Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Peixes Ósseos

Projeto de biologia sobre peixes ósseos.
by

Juliana Vianna

on 10 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Peixes Ósseos

Relação com o homem:
Classe Osteichthyes
Ancestralidade
Esqueleto:
Sistemas
Espécie Bandeira:
Plano Corpóreo Básico
Peixes Ósseos
Por Juliana Vianna, Marcela Monteiro, Matheus Dias, Pedro Conesa e Pedro Morais - 2ºB
Grupo de vertebrados mais numeroso e diversificado - 27.000 espécies existentes atualmente.
Formam grupo parafilético, e portanto não possuem apomorfias.
Ocupam ambientes marinhos e dulcícolas.
Vivem em famílias, cardumes ou solitários.
Podem ocupar diversos níveis tróficos.
Peixes ósseos no cladograma:
Tendência de união das nadadeiras:
Tipos de nadadeiras caudais (dificerca e homocerca):
Bexiga Natatória:
Órgão hidrostático.
Regula densidade do corpo de acordo com profundidade.
Confere estabilidade de flutuação.
Comunica-se com faringe e com sistema circulatório.
Surgiu dos pulmões primitivos e dará origem aos pulmões atuais.
Característica especial do grupo dos Peixes Ósseos.
Sistema Tegumentar:
Sistema Respiratório
Sistema Circulatório:
Circulação fechada e simples.
Um único coração ventral, composto por um átrio e um ventrículo.
Hemácias possuem hemoglobina em seu interior.
Pescilotérmicos.
Sistema Digestório:
Trato digestório completo.
Digestão intra e extracelular.
Hábitos alimentares variados --> ocupam diversos níveis tróficos.
Boca anterior.
Dentes cônicos e fixos na mandíbula.
Ausência de cloaca.
Sistema Reprodutor:
Fecundação externa.
Ovíparos --> desenvolvimento indireto
Larvas chamadas de Alevinos.
Minoria apresenta cuidado parental.
Escamas recobertas por epiderme.
Produção de muco para diminuir atrito.
3 tipos: ctenóides, ciclóides e ganóides.
Marcas de anéis de crescimento.
Respiração branquial
Branquias protegidas por opérculo (característica especial do grupo dos Peixes Ósseos)
Mecanismo de Contra-corrente
Esqueleto ósseo
Composto por coluna vertebral, crânio e raios das barbatanas.
Grande número de vértebras permite maior flexibilidade e curvamento lateral.
Corpo fuseforme: mais alto do que largo e com corte oval.
Sistema Excretor:
Formado por rins mesonéfricos.
Excretam amônia.
Regula a quantidade de água no corpo.
Sistema Nervoso e Sistema Sensorial:
Encéfalo distinto.
Olhos grandes, laterais e sem pálpebras.
Ouvidos: função de equilíbrio.
Narinas: percepção apurada de odores.
Linha lateral: células ciliadas capazes de perceber a movimentação da água.
Dúvidas sobre a real extinção da espécie;
Estratégias de conservação: reflorestamento das margens do rio Iguaçu e proibição de introdução de espécies exóticas;
Principais ameaças: construção de hidrelétricas, alterações dos ecossistemas originais e poluição da água.
Lambari
Enguias e Moreias
Cavalo Marinho
Casos Bizarros:
Blobfish (peixe gota)
Tamboril
Peixe Lua
Peixes Cartilaginosos
Peixes Ósseos
Escamas placóides de origem epidérmica.
Diferentes tipos de escamas de origem dérmica.
4 tipos de nadadeiras.
5 tipos de nadadeiras.
Circulação fechada e simples.
Circulação fechada e simples.
Respiração branquial.
Respiração branquial (com presença de opérculo) ou pulmonar.
Sistema excretor formado por rins mesonéfricos.
Sistema excretor formado por rins mesonéfricos.
Sistema digestório terminado em cloaca.
Sistema digestório terminado em ânus.
Presença de linha lateral.
Presença de linha lateral.
Flutuabilidade regulada por fígado de óleo.
Flutuabilidade regulada por bexiga natatória.
Fecundação interna e desenvolvimento direto.
Fecundação externa e desenvolvimento indireto.
Full transcript