Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Linguagem verbal e linguagem não verbal 6º ano/ 6ª Etapa/ 2012

No description

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Linguagem verbal e linguagem não verbal 6º ano/ 6ª Etapa/ 2012

Prof@. Dila Linguagem verbal
e não verbal O que é LINGUAGEM?



É o uso da língua como forma de expressão e comunicação entre as pessoas. Mas a linguagem não é somente um conjunto de palavras faladas ou escritas, mas também de gestos e imagens. Afinal, não nos comunicamos apenas pela fala ou escrita, não é verdade? A linguagem pode ser verbalizada. Você já tentou se pronunciar sem utilizar o verbo? Se não, tente, e verá que é impossível se ter algo fundamentado e coerente!

Vejamos... um texto narrativo, uma carta, um diálogo, uma entrevista, uma reportagem no jornal escrito ou televisionado, um bilhete, nada mais é do que LINGUAGEM VERBAL. A linguagem pode ser não verbal, ao contrário da verbal, não se utiliza das palavras para se comunicar. O objetivo, neste caso, não é de expor verbalmente o que se quer dizer ou o que se está pensando, mas se utilizar de outros meios comunicativos.

Assim, os gestos, as cores, o semáforo, o apito do juiz numa partida de futebol, o cartão vermelho, o cartão amarelo, uma dança, o aviso de “não fume” ou de “silêncio”, o bocejo, a identificação de “feminino” e “masculino” através de figuras na porta do banheiro, as placas de trânsito, o tom de voz, uma postura corporal, uma pintura, uma música, um desenho, uma mímica, uma imagem, uma escultura, é LINGUAGEM NÃO VERBAL.

A linguagem não-verbal pode ser até percebida nos animais, quando um cachorro balança a cauda quer dizer que está feliz ou coloca a cauda entre as pernas, medo e tristeza. A linguagem pode ser ainda verbal e não verbal ao mesmo tempo, como nos casos das charges, cartuns e anúncios publicitários.

Observe alguns exemplos: Charge do autor Tacho – exemplo de linguagem verbal (“óxente, polo norte 2100”) e não verbal (imagem: sol, cactus, pinguim). Placas de trânsito – à frente “proibido andar de bicicleta” Símbolo que se coloca na porta para indicar
“sanitário masculino” Imagem indicativa de “silêncio” A pintura de Tarsila de Amaral é um exemplo de linguagem não-verbal dentro da pintura. Para cada pessoa será uma mensagem. Soneto de Fidelidade
“De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
O Soneto de Fidelidade de Vinícius de Morais corresponde a um belo exemplo de linguagem verbal, através de palavras. O semáforo é um exemplo de linguagem não-verbal. Um objeto capaz de interferir na vida do ser humano de forma tão extraordinária, onde o sentido das cores comanda o trânsito. Você poderá reconhecer as linguagens (verbal, visual, audiovisual, gestual, corporal, matemática ou combinada) e verificar como elas se relacionam em situações de interação comunicativa, bem como distinguir seu uso, a fim de poder se posicionar criticamente diante delas. Não dá para esquecer a relação entre a linguagem verbal e as outras linguagens. Essa relação é encontrada em diferentes formas de expressão! Muitas são as linguagens inventadas pelo ser humano para se expressar, comunicar-se, interagir, atingir o outro, seu parceiro na situação de comunicação, de interação e de vida.
De qualquer modo, a linguagem verbal escrita e a linguagem visual, juntas, compõem um texto pleno de significação.
Full transcript