Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Tomada de consciência dos mecanismos da linguagem e atividad

No description
by

Sara Gonçalves

on 9 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Tomada de consciência dos mecanismos da linguagem e atividad

Capacidade das crianças em formular um juízo sobre o valor informativo de uma mensagem;
Juízos de adequação das mensagens referencais
Atualmente....
Consquistas tão pobres em situações experimentais constratam - se com a facilidade com que testemunhas as conversações;


Demasiado tempo a discutir com os adultos;
Aquisição da Linguagem
Por que as crianças mais pequenas nao conseguem detetar ambiguidades?
Medo das crianças perante um experimentador adulto;
Asher - falta de atividades de comparação dos diferentes referentes com aqueles que se referem a nós mesmos;
Tomada de consciência dos mecanismos da linguagem e atividades metalinguisticas
Rondal
Eficácia do individuo na conversação (Trabalhos de Glucksberg, Kreuss e Weisberg)

ULTIMAMENTE têm se dedicado as reações das crianças as mensagens ambiguas
(Irosnith e Whitehurst;
Estes autores abordam as reações das crianças dos 6 - 12 sobre mensagens ambiguas;
Valor informativo das mensagens
Inadequação de uma mensagem;
Robinson - obeservação da criança apartir de um jogo de comunicação;
Esta técnica é designada por
"Quem está errado?"
Bredart - a partir dos 8 anos eram capazes de destacar a falta de relação entre
MENSAGEM - CONTEXTO;


Markman - desde os 8 anos, conseguem perceber quem é o seu interlocutor;
Conversações Espontâneas
Wellman e Lempers
línguas com sistemas morfológicos ricos
Devido a estas dificuldades os estudos recorrem a critérios
Critérios baseados na generalidade :
- Alguns autores:
Generalidade da marca morfológica
Generalidade da estrutura sintática
- Lopez - Ornato:
O mesmo morfema pode ter realizações diferentes
Implica o uso de mais uma variante morfológica sobre o mesmo lexema
Erros e Inconsistencias
Os erros que as crianças produzem no seu período de gramatização são tradicionalmente escasos;
Alguns autores pensam que esses erros são pontuais;
Outros pensam que esses erros nao são frequentes mas sim sistematizados;
Erros
Erros de Omissão
Quando as crianças omitem um constituinte ou uma forma gramatical
Erros de Comissão
Em que as crianças trocam uma forma gramatical por outra incorreta
Erros de Comissão -
Erros de sobre regularização
Envolvem uma aplicação de palavras gramaticais ou estruturas que não estão incluidas são, portanto, irregulares
Erros de Omissão
Erros de Comissão
Erros de sobre regularizações
A designação de comportamento
ajuda a criança a precisar e a identificar os referentes;
O que é a Metalinguagem?
(meta- + linguagem)

Linguagem que fala da própria linguagem (Ideia de Reflexão sobre si)
Voltada para si mesma (Jakobson, 1974)
Estuda a Linguagem como objeto de análise

Ex: texto que comenta outro texto, dicionário, etc.

Atividades Metalinguísticas
Atividades Reflexivas
da criança

Efetuadas conscientemente pelo sujeito
Habilidades de reflexão e autocontrole

Empregabilidade num
determinado contexto

Funções
Aspetos distintos da Linguagem

Estrutura

Atividades
Metalinguísticas

Atividades de ajuste do discurso à idade do interlocutor

Adequação referencial das mensagens

Autocorreção das produções verbais

Utilização do Humor Linguístico
e Comportamentos verbais metafóricos

Ajuste do discurso à idade do
interlocutor
A priori…
O ajuste do discurso ao interlocutor aparece relativamente tarde na criança. (entre os 10 e 12 anos
Segundo Piaget, “A linguagem da criança pequena não responde a uma verdadeira função social interpessoal.”

No entanto…
A partir dos anos 70, foi possível provar
que os ajustes do discurso são possíveis na criança a partir dos 4 anos.

Ajuste do discurso à idade do
interlocutor
Experiência…
A criança (4-5 anos) tem de explicar o
funcionamento de um brinquedo tanto a
crianças de 1 e 2 anos, como a adultos.
Resultado:
Com as crianças de 1 e 2 anos A “Rita”
utiliza simplificadores no seu discurso:
Frases mais curtas
Menos frases coordenadas e subordinadas
Produção verbal menos elevada
Expressões destinadas a captar a
atenção do ouvinte.

Ajuste do discurso à idade do
interlocutor
Crianças de 10 a 12 anos

No discurso com as
crianças mais pequenas

Falam mais alto
Valorizam mais a entoação
Falam mais devagar
Fazem mais pausas
Fazem perguntas para comprovar
a compreensão (Estás a perceber?)
Empregam o discurso direto


Ajuste do discurso
(fatores)

Idade
Nivel Linguístico
Ex: crianças com algum tipo de atraso mental

No entanto......
As crianças não têm
Consciencia explicita
da sua adaptação ao discurso do interlocutor
Não fazem uma
Reflexão
sobre a maneira que vão adaptar o seu discurso.

Em síntese....
“Os mecanismos de ajuste ao interlocutor ao nível da produção comunicativa
adquirem-se a partir dos 4 anos. Em contrapartida, a tomada de consciência das modificações feitas no discurso é realizada mais tarde e com uma cronologia diferente, entre os 8 e os 12 anos, segundo os componentes do sistema Linguístico”

Explicação da Aquisição da Linguagem
Enfoque teorico em 2 dimensões:
- Base inata
- Base cognitiva Geral
Autocorreções
Reacção concreta aos erros e às imprecisões que aparecem no discurso. Desde cedo que alguns autores notaram a existência de correcções do próprio discurso em crianças dos 2 aos 6 anos aproximadamente.
Autocorreções de erros fonéticos é mais frequente em crianças mais novas
Autocorrecções léxicas e sintácticas aparecem com a idade, sendo estas as mais tardias a aparecer.
É difícil dizer se as autocorrecções são completamente espontâneas, pode haver intervenção do interlocutor na indução verbal.

Humor linguístico nas
crianças
Violação de regras linguísticas, que em conversa provocam um efeito cómico.
Podem ocorrer em 3 niveis:
Violação das regra fonológicas e modificações silábicas das palavras;
Violação das regras semânticas;
Violação de regras sintáticas;

Sobre regularizações

Erros de sobre regularizações, são comuns durante a aquisição da linguagem, principalmente na produção de formas verbais.
Ex: Sobre regularização da primeira pessoa do singular do presente do indicativo;
Sobre regularização do artigo a partir da terminação do nome;

Comportamentos verbais metafóricos
3 Estádios:

Estádio da compreensão mágica
Estádio da compreensão metonímica
Estádio da compreensão metafórica

Estádio da Compreensão Mágica (3-5 anos)
As crianças interpretam a metáfora literalmente.

“Por ter trabalhado muitos anos na prisão, o guarda tornou-se
numa rocha dura”

O rei tem uma pena mágica e transformou o guarda em rocha

"O odor do perfume da minha mãe é um raio de sol”

O perfume era feito de raios de sol

Estádio da Compreensão Metonímica
As palavras que compõem a frase têm um sentido literal, mas sem afetar a realidade.
(«guarda» e «rocha») («perfume» e »raio de sol»)

“Por ter trabalhado muitos anos na prisão, o guarda tornou-se numa rocha dura”

O guarda sentou-se muitas vezes numa rocha dura.

“O odor do perfume da minha mãe é um raio de sol”

Quando a mãe saía com sol, punha perfume.

Estádio da Compreensão metafórica
Dividido em 2 subestádios:

Compreensão Metafórica Primitiva
A partir dos 6/8 anos de idade
A criança centra-se sobre uma característica menor do primeiro nome («guarda») e interpreta o segundo nome («rocha») num sentido literal.

Interpretação:
“O guarda tinha os músculos duros”
“O perfume era amarelo como a luz do sol”

Compreensão Metafórica propriamente dita
Entre os 10 e os 14 anos
A criança centra-se sobre uma característica essencial do primeiro término e apreende o segundo término no seu significado secundário.
Interpretação:
“Por trabalhar muito tempo na prisão, o guarda era sombrio e não se interessava pelos sentimentos dos prisioneiros”
“O perfume tinha um aroma maravilhoso”


Sobre regularizaçao do passado verbal em inglês
As crianças estendem o uso de
padrões regulares em palavras irregulares, sobrerregularizando-os

Alguns autores (Bowerman e Slobin) consideram a sobrerregularização como um paradigma do desenvolvimento da linguagem.

Conclusão
(Atividades Metalinguísticas)
O maior problema que se deteta no estudo da Metalinguagem da Criança é a clareza das Atividades Metalinguisticas

Uma mensagem, semanticamente adequada, fora do contexto exige uma maior reflexão explicita de qual o ajuste do discurso tendo em conta o nível linguístico do interlocutor

Full transcript