V.

Problemas: Hiperpigmentação inflamatória na área da axila

Causas: Depilação seguida de inflamação , e aumento da melanina local.

Tempo: 3 vezes por semana durante 4 semanas.
ESTUDO DE CASO :
Métodos de aplicação :

Uma mistura de 5ml de mel com 5g de aveia

Sabonete neutro (higienização local)

Será realizada a aplicação da mistura com movimentos circulares durante 5 minutos para esfoliação do local.

Será deixada a mistura nas axilas por mais 25 minutos.

Retirada da mistura ( com torundas de algodão e gases em água)

Aplicação de protetor solar.
Enzima glicose oxidase.

Os polifenóis são antioxidantes.

A natureza higroscópica reduz a inflamação.

O mel possui em média 181 componentes.

REFERÊNCIAS :


ALCHORNE, Mauricio Mota de Avelar; ABREU, Marilda Aparecida Milanez Morgado de. Dermatologia na pele negra. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S036505962008000100002&script=sci_arttext&tlng=en. >. Acesso em: 09 mar. 2013.
ANDERSON, Linnea M.P.H. el. al. Nutrição. 17 ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1988.

ANDERSON, Linnea M.P.H. el. al. Nutrição. 17 ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1988.

BOGDANOV, Stefan, JURENDIC, Tomislav, SIEBER, Robert, GALLMANN, Peter. Honey for Nutrition and Health: A Review. Journal of the American College of Nutrition, Vol. 27, No. 6. Págs: 677–689, 2008.

CHAVES, Nélson. Nutrição: básica e aplicada. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan S. A. 1978.

DIOSTI, Giseli de Mattos. et . al. Avaliação clínica e histológica de pacientes com melasma refratário tratadas com laser de érbio: Yag fracionado 114. Surgical & Cosmetic Dermatology (edição em inglês)
Vol.4, n.2 abril-junho de 2012. Disponivel em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&q=cache:EH1CSzwE8WYJ:www.surgicalcosmetic.org.br/download_file.aspx%3FTargetFile%3Dv04%255C4_n2_196_pt.pdf+Clinical+and+histological+evaluation+of+patients+with+refractory+melasma+treated+with+erbium+diosti&hl=pt-PT&pid=bl&srcid=ADGEESgOzOExwYgurkj0hTkv3o_OrGjJDHE2XWkQmXwp0L_efG3fQieFyHG70uopLLp7hifcaLy66gYq5cnFrGLKRr94Lnw8rRm9OREYD-g_1cUy2fpIP6SvDWCk72JgbK0vPAK2Jmux&sig=AHIEtbSVreNELoOhiBvACLIQ_JTxsXMgzQ>. Acesso em: 19 mar. 2013

EVANS, R. L.; MARRIOTT, R. E.; HARKER, M. Axillary skin: biology and care. International Journal of Cosmetic Science. Vol 34. 2012. Pág.: 389–395.

FAGUNDES , Flavia Cristina et. al.Tratamento de Estetica Facial para Envelhecimento Cutaneo com Componentes in natura ,
Trabalho acadêmico (graduação) - Universidade do Vale do Itajaí. Balneário Camboriú. 2012.

GASPERI, Patrícia de; RADUNS, Vera; GHIORZI, Ângela Rosa. A dieta ayurvédica e a consulta de enfermagem: uma proposta de cuidado. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csc/v13n2/a25v13n2.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2013

GAWKRODGER, David. J. , Princípios Básicos. Dermatologia: um texto ilustrado em cores. 2. ed. Rio de Janeiro : Editora Guanabara Koogan S.A., 2002 . Cap. 1, P 3 - 4.




OBRIGADA!
Fototipos :
PELE MORENA E NEGRA
Classificação de Fitzpatrick

Fototipos III, IV, V

Grande parte dos distúrbios vistos na pele negra é de
origem pigmentar.
(SAMPAIO e CARDOSO, 2013; ALCHORNE e ABREU, 2008)
(RIBEIRO, 2010)
FONTE :Google imagens
.
FONTE :Google imagens.
FONTE :Google imagens.
FONTE :Google imagens.
FONTE :Google imagens.
FONTE :Google imagens.
REFERÊNCIAS


GOMES, Rosaline Kelly; DAMAZIO, Marlene Gabriel. Tipos de Cosméticos. Cosmetologia: descomplicando os princípios ativos. 3. ed. São Paulo: Livraria Medica Paulista Editora, 2009.

GONÇALVES ,Fabio . Rio de Janeiro tem o dia mais quente da história. 2012. Disponível em : <http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/rio-de-janeiro-tem-o-dia-mais-quente-da-historia> . Acesso em : 05 Jan. 2013.

HOLLIS, Georgie. Honey and modern wound management. 2007. Disponível em: <http://www.dechra.co.uk/Files/dechra/Downloads/woundcare/modern-wound-management.pdf>. Acesso em: 31 jun. 2013.

KEDE, Maria Paulina Villarejo; BRITZ, Milene.Discromias em pele negra . In: KEDE, Maria Paulina Villarejo; SABATOVICH, Oleg (Orgs.). Dermatologia estética. São Paulo: Atheneu, 2004. cap. 8, p. 275.


MARTI, V. P. J., et al. Effect of shaving on axillary stratum corneum. Int. J. Cosmet. Sci. v.25. p.193–198, 2003. Disponível em: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18494901>. Acesso em: 20 jun. 2013.

MOLAN, P.C. The role of honey in the management of wounds. Journal of Wound Care September, VOL 8, NO 8, 1999. Pag: 415-418.

NICOLETTI, Maria Aparecida. et al. Hipercromia s: Aspectos gerais e uso de despigmentantes cutâneos . Cosmetics e Toiletries (edição em português) vol. 14, p.46-51 maio-jun. 2002. Disponivel em: <http://www.cosmeticsonline.com.br/2011/edicoes-anteriores/detalhes-revista/37#>. Acesso em : 05 jan. 2013.

ORNELLAS, Lieselotte Hoeschl. A alimentação através dos tempos. 4. ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 2008.

RIBEIRO, Cláudio de Jesus. Cosmetologia Aplicada a Dermoestética. 2. Ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2010.
SAMPAIO, Raimunda Nonata Ribeiro; CARDOSO, Nathalie de Abreu. Câncer de pele no distrito federal: resultado da campanha de 1999. Disponível em: <http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/cd26/fulltexts/0713.pdf>, Acesso em: 21 mar. 2013.

SAMPAIO, Raimunda Nonata Ribeiro; CARDOSO, Nathalie de Abreu. Câncer de pele no distrito federal: resultado da campanha de 1999. Disponível em: <http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/cd26/fulltexts/0713.pdf>, Acesso em: 21 mar. 2013.

SUR, Runa et al. Avenanthramides, polifenóis de aveia, apresentam atividade anti-inflamatória e anti-coceira. Disponível em: <http://link.springer.com/content/pdf/10.1007%2Fs00403-008-0858-x.pdf > Acesso em: 10 mar. 2013.

PAZYAR, Nader , YAGHOOBI, Reza; KAZEROUNI,  Afshin; FEILY Amir. Oatmeal in dermatology: A brief review. Indian Journal of Dermatology, Veneorology and Leprology. Vol. 78. Ed. 02. 2012. Pág.: 142-145.

TURNER, G.A. et al. Impact of shaving and anti-perspirant use on the axillary vault. International Journal of Cosmetic Science. ed. 29. 2007. Pág.:31–38.

WATKINSON, A. et al. Reduced barrier efficiency in axillary stratum corneum. Int. J. Cosmet. Sci. v.25. p.193–198, 2003. Disponível em: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18498507>. Acesso em: 20 jun. 2013.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
MEDICINA ALTERNATIVA

Ayurveda (medicina tradicional indiana) afirma que:

“Você só deveria por sobre a pele as coisas que poria na boca, ou seja, alimentos”.

O alimento que nutre com seus nutrientes o corpo, também é capaz de amenizar ou curar enfermidades externas deste .


(FAGUNDES e EUGENIO, 2012; GASPERI, RADENS e GHIORZI, 2013; ANDERSON, 1988)
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
METODOLOGIA
Estudo Qualitativo

Tipo exploratório
Levantamento
Bibliográfico
Depilação, o uso de agentes de limpeza e desodorante provoca:
Remove estrato córneo.

Remoção de lipídios e proteínas do estrato córneo.

Estrato córneo (espessamento).

Irritação devido a danos físicos (cortes).

Levam à irritação, coceira e eritema.

(SAMPAIO e CARDOSO,2013).
Conclusão


Propõe-se uma pesquisa clínica para verificar se a aplicação de uma mistura de aveia e mel é realmente eficiente para o tratamento de hipercromias na região da axila.
Agradecimento
Sensibilidade da pele negra

Peles de fototipos altos apresentam maior sensibilidade

Durante tratamentos há grande frequência de fotossensibilização

Tratamentos convencionais podem provocar distúrbios de pigmentação


Fonte :http://ferla.com.br/a-ferla/o-grao-de-aveia/
Fototipos
Classificação de Fitzpatrick

Fototipo III (menos clara, algumas vezes queima e sempre bronzeia)

Fototipo IV (morena clara, raramente queima, sempre bronzeia)

Fototipo V (morena escura, nunca queima, sempre bronzeia),



(SAMPAIO e CARDOSO, 2013)
Introdução

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Mel (Apis extract)
Mel que servia como alimento e bebida na pré-história.

As abelhas foram o primeiro animal selvagem domesticado pelo homem.

O mel é utilizado há mais de 2.000 anos para tratar feridas.


(GOMES e DAMAZIO,2009;CHAVES,1978;ORNELLAS, 2008)
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
É nativa da Europa Mediterrânea.

A aveia é usada ​​para cuidar da pele desde os antigos tempos romanos.

A aveia foi usada durante anos para aliviar coceira e irritação .




Aveia(Avena sativa)

(GOMES e DAMAZIO, 2009; PAZYAR, 2012)

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
(KEDE e BRITZ, 2004)
(TURNER, 2007; EVANS, 2012; MARTI et al., 2003; WATKINSON et al., 2003)


Produzida a partir da enzima tirosinase

Da cor à pele

Proteje da radiação UV


(NICOLETTI, 2002; RIBEIRO, 2010)
Fonte:http://www.brasilescola.com/biologia/a-cor-pele-na-especie-humana.htm
Fonte: http://www.homebrewtalk.com/f39/i-saw-weirdest-thing-today-brewing-baking-flour-204641/index2.html
Avenanthramides


Fonte: http://structures.wishartlab.com/molecules/PE000534/image.png
(GOMES E DAMAZIO, 2009; PAZYAR, 2012; SUR et al., 2008)

Melanina
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Fonte : google imagens
Fonte:google imagens
Conclusão
Liberam citocinas
pró-inflamatórias
Depilação
Desodorantes
Agentes de limpeza
Citocinas estimulam a melanogênese
Conclusão
Anti-inflamatórios
Cicatrizante
Antioxidante
Anti-irritante

Aveia
Mel
fonte: http://julianasuher.blogspot.com.br/2013/01/fototipo-da-pele-coloracao.html
Agradecemos todas as dificuldades que enfrentamos; não fosse por elas, nós não teriams saído do lugar.
As facilidades nos impedem de caminhar.
Mesmo as críticas nos auxiliam muito.
fonte:Evans, 2012.
AVEIA
Também encontramos na aveia: albumina, aminoácidos, carboidratos, lípidios, pró-vitamina A, vit. do complexo B, E e K, minerais, oligoelementos, amido e beta-glucan.


Também encontramos na aveia: albumina, aminoácidos, carboidratos, lípidios, pró-vitamina A, vit. do complexo B, E e K, minerais, oligoelementos, amido e beta-glucan.
Aveia
Propriedades: é emoliente, sedativa, anti-irritante natural, inclusive nas lesões causadas pela radiação UV (solar).
A aveia também pode inibir a liberação de citocinas pró-inflamatórias e histamina.
Agradecimento :
Primeiramente a Deus

A nossa Orientadora : Marcela Carolina Machado

A Coordenadora do curso : Juliana Cristina Gallas

Aos familiares e amigos pela colaboração
(GOMES E DAMAZIO, 2009)
FUNTAMENTAÇÃO TEÓRICA
MEL
Ácidos aspártico e glutâmico, ácidos graxos palmíticos e oléicos, aminoácidos , carboidratos (frutose, glicose, maltose), carboidratos complexos, lipídios, proteínas, vitamina A, Complexo B, C, D, F (ácido linoleico) e K, minerais, boro, cobre, enxofre, ferro, fósforo, magnésio.

Propriedades: bactericida, germicida, amaciante, condicionador da pele, emoliente, hidratante, remineralizante, restaurador, suavizante, e tonificante.
(GOMES e DAMAZIO, 2009; HOLLIS, 2007; MOLAN, 1999)
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Academicas: Carlise Heck
Marieli da Rosa Souza
Orientadora :Marcela Carolina Machado


AVEIA E MEL: potencial produto cosmético in natura para o clareamento de manchas nas axilas
Full transcript