Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Design

Alexandra Gomes, Eva Freitas, Libânia e Rafael Andrade
by

Libânia Andrade

on 7 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Design

Alexandra Gomes nº1 Eva Freitas nº5
Libânia Andrade nº15
Rafael Andrade nº24 DESIGN Introdução Design é a idealização, elaboração, criação e a reprodução de objetos ou pinturas. No início - Paleolítico Na Pré-História o homem comunicava através de desenhos feitos na paredes das cavernas. Paleolítico Instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados.
Instrumentos de marfim, ossos, madeira e pedra: machado, arco e flecha, lançador de dardos, anzol e linha. Vida e fertilidade Neolítico Instrumentos de pedra polida, enxada e tear;
Artesanato: cerâmica e tecidos;
Construções de pedra. Necessidade destes instrumentos Facilitar as tarefas diárias A tecelagem e a ornamentação de tecidos é uma arte muito antiga, porém, devido aos materiais utilizados, muito difícil de ser conservada. Antiguidade Período greco-romano Iniciou-se no século I ou II d.C., com motivos pagãos e cores diversas, únicas ou não. Além de cenas mitológicas, eram feitas representações de animais, árvores, frutas e caça. Durante os séculos V e VI d.C., fica evidente certa deterioração dos têxteis. Os motivos pagãos prevalecem, mas entram em cena os primeiros motivos cristãos, como a cruz egípcia, o monograma de Cristo e as letras Alfa e Omega. Período de transição A partir do século VI d.C., quando os motivos pagãos são substituídos pelos cristãos. Surgem episódios da Bíblia, imagens de santos, inscrições em copto.
A partir deste mesmo século também teve início o trabalho na seda e a aplicação de estampados com o uso de uma técnica similar ao batique. Período copto O Livro de Kells é um exemplo da excelência do design de manuscritos medievais. É um manuscrito dos Evangelhos do Novo Testamento, ilustrado com desenhos ornamentais. O design na Idade Média refere-se à comunicação visual desenvolvida no período entre a desintegração do Império Romano do Ocidente. Idade Média Idade moderna O grande marco do design na idade moderna é a impressão da Bíblia de Gutenberg (1455), a primeira grande revolução na comunicação em massa. O final deste período foi a Revolução Industrial, abrindo caminho para design moderno. Entre os séculos IV e VII d.C., eram cortadas letras em blocos de madeira para imprimir em tecidos e mais tarde, textos budistas. Surgimento da imprensa No século V, começaram a produzir-se pergaminhos mais longos e livros através de impressoras de tipos móveis, sendo então estes disponibilizados com maior facilidade. Por volta de 1450, Johannes Gutenberg aperfeiçoou a impressora de tipos móveis. Substituiu o uso de madeira para as letras por chumbo fundido, sendo estas mais duradouras e resistentes. Começou a usar o papel em vez do pergaminho, tornando-se assim os livros mais baratos e mais fáceis de adquirir na Europa. Aldus Manutius desenvolveu a estrutura do livro impresso, que acabaria por se tornar a fundação ocidental do design de publicação. Essa era do design é chamada de Era Humanista. Com as mudanças na forma de produção durante a Revolução Indústrial, cada vez mais se foi necessário que houvesse alguém responsável pela concepção dos objetos industriais. Essa figura seria conhecida como o designer e, mais tarde, designer de produto. Design moderno Surge uma nova corrente de artistas gráficos para contestar e se opor à conceção do modernismo. O novo movimento ganhou o nome de pós-modernismo, cujo foco era a desestabilização da ordem em favor da anarquia, do caos, da emoção. A mistura de elementos de todos os tipos e épocas é permitida e incentivada. A geometrização das formas e as grids de composição eram, para esses artistas, um símbolo de repressão e banalização visual. Pós-modernismo FIM Imagem 1 Imagem 2 Imagem 3 Imagem 4 Imagem 5 Imagem 6 Imagem 7 Imagem 8 Imagem 9 Imagem 10 Imagem 11 Imagem 12 Imagem 13 Imagem 14 Imagem 15 Imagem 16 Imagem 17 Imagem 18 Imagem 19 Imagem 20 Imagem 21 Imagem 22 Imagem 23 Imagem 24 Imagem 25 Imagem 26 Imagem 27 Imagem 28 Imagem 29 Imagem 30 Imagem 31 Imagem 32 Imagem 33 Imagem 34 Imagem 35 Imagem 36 Imagem 37 Imagem 38 Imagem 39 Imagem 40 Imagem 41 Imagem 42 Imagem 43 Imagem 44 Imagem 45 Imagem 46
Full transcript