Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Teoria do Conhecimento

No description
by

Anthony Jefferson

on 23 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Teoria do Conhecimento

Conceito rápido...
A teoria do Conhecimento

Epstemologia
A epistemologia é o ramo da filosofia que estuda a origem, a estrutura, os métodos e a validade do conhecimento, motivo pelo qual ela também é conhecida por filosofia do conhecimento. Ela se debruça sobre a questão da possibilidade do conhecimento, isto é, se o ser humano chegará algum dia a atingir o conhecimento total e genuíno.
Empirismo...
Racionalismo...
Analizando os tipos...
Divisão do conhecimento segundo Trujillo
Conhecimento Filosófico
O conhecimento filosófico direciona para a reflexão e conduz à elaboração de princípios e valores universais. O conhecimento filosófico, resultado da reflexão filosófica, julga criticamente os valores vigentes (em um período qualquer) e propõe outros, portanto ele pode ser delimitado em determinados tempo e espaço, pode ser situado dentro de limites historicamente definidos.
Analizando os tipos...
Conhecimento Religioso
O conhecimento religioso é baseado na fé, na crença em algo superior, divino. Provém das revelações dos mistérios ocultos ou do sobrenatural, interpretados como mensagens ou manifestações divinas. Ele apresenta respostas para questões que o ser humano não consegue responder com os demais tipos de conhecimento.
Analizandos os Tipos...
Conhecimento Popular
O conhecimento popular, também conhecido como conhecimento do senso comum, é considerado prático, pois é adquirido independentemente de estudos científicos, reflexões ou aplicações de métodos.

É uma aprendizagem informal que ocorre por meio das vivências do cotidiano e das experiências vividas ou transmitidas de um indivíduo para o outro. É um conhecimento superficial sobre determinada coisa ou objeto.
A Teoria do Conhecimento
A teoria do conhecimento tem seu inicio com a seguinte pergunta: podemos ter conhecimento exato do mundo que nos cerca? Trata-se de saber se o mundo é conhecido tal qual é, ou de forma diferente do que aparenta ser. Do ponto de vista científico – gnosiologia –, o conhecimento é o reflexo e a reprodução do objeto na nossa mente. Dessa forma, do processo do conhecimento participam: os sentidos, a razão e a intuição (OLIVEIRA, 2004).
A teoria do Conhecimento... (Introdução)
O empirismo “deriva diretamente do ‘empírico’ – palavra que vem do prefixo grego en mais peiran, isto é, tentar, que, por sua vez, originou a palavra empeiria, ou experiência, que significa ‘aquilo que se experimenta com os sentidos’ atribuindo à mente somente um mero papel de assessor, pois, nessa teoria, acredita-se que tudo passa antes pelo sentido” (MAGALHÃES, 2005, p. 28).

Nossas concepções surgem dos sentidos. Ex: gosto de pera, chocolate... O trovão, o cheiro de uma flor... Ao lembrarmos-nos de um gato, traçaremos a imagem dele pelas experiências que tivemos com ele. Gostaremos se tivemos uma boa experiência, ou não, caso a experiência não tenha sido tão agradável. Traçaremos esses conceitos pelo que sentimos e vemos, tendo a razão o papel de organizar, ordenar adequadamente.
Quando nascemos não sabemos o que é uma maçã, mas formamos a ideia de maçã a partir dos sentidos. Vemos a sua cor, sentimos seu aroma, tocamos sua casca e mordemos a fruta. Cada uma dessas sensações simples nos faz ter a ideia de maçã.
Vamos familiarizar o assunto...
O racionalismo é a doutrina que afirma que a razão humana, o pensamento abstrato, é a única fonte do conhecimento. O termo vem do latim ratio = razão. Ao contrário dos empiristas, os racionalistas afirmam que os nossos sentidos nos enganam e nunca podem conduzir a um conhecimento verdadeiro, uma vez que o mundo da experiência encontra-se em contínua mudança e transformação. É como o universo, em constante mutação. Para os racionalistas, um conhecimento é verdadeiro somente quando é logicamente necessário e universalmente válido. Esse conhecimento só pode ser alcançado pela razão(OLIVEIRA, 2004).

O principal mérito do racionalismo, ao contrário do empirismo, consiste no fato de reforçar a ideia do importante papel ativo e criador da razão, do pensamento abstrato, no conhecimento da verdade e da essência das coisas.
Familirializando o assunto
Princípios da lógica

A Lógica está dependente de três princípios fundamentais: o Princípio da Identidade, o da não Contradição e o do Terceiro Excluído.

Princípio da Identidade: (A é A).

Uma coisa é o que é. O que é, é; e o que não é, não é. Esta formulação remonta a Parménides de Eleia.
Familiriazando o assunto (cont...)
Princípio da Não Contradição

Uma coisa não pode ser e não ser ao mesmo tempo, segundo uma mesmo perspectiva. Ou seja, não posso dizer, por exemplo, que "A Teresa é e não é Alcacerense". Em termos de proposições: Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa ao mesmo tempo; Uma proposição e a sua negação não podem ser simultaneamente verdadeiras; e duas proposições contraditórias não podem ser simultaneamente verdadeiras.
Matando o assunto...
Princípio do Terceiro Excluído

Uma coisa deve ser, ou então não ser; não há uma terceira possibilidade (o terceiro é excluído).

Em termos de proposições, temos os enunciados: Uma proposição é verdadeira, ou então é falsa; não há outra possibilídade; Se encararmos uma proposição e a sua negação, uma é verdadeira e o outra é falsa, não há meio termo; e de duas proposições contraditórias, se uma é verdadeira, a outra é falsa, e se uma é falsa, a outra é verdadeira, não há meio termo.
1) Gnosiologia – do grego gnosis = conhecimento; e do latim logos = ciência, estudo, tratado.

Essa área preocupa-se em estudar a essência do conhecimento, uma forma de conhecer a realidade, as origens ou fontes do conhecimento, as formas ou espécies da qual se reveste, a validade do conhecimento em geral, ou seja, a verdade, e qual o seu critério.

2) Epistemologia – do grego episteme = ciência, ou seja, estuda a validade do conhecimento científico das ciências particulares.

3) Metodologia – do grego método, meta = ao longe de: hodós: via, caminho, organização do pensamento.
Conclindo a conclusão...
Portanto, a teoria do conhecimento preocupa-se em estudar os problemas fundamentais do conhecimento e pode ser dividida em três áreas distintas:
Conhecimento pode ser definido como a apreensão do objeto pelo sujeito.
Todo conhecimento, portanto, pressupõe dois elementos – o sujeito que quer conhecer e o objeto a ser conhecido –, que se apresentam dentro de uma relação. Isso equivale a dizer que o conhecimento é o ato, o processo pelo
qual o sujeito se coloca no mundo e, com ele, estabelece uma ligação. Por outro lado, o conhecimento é possibilitado pela existência do que se oferece a um sujeito apto a conhecê-lo.
Divisão de conhecimentos através do pensamento...
"Ouvi dizer que as verduras crescem mais quando plantadas sob lua cheia..."
Exemplo de Conhecimento Popular
Exemplo de pensamento filosófico...
Analizando os tipos...
Conhecimento Cientifico
O conhecimento científico prende-se aos fatos, ou seja, tem uma referência empírica. Procura alcançar a verdade dos fatos e/ou objetos, utilizando-se de pesquisas metódicas e sistemáticas da realidade. O pesquisador classifica, compara, aplica métodos, analisa, sintetiza, extrai informações do
contexto social ou do universo e formula princípios e leis que estruturam o conhecimento universal.
Os três campos de conhecimento científico definidos teoricamente, segundo Jean Piaget, são:
• ciências empírico-formais: física, química, biologia etc.;
• ciências formais: lógica e matemática;
• ciências hermenêuticas: história, sociologia, antropologia, psicologia etc.
Construindo o conhecimento científico
A construção do conhecimento científico deve ser pautada pela definição de procedimentos metodológicos. Para que o conhecimento não seja linear, e sim espiral, faz-se necessário seguir algumas etapas:

1ª escolher o que se possa genuinamente classificar como um problema a ser resolvido;
2ª procurar e organizar os fatos que sejam mais relevantes para a solução do problema;
3ª interpretar os fatos dentro dos paradigmas vigentes, ou reformulá-los;
4ª testar a validade da solução, isto é, se ela chega a ter elementos de “verdade”;
5ª comunicar as investigações e conclusões para a comunidade e colegas;
6ª voltar o olhar para o problema no contexto do conhecimento em geral
Exemplos de conhecimento científico
A ciência é uma forma especial de conhecimento da realidade. Trata-se de um conhecimento racional, portanto reflexivo, sustentado numa lógica racional.
Pode-se afirmar que ciência é um conjunto de informações sistematicamente organizadas e comprovadamente verdadeiras a respeito de um determinado tema. Contudo, existem muitas aneiras
de pensar, organizar e comprovar os estudos, dependendo do caminho que se segue (método).
Exemplos de conhecimentos regiliosos
DÚVIDAS??????


PERGUNTAS???????
Full transcript