Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Desenvolvimento Embrionário

Trabalho de Biologia
by

João Moreira

on 17 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Desenvolvimento Embrionário

Fecundação: o início
Fase embrionária
O desenvolvimento embrionário que ocorre ao longo de nove meses e é dividido: em fases embrionária fetal.
Após a fecundação, inicia-se a embriogénse, que termina no parto.
Inicia-se pela divisão do zigoto para formar a mórula.
Neste estádio, o embrião move-se lentamente pela Trompa de Falópio.
Ao chegar ao útero, a mórula é constituida, geralmente, por 48 células.
No bastocisto, identificam-se duas estruturas principais:
- Botão Embrionário
- Trofoblasto
O processo de fixação do blastocisto ao endométrio uterino denomina-se de Nidação e ocorre entre o sexto e sétimo dia após a fecundação.
Ao longo do desenvolvimento embrionário, ocorrem três processos:
Crescimento
Crescimento
Morfogénese
Diferenciação Celular
Mesoderme
Ectoderme
Endoderme
Fase fetal
Os anexos embrionários são estruturas externas ao embrião e permitem a fixação e nutrição deste.
Parto
A fase fetal segue-se à fase embrionária e corresponde ao período entre a nona semana e o parto. Na fase fetal ocorre o desenvolvimento e maturação dos orgãos e um crescimento rápido do feto.
Com aproximação do final do último trimestre de gestação a complexa interação de hormonas induz ao parto.
Fases do parto
- Dilatação do colo do útero
- Expulsão da criança
- Expulsão da placenta e anexos embrionários

Fatores hormonais que contribuem para o parto
Hipófise
+
Oxitocina
Útero
+
Prostaglandinas
Estrogénio
Aumento do número de recetores celulares uterinos para a oxitocina
Relaxina
+
+
+
Contrações uterinas
Acção reduzida da progesterona
Amolecimento cervical
+
+
+
Após a descoberta da célula sexual masculina, os microscopistas imaginavam que haviam homens diminutos, os animálculos enrolados dentro de cada espermatozoide.
História do desenvolvimento embrionário
Amamentção
Existem diversas teorias para explicar o desenvolvimento embrionário, tais como:
- Teoria da preformação






Animaculistas e Ovitas
-Anton van Leeuwenhoek (cientista)

-Louis Hamm (cientista)
Por outro lado, existia outra corrente que baseava-se num desenvolvimento do novo ser por etapas que era defendida por:

- William Harvey (médico)



- Pierre de Maupertius (astrónomo)


Perspetiva evolutiva
Comparando embriões de diversas espécies, observamos uma grande semelhança nos primeiros estágios do desenvolvimento embrionário.

Essa semelhança é prolongada durante a fase embrionária, contudo nas etapas seguintes as diferenças vão-se acentuado.
Controlo Hormonal da Gestação e da Gravidez
Não ocorre um novo ciclo ovárico
-
Estrogénio
Elevados teores de hCG
Estimula o corpo lúteo a produzir
Inibe o complexo hipotálamo-hipófise de produzir
Progesterona
FSH
LH
OXITOCINA
PROLACTINA
Os anexos embrionários são órgãos ou tecidos que asseguram a vida do embrião e dos quais este se desembaraça, em geral, quando nasce.


Existe um grande número de órgãos transitórios nos invertebrados e nos vertebrados, variando entre as espécies.
Full transcript