Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Entrevista na Educação

No description
by

Guilherme Magalhaes

on 26 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Entrevista na Educação

Cláudia Maya e Guilherme Magalhães Entrevista na Educação Passo a passo para a sua execução O QUÊ A LITERATURA NOS DIZ? "um encontro entre duas pessoas, a fim de que uma delas obtenha informações a respeito de determinado assunto, mediante uma conversação de natureza profissional." (Lakatos, 1993, p. 195-196 apud Szymanski, 2011, p. 10) MAIS LITERATURA! JAHODA, 1951 – Informação verbal em que se trata de conseguir uma série de dados sobre o comportamento observável e não observável do indivíduo entrevistado. Escolher o tipo de entrevista que será usado. Que podem ser segundo Triviños (2008):
Estruturada
Semi estruturada
Livre ou aberta 1º PASSO DE UMA ENTREVISTA "pode ser um meio do qual precisamos para obter as certezas que nos permitem avançar em nossas investigações." (Triviños, 2008, p.138) usada para considerar a participação do sujeito como um dos elementos do seu fazer cientifíco. (Triviños, 2008) "Mais usada para evidenciar, na prática, certos comportamentos que nos interessam colocar em alguma pespectiva ou convencer-nos de sua ausência." (Triviños, 2008, p.138) A diferença entre a semi-estruturada e a livre é de que a primeira exige perguntas básicas e a segunda não. 2º Passo de uma entrevista Apresentação pessoal com dados pessoais, da instituição de origem e qual o tema de sua pesquisa.
Solicitar permissão para gravar a entrevista, e assegurar o anonimato do entrevistado, o acesso às gravações e análises, e também permitir que o entrevistado faça perguntas. Nesse passo se realiza o "aquecimento" com perguntas direcionadas a informações complementares sobre o entrevistado. Estas serão usadas eventualmente para sanar algumas dúvidas do perfil dos entrevistados.
Após as informações pessoais, são feitas perguntas mais generalistas à fim de iniciar o assunto principal da entrevista. 3º Passo de uma entrevista 4º Passo de uma entrevista Nesse momento realiza-se a pergunta inicial do assunto (os autores a chamam de " desencadeadora", "norteadora", etc). Nesse momento haverá a primeira elaboração de uma resposta sobre o assunto da pesquisa.
Sugere-se elaborar mais de uma questão inicial para situações de desentendimento por parte do entrevistado. 5º Passo de uma entrevista Evidenciar o entendimento do discurso apresentado, sem com isso permitir desvios sobre o assunto abordado.
Nesse momento da entrevista é necessário capacidade de interpretação dos trechos narrativos do entrevistado para poder elaborar sínteses, questões de esclarecimento, questões focalizadoras, questões de aprofundamento. Sínteses: apresentam-se os pontos principais de um discurso.
Questões de esclarecimento: auxiliam a esclarecer o discurso, quando o mesmo apresenta-se confuso. Significativo para verificar em que momentos o discurso estava sem estrutura.
Questões focalizadoras: auxiliam a retomar o foco da entrevista, contudo, quando não existe essa retomada é necessário registrar.
Questões de aprofundamento: auxiliam a detalhar melhor o assunto no qual o entrevistado citou de forma superficial. 6º Passo de uma entrevista. A devolução trata-se de um breve resumo do entrevistador sobre a entrevista. Nesse momento, é necessário evidenciar a transcrição ou anotações e a pré-análise para conhecimento do entrevistado.
Assim, o mesmo terá a capacidade de refletir sobre o tema da entrevista. Let's do our interview! Referências Bibliográficas BELL, Judith. Projeto de pesquisa: guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. 4 edição. Porto Alegre, 2008.
FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. 3 edicao. Porto Alegre, 2009.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5 edicao. São Paulo, 2010.
SZYMANSKI, Heloisa (org.). A Entrevista na Pesquisa em Educação: a prática reflexiva. Brasília: Liber, 2004.
TRIVIÑOS, Augusto. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em Educação. Muito Obrigado! A entrevista é um dos principais métodos de coleta de dados utilizado pelos cientistas sociais e permite ao entrevistador conhecer aspectos relevantes sobre os sujeitos que não seriam revelados através de questionários.
- ex: tom de voz, expressão facial, hesitação.
Segundo Bell, sua principal característica é a adaptabilidade. Características Há um interesse crescente de cientistas sociais nesta modalidade.
Para FLICK (2009, p. 143) "este interesse está associado a expectativa de que é mais provável que os pontos de vistas dos sujeitos entrevistados sejam expressos em uma situação de entrevista com um planejamento aberto do que em uma entrevista padronizada ou em um questionário." Porque utilizar a entrevista semi-estruturada! “o guia de entrevista menciona diversas áreas de tópicos, sendo cada uma delas introduzida por uma questão aberta e concluída com uma questão confrontativa. Na entrevista, as relações formadas nessas questões servem ao propósito de tornar explícito o conhecimento implicito do interessado." 3º Passo de uma entrevista segundo Szymanski (2011) segundo Sheele e Groeben apud Flick (2009, p. 149) Em seu método utilizam de uma forma de entrevista semi-estruturada que busca reconstruir a teoria subjetiva dos entrevistado em relação a um tema. segundo Szymanski (2011) segundo Szymanski (2011) segundo Szymanski (2011) 4º Passo de uma entrevista Realizar questões abertas

Realizar questões controladas pela teoria e direcionadas para as hipóteses.

Realizar questões confrontativas que enfatizam que as alternativas devam se colocar em verdadeira oposição temática. Por isso o guia de entrevista inclui diversas versões alternativas de questões confrontativas. segundo Sheele e Groeben apud Flick (2009, p. 149)
Full transcript