Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais

Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais
by

Marcos Macri

on 18 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais

Administração de Recursos
Materiais e Patrimoniais
Marcos Macri
Administrador e Mestre em Engenharia de Produção
Ementa da Disciplina:
macri.ccjs@gmail.com
ou
marcos_macri@hotmail.com
Contato:
Fundamentos de administração de materiais. Objetivos da Gestão de Estoques. Métodos de Previsão de Demanda. Custos Associados ao Estoque. Níveis de Estoque. Técnicas para Determinação de Estoques de Segurança. Ponto de Pedido. Classificação ABC. Lote econômico (LEC/LEP). Custos Associados ao LEC. Compras com Desconto e LEC. Administração de Compras. Sistema de Gerenciamento de Materiais.
Objetivo da Disciplina
e
Planejamento das aulas
Método de Avaliação
Provas subjetivas com peso 7 nas 1a e 2a unidades.
Atividades de sala de aula com peso 3.
Seminário com peso 5 na 3a unidade.
Artigo científico com peso 5 na 3a unidade.
Regras das Atividades:
Deverão ser entregues, na máximo, na aula seguinte.
Entregues com atraso valerão menos: 75% (1 aula de atraso), 50% (2 aulas de atraso) e 25% (3 aulas de atraso).
Todas as atividades serão corrigidas e, quando necessário, refeitas pelos alunos.
Uma planilha será disponibilizada, semanalmente, mostrando o desempenho dos alunos, em relação aos exercícios.
A responsabilidade pela impressão ou cópia das atividades será dos alunos. O material será disponibilizado com, no mínimo, 24 horas de antecedência na Copiadora ou por e-mail, em casos excepcionais.
Material de Estudo:
Base conceitual: cópias dos livros (copiadora).

Fórmulas: material de aula.

Exemplos, atividades e listas de exercícios.
Cópia em PDF por e-mail
ou
link para apresentação
http://prezi.com/nwizrd3cucs0/curso-gestao-estrategica/
Ponto de Partida:
Contexto estratégico da AMP
Qual a palavra-chave que define o sucesso de uma empresa?
Competitividade
Estratégia
Competências
Conclusão:
A AMP é uma das competências que condicionam a competitividade de uma empresa privada.
Administração de Materiais
Objetivo principal de uma empresa: maximizar o retorno do capital investido.
Estoques: parte do capital investido que funciona como um lubrificante, de modo a permitir um bom funcionamento da relação produção/vendas.
A otimização dos estoques permite que o capital investido seja minimizado.
Desafio: reduzir estoques sem comprometer a produção ou as vendas.
Administração de Materiais
Atividade que planeja, executa e controla, nas condições mais eficientes e econômicas, o fluxo de material, partindo das especificações dos artigos a comprar até a entrega do produto terminado ao cliente.
Estoque - Noções Elementares
Estoques são recursos materiais (bens físicos) mantidos pelas empresas, de forma improdutiva, entre as fases do processo de transformação por determinado período de tempo.
Exemplo: mercadorias nas prateleiras ou no depósito de um supermercado; peças de reposição de máquinas e equipamentos; sapatos prontos no EPA; bolsas de sangue e medicamentos de um hospital.
Os estoques existem porque existe um lapso ou diferença de ritmo entre fornecimento e demanda.

Os estoques tem a função de amortecer as influências e as interferências que possam acontecer no fluxo produtivo.
Função dos Estoques
Garantir a independência entre as etapas produtivas;
Permitir uma produção constante (sazonalidade);
Possibilitar o uso de lotes “econômicos”;
Reduzir os lead times produtivos;
Como fator de segurança;
Para obter vantagens de preço.
Tipos de Estoque
Estoques de matéria-prima: regulam as taxas de suprimento dos fornecedores externos e do consumo no processo de transformação;

Estoques de material em processo (WIP – work in progress): regulam as taxas de suprimento dos fornecedores externos e do consumo no processo de transformação;

Estoques de produtos acabados: regulam a diferença entre a taxa de produção do processo de transformação e a demanda do mercado;

Estoques de materiais auxiliares: regulam o processo produtivo que não se agrega fisicamente ao produto, mas, são imprescindíveis ao seu funcionamento.
Problemas Inerentes à AMP
Como pedir?
Quanto pedir?
Quando pedir?
Que volume de estoque deve ser mantido?
Quais produtos são mais importantes?
Qual a melhor política para a gestão de estoques?
Qual a melhor relação com os fornecedores?
Quanto de capital impactado posso manter?
Objetivos da Função de Estoques
1
2
Realizar o efeito lubrificante na relação produção/vendas
Aumentos repentinos no consumo são absorvidos pelos estoques, até que o ritmo de produção seja ajustado para suprir o consumo maior.

Sem estoques, ou com níveis de estoques baixos, um aumento rápido do consumo pode não ser atendido plenamente.
Minimizar o capital investido
Capital investido exige retorno, e os estoques, por si só, não geram retorno.

Uma gestão eficiente de estoques aumenta o retorno da empresa como um todo, pela diminuição do capital investido nos mesmos.
Conflitos
Finanças
Compras
Produção
Vendas
Conflitos Departamentais Sobre Estoques
Funções da Gestão de Estoques
Determinar “o que” deve permanecer em estoque: número de itens.

Determinar “quando” se devem reabastecer os estoques: periodicidade.

Determinar “quanto” de estoque será necessário para um período predeterminado: quantidade.

Acionar o departamento de compras para executar aquisição de estoque: Solicitação de Compras.
Funções da Gestão de Estoques
Receber e armazenar os materiais de acordo com as necessidades.

Controlar os estoques em termos de quantidade e valor: fornecer informações sobre a posição do estoque.

Manter inventários periódicos para avaliação das quantidades e estados dos materiais estocados.

Identificar e retirar do estoque os itens obsoletos e danificados.
Previsão de Demanda
Formas de Evolução do Consumo:
Métodos de Cálculo de Previsão de Demanda
Método da MÉDIA MÓVEL
Consiste em considerar como previsão de consumo para um período a média dos consumos realizados em um determinado número de períodos precedentes:
Exemplo: faça uma previsão de demanda para 2010, baseada nos seguintes dados:

2006 = 120
2007 = 106
2008 = 110
2009 = 124
Métodos de Cálculo de Previsão de Demanda
Método da MÉDIA MÓVEL PONDERADA
Consumos nos períodos mais recentes recebem peso maior.
Exemplo: faça uma previsão de demanda para o consumo de notebooks de uma loja de informática, para o mês de junho:

Fevreiro = 64 Março = 79
Abril = 81 Maio = 86
Métodos de Cálculo de Previsão de Demanda
Método dos MÍNIMOS QUADRADOS
(Análise de Regressão Linear)
Exemplo: Determine a previsão de demanda de carros de uma concessionária em 2010:

2005 = 108
2006 = 119
2007 = 110
2008 = 122
2009 = 130
Previsão de Demanda - Atividade 1
(individual ou dupla)
Calcule a previsão de demanda para o ano de 2009, utilizando:

- Método da média móvel.
- Método da média móvel ponderada (escolha os pesos).
- Método dos mínimos quadrados.

Dados: 2003 = 98; 2004 = 98; 2005 = 109; 2006 = 125; 2007 = 131; 2008 = 132.
O método

serve
?

Para concluir sobre a utilidade do método de previsão de demanda, é necessário verificar se existe correlação entre as variáveis.
Coeficiente de Correlação (r)
Tipos de Correlação
Com quais

variáveis

eu posso tentar correlacionar a

demanda
?

Tempo:
dias, semanas, quinzenas, meses, anos...
Quantidade de
comerciais
Preço
do
produto
Quantidade de
vendedores
Conclusão:
O gestor deve correlacionar a demanda com o maior número possível de variáveis.

A variável que apresente a maior correlação (r) será a que melhor prevê a demanda do produto.
Exemplo:
Exercício
1.2
(máximo:
duplas
)
Observem os seguintes dados:
Concluam:
A variável preço pode ser utilizada para prever a demanda do produto?

Calculem a previsão de demanda, caso o preço utilizado seja R$ 5,50.

Sabendo que o custo unitário variável é de R$ 2,10 e que o custo fixo é de R$ 8000,00 verifique quais dos seguintes preços proporciona o maior lucro: (a) 5,2 (b) 5,25 (c) 5,30 (d) 5,35 (e) 5,40.
Coeficiente de Correlação (r)
Tipos de Correlação
Full transcript