Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

POP ART

No description
by

HELBERT LUIZ CASTRO SILVA

on 19 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of POP ART

Principais Artistas
Just what is it that makes today's homes so different, so appealing??
(1956)
Signos (1965)
Características
The Last Supper (1984)
Principais Artistas
Robert Rauschenberg II (1964)
Marilin (1967)
Principais Artistas
Triple Elvis (1963)
Just What is it that Makes Today's Homes so Different, so Appealing? (1992)
Pop Art é um movimento artístico do pós guerra, emergido entre as décadas de 1950 e 1960.

Recebeu esse nome pelo artista Lawrence Alloway (crítico de arte inglês , educador, curador do museu e historiador de arte)
Inicio do Pop Art
A obra mais famosa de Richard Hamilton é
“O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes?”

(Just what is it that makes today's homes so different, so appealing??)

Era composta por colagens retiradas de revistas de grande circulação. Nesta obra um casal se exibe com (e como) os atraentes objetos da vida moderna: no meio de televisão, aspirador de pó, produtos de embalagens chamativas, etc.

Os anúncios eram retirados de seu contexto original e transportados para a obra de arte, porém, guardando a memória de seu local de origem. Esta foi considerada uma das primeiras obras do Pop Art.
Richard Hamilton
Tinha influências do dadaísmo de Marcel Duchamp.
Um dos objetivos do movimento era chamar a atenção do grande público ao se inspirar por elementos que não eram reconhecidos como arte.
História Pop Art
O movimento nasceu na Inglaterra, tendo como precursor o Independent Group, mas se popularizou nos Estados Unidos.
IndependentGroup foi um grupo de artistas ingleses, fundado em 1952 no Institute of Contemporary Arts (Londres) e tinha como objetivo repensar a arte moderna e reproduzi-la de modo que esta atingisse grande parte da população (a grande massa).
Os artistas usavam materiais como gesso, tinta acrílica, poliéster, látex, produtos com cores intensas, fluorescentes, brilhantes e vibrantes.

Removiam as imagens de seu contexto original, a isolavam ou a uniam com outros tipos de materiais, de acordo com seu propósito artístico.
Baseava-se no reprocessamento das imagens populares e de consumo;
Fazia uma crítica irônica à produção capitalista em massa, utilizando-se de signos massificados da indústria e do consumo (embalagens industrializadas, produtos descartáveis, quadrinhos, fast-food, fotografia, ídolos populares, etc...) como base para suas criações.
Era uma arte figurativa, em oposição ao expressionismo abstrato que dominava a cena estética desde o final da Segunda Guerra;
Marcel Duchamp - Dadaísmo
Richard Hamilton
Richard Hamilton, considerado o “pai” da Pop Art, define Pop Art como:

“Popular, transitória, consumível, de baixo custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, chamativa, glamourosa e um grande negócio".
Richard Hamilton 1922 - 2011
Nascido em Londres, designer, ilustrador e organizador de exposições, Richard Hamilton foi considerado o “pai” da Pop Art e definiu as imagens que servem como base para o movimento.
Costumava retratar o cotidiano em suas obras.
Richard Hamilton
Richard Hamilton
Interior (1964-5)
Richard Hamilton
Self-portrait (1990)
The critic laughs (1971)
Richard Hamilton
Andy Warhol - 1928 – 1987
Figura mais conhecida do Pop Art. Era filho de imigrantes da Eslováquia, estudou arte e começou sua carreira trabalhando basicamente com anúncios publicitários, fazendo ilustrações.
Andy Warhol
Se tornou conhecido no fim dos anos 50 quando começou a retratar ídolos populares em seus trabalhos.
Mostrou sua concepção da produção mecânica da imagem em substituição ao trabalho manual numa série de retratos de ídolos da música pop e do cinema como Elvis Presley e Marilyn Monroe. Da mesma forma e usando técnica de serigrafia, destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o consumo, como garrafas de Coca-Cola e as latas de sopa Campbell.
Entretanto tal movimento não tem nada a ver com uma arte produzida pelas camadas populares ou com as noções folcloristas de arte. O “pop art” enquanto movimento abraça as diversas manifestações da cultura de massa, da cultura feita para as multidões e produzida pelos grandes veículos de comunicação.
Bottles of Coca-Cola (1962)
Andy Warhol
Andy Warhol
Andy Warhol
Andy Warhol
Robert Rauschenberg
Andy Warhol
Outras Obras
Mick Jagger (1975)
Brillo Boxes (1964)
Disco: The Velvet Underground (1965)
Mao (1972)
Andy Warhol
Andy Warhol também foi financiador e mentor intelectual da banda The Velvet Underground.
Cinema
Livros
A Novel

The Philosophy of Andy Warhol

Popism: The Warhol Sixties

The Andy Warhol Diaries
"Eles sempre dizem que o tempo mudará as coisas mas na verdade é você mesmo que terá que mudá-las"

"No futuro todos serão famosos por 15 minutos"

"Eu sou uma pessoa profundamente superficial'
Frases Famosas
Também foi o fundador da revista
Interview.
Produziu 44 filmes, entre eles.:
The Chelsea Girl (1966)
Robert Rauschenberg (1925 - 2008)
Robert Rauschenberg nasceu nos Estados Unidos e foi um dos pioneiros em pelo menos três procedimentos definidores da arte pop:
O uso do dia a dia como matéria-prima, a referência a imagens produzidas em larga escala pela indústria cultural e a incorporação da palavra ao repertório das artes plásticas. Rauschenberg fez também pinturas, fotografias e performances, sem necessariamente respeitar as fronteiras entre cada uma das técnicas. Foi um dos primeiros a explorar a ideia de que arte e vida não deveriam andar tão separadas. Suas combine paintings (algo como "pinturas combinadas"), como chamou os trabalhos, usavam produtos encontrados por ele ao acaso, de garrafas de Coca-Cola a pássaros empalhados. A partir de 1962, ele explorou ainda a técnica de serigrafia para imprimir fotos em grandes telas. Em 1964, depois de ganhar o prêmio de pintura da Bienal de Veneza, Rauschenberg já era um nome consagrado nas mais fechadas rodas internacionais.
Robert Rauschenberg
Robert Rauschenberg
Odalisca (1955)
Monograma (1955)
Robert Rauschenberg
Outras Obras
Roy Lichtenstein (1923 – 1997)
Principais Artistas
Roy Lichtenstein nasceu em Nova York, serviu na Segunda Guerra Mundial, estudou Belas Artes e ganhou a vida como desenhista, decorador e professor de arte, tendo lecionado em 4 universidades até sua carreira de pintor deslanchar.
Na sua obra, procurou valorizar os clichês das histórias em quadradinhos como forma de arte, colocando-se dentro de um movimento que tentou criticar a cultura de massa. Executou murais imensos como a Sereia do Theatre of Performing Arts em Miami e Blue Brushstrokes, no Equitable Building, New York. Roy também fez esculturas no período 1967-1968, como a que enfeita a praça em Barcelona (“Cara de Barcelona”) nos dias de hoje. Reproduzia à mão, com fidelidade, os, cores brilhantes (principalmente amarelo, vermelho e azul) e traços negros bem delineados, o que produzia procedimentos gráficos. Usava técnica pontilhista um intenso impacto visual. O resultado é a combinação de arte comercial e abstração.
Roy Lichtenstein
Roy Lichtenstein
No Carro
Roy Lichtenstein
Crying Girl
The Red Horseman
Roy Lichtenstein
Drowning Girl
Look Mickey
Outras Obras
Blue Brushstrokes
Roy Lichtenstein
Cara de Barcelona
Influências do Pop Art na Atualidade
Moda
Influência do Pop Art na atualidade
Decoração
Helbert
Ana Paula
Sâmela
Dani
Drika
Peter Blake (1932)
Principais Artistas
Claes Oldenburg (1929)
Soup can (196)
Referência Bibliografica
https://sites.google.com/a/passaic-city.k12.nj.us/art/art-history/andy-warhol
http://www.lauranehr.com/blog/claes-oldenburg-escultor-pop-gostava-de-objetos-banais-e-gigantes
http://culturatanamoda.wordpress.com/2011/07/20/claes-oldenburg/
Youtube
Wikipédia
Brasil Escola (http://www.brasilescola.com/artes/pop-art.htm)
SuaPesquisa.com (http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/pop_art.htm)
Enciclopédia Itaú Cultural (http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=367)
Design Lovrs (http://www.designlovrs.com.br/2009/07/o-principe-da-pop-art-andy-warhol-pop-art-2/)
Full transcript