Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Identidade Cultural na Pós-Modernidade

No description
by

maria vitrio

on 3 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Identidade Cultural na Pós-Modernidade

A identidade em questão
As culturas nacionais como comunidades imaginadas
Image by Tom Mooring
A Identidade Cultural na Pós-Modernidade
Globalização

Identidade Nacional
• A sua importância para o homem, no mundo moderno.
“A idéia de um homem (sic) sem uma nação parece impor urna (grande) tensão à imaginação moderna. Um homem deve ter uma nacionalidade, assim como deve ter um nariz e duas orelhas. Tudo isso parece óbvio, embora, sinto, não seja verdade. Mas que isso viesse a parecer tão obviamente verdadeiro é, de fato, um aspecto, talvez o mais central, do problema do nacionalismo. Ter uma nação não é um atributo inerente da humanidade, mas aparece, agora, como tal.” (Gellner, 1983, p. 6)
• Identidades formadas a partir de representações
• Comunidade imaginada
• Como é imaginada a nação moderna?
- Narrativas da nação

- Ênfase nas origens, na continuidade,
na tradição e na intemporalidade;

- Invenção da tradição;

- Mito fundacional [Ex: Mito do Rei Arthur]

- Povo/folk puro.

Ernest Renan disse que três coisas constituem o princípio espiritual da unidade de uma nação:
- as memórias do passado;
- o desejo por viver em conjunto;
- a perpetuação da herança.

Timothy Brennan e as concepções de nação:
Moderno estado-nação + antiga condição de pertencimento.

Não importa o quão diferente as pessoas sejam, a sua identidade cultural é unificada pela cultura nacional.

“Mas seria a identidade nacional uma identidade unificadora desse tipo, uma identidade que anula e subordina a diferença cultural?” (Stuart Hall, p.59).


A cultura nacional como estrutura de poder:
- a formação de uma nação unificada por conquistas violentas e pela supressão do diferente. A imposição da cultura dos conquistadores aos conquistados;
- diferentes classes sociais, grupos étnicos e gêneros;
- algumas nações ocidentais modernas foram centros de impérios ou de grande influência, exercendo uma hegemonia cultural sobre os colonizados.

“Em vez de pensar as culturasnacionais como unificadas, deveríamos pensá-las como constituindo um dispositivo discursivo que representa a diferença como unidade ou identidade.” (Stuart Hall, p.61 e 62).
“As nações modernas são, todas híbridos culturais.” (Stuart Hall, p.62).

Tentam unificar a identidade nacional pela:
- etnia (termo referente às características culturais), contraposta por sua diversidade em uma mesma nação;
- raça, contraposta por sua categoria discursiva e não por sua categoria biológica.




Influência da globalização na sociedade e nas identidades nacionais
Identidades
“ A globalização implica um movimento de distanciamento da ideia
sociológica clássica da sociedade como um sistema bem delimitado e sua substituição por uma perspectiva que se concentra na forma como a vida social está ordenada ao longo do tempo e do espaço”
(Giddens,1990, p.64.) PAGINA 68

Três possíveis consequências:
- As identidades nacionais estão se desintegrando, como resultado do
crescimento da homogenização cultural e do pós-moderno global;
- As identidades nacionais e outras identidades “locais” ou particularistas
estão sendo reforçadas pela resistência á globalização;
- As identidades nacionais estão em declínio, mas novas identidades –
híbridas – estão tomando o seu lugar (Stuart Hall, p.69).

Compressão Espaço-Tempo
• “…que os eventos em um determinado lugar têm um impacto imediato sobre pessoas e lugares situados a uma grande distância.” (Stuart Hall, p. 69)
• "Todo meio de representação deve traduzir seu objeto em dimensões espaciais e temporais” (Stuart Hall, p. 70)
• “Destruição do espaço através do tempo.” (Harvey, 1989, p. 205)
GLOBALIZAÇÃO CAPITALISMO


Consumismo

“Os fluxos culturais, entre as nações, e o consumismo global criam possibilidades de “Identidades partilhadas” – como “consumidores” para os mesmos bens, “clientes” para os mesmos serviços, “públicos” para as mesmas mensagens e imagens – entre pessoas que estão bastante distantes umas das outras no espaço e no tempo. ”

Homogeneização cultural


American Oxygen

Concepções de Identidade
Sujeito do ILUMINISMO
Sujeito SOCIOLÓGICO
Sujeito PÓS-MODERNO
O Caráter da Mudança na Modernidade Tardia
O que está em jogo na questão das identidades?
Tipos de FEMINISMO:

Radicais;
Interseccionais;
Misandricas;
Liberais.
Amanda Oliveira
Beatriz Barbosa
Carolina Rizardi
Gabriel Antunes
Gabrielly de Melo
Isabella Giopato
Larissa Fernandes
Maria Gabriela
Rafaella Amorim
Verônica Righetti
Full transcript