Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TABELAS DE MERGULHO

AULA CEP MERGULHO
by

gliceu grossi

on 19 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TABELAS DE MERGULHO

2. Achando o GR,
após o segundo mergulho,
o que preciso considerar de intervalo para um terceiro mergulho na mesma profundidade?
Tabelas de Mergulho
[1Sgt PM Grossi - SOp/12GB]

Como decifrá-las, sem mistérios
Como entender as terríveis tabelas de mergulho
Em 1908 a Marinha Real Inglesa (Royal Navy),

preocupada em diminuir os problemas de descompressão em seus mergulhadores,

publicou três jogos de tabelas de tempo e profundidade, adaptadas para sua necessidade.

Seus idealizadores foram John Scott Haldane, Arthur E. Boycott e Guybon C. Damant.

A maioria das tabelas de mergulho e computadores em uso atualmente, são baseados nos conceitos iniciados por Haldane e desenvolvidos pelos pesquisadores que se seguiram.

São as seguintes as tabelas de descompressão para mergulhos a ar:

1. Tabela Padrão de Descompressão a Ar – TPD;
2. Tabela de Limite Sem Descompressão – TLSD;
3. Tabela de Tempo de Nitrogênio Residual – TNR;
4. Tabela de Descompressão na Superfície, usando Oxigênio;
5. Tabela de Descompressão na Superfície, usando Ar.
Conhecendo as Tabelas
Conceito chave - sequência de uso das Tabelas:
> Limites sem descompressão
> Padrão Descompressão
> Intervalo de Superfície
> Nitrogênio Residual
> profundidade > pressão > absorção Nitrogênio
Tabela de Limite Sem Descompressão

Permite mergulhos
sem paradas para descompressão
; fornece a letra designativa do grupo sucessivo.
É a tabela recomendada para ser utilizada nas operações de mergulho feitas com equipamento autônomo pelo Corpo de Bombeiros.

Argumentos de entrada:
- Profundidade próxima maior
- Tempo de fundo próximo maior.

- Exemplo:
Quando planejo um mergulho em que a profundidade e o tempo não encontro na tabela, uso a profundidade e o tempo maior do que está no meu palnejamento.

Mergulho Planejado:
Profundidade 19 metros e tempo de mergulho de 42 minutos, uso na tabela a profundidade de 21 metros e tempo de 45 minutos, consequentemente meu Grupo repetitivo será "I".

Dados obtidos:
- Máximo tempo de fundo sem descompressão para a profundidade desejada;
- Letra do grupo sucessivo para os próximos mergulhos sem descompressão.

Velocidade de subida:
- 18m/min – (60 pés/min) ou 1pé/segundo.

Tabela de Tempo de Nitrogênio Residual

Permite o cálculo e determinação do

TNR
(Tempo de Nitrogênio Residual)

em mergulhos sucessivos.

Fornece os grupos sucessivos para intervalos de superfície
maiores que 10 minutos e menores que 12 horas.



Segunda etapa: Argumentos de entrada

- Novo grupo sucessivo;
- Profundidade do novo mergulho.
(Pode ser que a quantidade de Nitrogênio acumulada não permita o mergulho desejado, assim opto pela profundidade menor à desejada)

Dados obtidos
- Tempo de nitrogênio residual a ser somado ao tempo
de fundo do próximo mergulho.

A idéia desta aula é que os alunos sigam os slides com o Roteiro de apoio em mãos, o que facilitará os exercícios em conjunto com o Instrutor.
Calcule dois mergulhos de 25 metros utilizando a TPD,
considerando um TTF de 25% a mais
que o Limite não descompressivo indicado.
Mantenha a sequência:

> Planeje seu mergulho [profundidade e tempo de fundo],
> Exemplo: Mergulho de 20 metros/20 minutos;
> 1. Use a TLSD [Tabela de Limite sem descompressão] (excepcionalmente, a TPD);
> 2. Use a TIS (Tabela de Intervlo de Superfície);
> 3. Use a TNR (Tabela de Nirogênio Residual);
> 4. Some o seu Nitrogênio Residual para o próximo mergulho.

Vamos fazer exercícios simples para aplicarmos o que aprendemos.

5. Agora vamos aprender a calcular o Intervalo m'nimo de superfície, que é primordial para o Planejamento das Operações de Mergulho.





Na quinta - feira à noite subo o Roteiro com os Perfis desenhados e tutorial para auxiliar a entender melhor as tabelas...
1.
Mergulho de 20 metros por 45 minutos,
qual o grupo repetitivo e qual o intervlo ideal de superfície para repetir o mesmo mergulho
3. Calcule 03 mergulhos para serem realizados num período de 06 horas, com profundidade entre 15 e 20 metros.
Tabela Padrão de Descompressão a Ar:

Permite a
descompressão na água;
apresenta esquemas para tempos normais e excepcionais de exposição
(tempos de fundo exagerados),
sendo também usada para
calcular a descompressão dos mergulhos sucessivos.

Argumentos de entrada:
- Profundidade –
a próxima maior existente na tabela;
- Tempo de fundo –
o próximo maior existente na tabela.

Dados obtidos:
-
Profundidade das paradas
para descompressão;
- Tempo
para chegar na
primeira parada;
- Tempo em
cada parada;
-
Letra
designativa do
grupo sucessivo.

Velocidade de subida:
- 18m/min - (60pés/min) ou 1 pé/segundo.
[Consequências/Efeitos no Organismo]
profundidade
profundidade
primeira parada
primeira parada
profundidades
letra designativa
Tabela Padrão de Descompressão a AR
Utilizada, principalmente, em mergulhos que permanecemos no fundo além do LND (Limite Não Descompressivo). quando fazemos este tipo de mergulho e utilizamos esta tabela,
"voltamos" do mergulho fazendo a descompressão nas paradas pré-estabelecidas.

Ao chegarmos na superfície,
consideramos a letra designativa (GR - Grupo Repetitivo)
que nos dá a referência para somatória do nitrogenio residual a ser acrescido no próximo mergulho. Dai o termo mergulho repetitivo.

Nos megulhos realizados pelo CB,
dificilmente utilizaremos esta tabela porque realizamos o "Mergulho de Perfil Quadrado" (É o mergulho que faço dentro dos Limites Não Descompressivos),
conforme veremos a seguir.

A importância desta tabela é a
utilização em casos de emergênia ou em mergulhos em que extrapolamos o Tempo Total de Fundo - Além do recomendado pela Tabela de Limites Não Descompressivos,
e durante a subida já fazemos a descompressão. Considerando sempre a necessidade de ar para esta descompressão.
segunda parada
Tempo Total até a primeira parada
Tempo Total de fundo
Tempo Total de descompressão
Prestar atenção na quantidade de paradas, tempo nas paradas e quantidade de ar necessária que possibilite a permanência nesta "etapa" do mergulho
Tabela de Limite Sem Descompressão
(Não descompressivos)

Tabela de Nitrogênio Residual [TNR]
(Nitrogênio acumulado do mergulho anterior, que
mesmo com Intervalo de superfície,

ainda está acumulado em nosso corpo.)

Os valores,
entre a profundidade e o Grupo Repetitivo do Mergulho Anterior
, serão considerados para elaboração do próximo mergulho. Mais ã frente veremos exemplos práticos disto, basta que no momento o Mergulhador saiba o porquê destes conceitos.
Após achar o Grupo Repetitivo, devo verificar o intervalo de superfície, antes do segundo mergulho.
Tabela de Intervalo de Superfície
(Após o GR do Primeiro Mergulho)

É a letra que encontramos após o mergulho efetuado
É a letra que encontramos após o intervalo de superfície
Observe que quanto
maior meu GR
,
após o mergulho
, maior a
necessidade de intervalo para eliminar Nitrogêno

para o próximo mergulho
Tabela de Tempo de Intervalo de Superfície para cálculo de Nitrogênio Residual

Permite o cálculo e determinação do

TNR
(Tempo de Nitrogênio Residual)

em mergulhos sucessivos.

Fornece os grupos sucessivos para intervalos de superfície
maiores que 10 minutos e menores que 12 horas.


Primeira Etapa: Argumentos de entrada
-
Grupo sucessivo
do mergulho
anterior;
- Intervalo de superfície.


Dados obtidos
- Novo grupo sucessivo.



A importância do perfil quadrado,
mergulhos subsequentes mais rasos e com tempos de fundo menores que o anterior,
para eliminação de Nitrogênio e um bom planejamento de mergulho.
É primordial qua saibamos
considerar a eliminação de Nitrogênio, após o intervalo de superfície,
no Planejamento de Mergulho.
Full transcript