Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Crimes na internet

No description
by

Erick Galvao

on 19 August 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Crimes na internet

CRIM S N@ INTERNET BULLING CIBERBULLING PEDOFILIA Bullying é um termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (bully ou “Valentão”) ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo. O que é Bullying? No uso coloquial entre falantes de língua inglesa, bullying é freqüentemente usado para descrever uma forma de assédio interpretado por alguém que está, de alguma forma, em condições de exercer o poder sobre alguém ou um grupo mais fraco Tipos de assédio escolar pelo PROFESSOR
Intimidar o aluno em voz alta rebaixando-o perante a classe e ofendendo sua auto-estima. Uma forma mais cruel e severa é manipular a classe contra um único aluno o expondo a humilhação ;
Assumir um critério mais rigoroso na correção de provas com o aluno e não com os demais;
Tortura física, mais comuns em crianças pequenas CASOS REAIS DE BULLING UMA HISTÓRIA QUE IMPACTOU CRIANÇAS CORRENDO... SANGRANDO...
GRITANDO...
UM HOMEM...
13 VÍTIMAS...
12 FERIDOS...

POR QUAL MOTIVO? Wellington Menezes de Oliveira, que também morreu, era ex-estudante da Escola Municipal Tasso da Silveira, no bairro de Realengo-RJ Mais qual foi o real motivo? Cyberbullying - é uma prática que envolve o uso de tecnologias de informação e comunicação para dar apoio a comportamentos deliberados, repetidos e hostis praticados por um indivíduo ou grupo com a intenção de prejudicar outrem. O cyberbullying tem sido definido como "quando a Internet, telefones celulares ou outros dispositivos são utilizados para enviar textos ou imagens com a intenção de ferir ou constranger outra pessoa.". É indiscutível que a internet revolucionou os meios de comunicação, trazendo benefícios e tecnologia para o mundo. Hoje, o uso do computador é de caráter transnacional e universal. Entretanto, com esta revolução informacional, simultaneamente vieram os denominados "crimes virtuais" na web. Um de maior covardia é a pedofilia Em primeiro lugar, aprenda mais sobre a Internet.
Dedique tempo para navegar com seu filho.
Ensine seus filhos a fazerem um uso responsável dos recursos online.
Fale às crianças sobre a pedofilia, explique que há homens e mulheres mal-intencionados na Internet. Dicas para evitar a pedofilia via Internet Use os recursos que seu provedor de acesso puser ao seu dispor para bloquear o acesso a todo e qualquer site ou conteúdo que considere inapropriado para o seu filho. Você também pode utilizar programas de filtragem de conteúdo que estão disponíveis na Internet.
A comunicação é fundamental. Mais do que qualquer programa ou filtro, a conversa sincera entre pais e filhos ainda é a melhor arma para enfrentar os perigos da pedofilia - e muitos outros. O cyberbullying, via Web, pode ser considerado tão prejudicial quanto o bullying "tradicional", podendo, inclusive, levar, em casos extremos, ao suicídio.
Mas independente do gênero do bully, seu objetivo é intencionalmente envergonhar, perseguir ou fazer ameaças on-line para os outros. Estatisticas Até 1995 - 15.000 vírus conhecidos;
Até 1999 - 20.500 vírus conhecidos;
Até 2000 - 49.000 vírus conhecidos;
Até 2001 - 58.000 vírus conhecidos;
Até 2005 - Aproximadamente 75.000 vírus conhecidos;
Até 2007 - Aproximadamente 200.000 vírus conhecidos;
Até Novembro de 2008 - Mais de 530.000 vírus conhecidos.
Até Março de 2010 - Mais de 630.000 vírus conhecidos. O número de fraudes na internet cresceu 6.513% no País entre 2004 e 2009. Número de decisões judiciais envolvendo crimes eletrônicos saltou de 400, em 2002, para mais de 17 mil, revela Superior Tribunal de Justiça. Kevin Mitnick cometeu os primeiros delitos em 1990. Invadiu vários computadores, como de operadora de celulares, de empresas de tecnologia e provedores de internet. Foi preso em 1995 e libertado em 2000 após pagar uma fiança de U$64.000.000. Ficou três anos em liberdade condicional, sem poder conectar-se à internet. Hoje trabalha como consultor de segurança na Web.

Sua história começa na adolescência em Los Angeles, durante os anos 70, quando invadiu o computador da sua escola e alterou algumas notas. Pouco tempo depois, passou a interessar-se pela pirataria de sistemas telefônicos. Para isso, chegou a invadir as instalações da Pacific Bell para furtar manuais técnicos. Entretanto, como ele tinha apenas 17 anos, acabou não sendo condenado. O que são crimes Virtuais ? Crimes virtuais são os delitos praticados através da internet que podem ser enquadrados no Código Penal Brasileiro e os infratores estão sujeitos às penas previstas na Lei Tipos de Crimes Virtuais Phishing - É quando informações particulares ou sigilosas (como número do CPF, da conta bancária e senha de acesso) são capturadas para depois serem usadas em roubo ou fraude. Em inglês, pronuncia-se “fíchin” – leia a história em quadrinhos “inSeguro” Ameaça – É crime escrever ou mostrar uma imagem que ameace alguém, avisando que a pessoa será vítima de algum mal ainda que seja em tom de piada ou brincadeira. Mesmo se isso é feito de maneira anônima, é possível para a polícia e para o provedor descobrir quem foi o autor da ameaça. Estelionato – Ocorre quando o criminoso engana a vítima para conseguir uma vantagem financeira. Pode acontecer em sites de leilões, por exemplo, se o vendedor enganar o comprador recebendo o dinheiro da transação sem entregar a mercadoria – leia a história em quadrinhos Pirataria – É copiar ou reproduzir músicas, livros e outras criações artísticas sem autorização do autor. Também é pirataria usar softwares que são vendidos pelas empresas, mas o usuário instalou sem pagar por eles. A pirataria é um grande problema para quem produz CDs, filmes, livros e softwares. Na área de informática, aproximadamente 41% dos softwares instalados em todo o mundo em 2009 foram conseguidos ilegalmente Difamação, injúria e calúnia – São crimes contra a honra. Podem ocorrer nas redes sociais, por exemplo, se alguém divulgar informações falsas que prejudiquem a reputação de outra pessoa, ofendam a dignidade do outro ou maldosamente acusem alguém de criminoso, desonesto ou perigoso LEGI Corporation apresenta: Lucas Almeida Erick Lima Genilson Ferreira e Italo Frois L.E.G.I Corporation O caso de Brasil

Brasil, é um exemplo de País considerado como a referência mundial em crimes cometidos via internet. As estatísticas revelam que o Brasil é o País com o maior número de hackers especialista no mundo.

Segundo dados divulgados pelo Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br), a evolução dos crimes virtuais causados por ataques (invasões, scan, fraude, ataques a servidores web e Denial of Service) aumentaram progressivamente de 3107 no ano 1999 para 75722 no ano 2004 e, diminuíram bastante para 28133 no ano 2006 como mostra a figura a seguir: Este gráfico não inclui os dados referentes a worms.

Legenda:

dos (DoS -- Denial of Service): notificações de ataques de negação de serviço, onde o atacante utiliza um computador ou um conjunto de computadores para tirar de operação um serviço, computador ou rede.
invasão: um ataque bem sucedido que resulte no acesso não autorizado a um computador ou rede.
web: um caso particular de ataque visando especificamente o comprometimento de servidores Web ou desfigurações de páginas na Internet.
scan: notificações de varreduras em redes de computadores, com o intuito de identificar quais computadores estão ativos e quais serviços estão sendo disponibilizados por eles. É amplamente utilizado por atacantes para identificar potenciais alvos, pois permite associar possíveis vulnerabilidades aos serviços habilitados em um computador.
fraude: segundo Houaiss, é "qualquer ato ardiloso, enganoso, de má-fé, com intuito de lesar ou ludibriar outrem, ou de não cumprir determinado dever; logro". Esta categoria engloba as notificações de tentativas de fraudes, ou seja, de incidentes em que ocorre uma tentativa de obter vantagem.
outros: notificações de incidentes que não se enquadram nas categorias anteriores.

Obs.: Vale lembrar que não se deve confundir scan com scam. Scams (com "m") são quaisquer esquemas para enganar um usuário, geralmente, com finalidade de obter vantagens financeiras. Ataques deste tipo são enquadrados na categoria fraude.
Full transcript