Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Hormonas Vegetais

Fisiologia Geral
by

Alberto Campos

on 18 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Hormonas Vegetais

Ácido Abscísico O que são? Auxien=crescer/aumentar Hormonas Vegetais Giberelinas Auxinas Compostos químicos produzidos
por células vegetais Atuam de modo diferencial na planta Regulam ações orgânicas como a divisão celular, frutificação, florescência Estimulam:
crescimento celular
alongamento dos caules
formação das raízes
desenvolvimento dos frutos Controlam o gravitropismo e o fototropismo
Retardam a queda de frutos e folhas Locais de síntese
Regiões Meristemáticas
Ápices Caulinares
Ápices Radiculares
Folhas
Flores
Frutos Etileno Nas plantas, produz-se seguindo um processo denominado por
Ciclo de Yang Aminoácido Metionina Locais de Sintese:
Ápice caulinar,
Gomos
Folhas
Entre-nós
Sementes Etileno 2 compostos biológicos 3 enzimas Estimulam:
Crescimento dos caulaes
Germinação das sementes
Floração (só em algumas plantas)
Desenvolvimento dos frutos Em 1926, Ewiti Kurosawa
(fungo Gibberella fugikyroi) São utilizadas comercialmente para desenvolver frutos, aumentando assim, o seu tamanho, mas o alto custo tem limitado a sua utilizaçao nos setores agrículas. Produzido em diferentes orgãos da planta: Raiz
Flores
Folha
Frutos
Caules Estímulos Circula
por Difusão Celular Fisiologia Geral
Prof.ª Ana Cadete Trabalho Realizado por:
Vasco Raposo 11098
Diogo Silva205 11205
12º BT2 Webgrafia: Inibidores Aminoetoxivinilglicina Ácido Amino-oxiacético Respostas
Fisiológicas Quebra o estado de dormência Redimensionamento de orgãos Epinastia Amadurecimento dos frutos Ascisão de frutos, folhas e flores Desenvolvimento de raizes Florescimento de flores do sexo feminino Utilidades Efeitos anastésicos Indústria Alimentar Produção de álcool etílico Processos Industriais
(Produção de plástico)
(Liquidificação de gás natural) http://fisiologiavegetal.webnode.com.br/hormonios-vegetais/ http://pt.scribd.com/doc/23873965/FISIOLOGIA-VEGETAL-Giberelinas Temperatura óptima Temperaturas baixas ou extremamente elevadas Elevada concentração de CO2 Ambiente anaeróbico Presença de giberelinas Baixas concetrações de CO2 Ataques patogénicos Presença de auxinas Presença de ácido abcísico Partenocopia Molécula
Ácido Abscísico Biosíntese Produção Raiz Folhas Caules Flores ácido indol-3-acético (IAA ou AIA) Frutos Orgaõs merismáticos Orgãos com cloroplastos Circula
através de Xilema Floema Darwin (1880) Went (1926) Estímulos Dessecação da planta Alteração da conformação do solo Processo de maturação das sementes Situação de stress ambiental Modo de ação Nível celular Nível molecular Nível genético Experiências Boysen-Jensen (1913) Paál (1919) Transporte Transporte Polar Inibe a produção de determinadas enzimas Afeta a transcrição dos genes codificantes
da enzima -secretase Metabolismo Meristemas Respostas
Fisiológicas Abcisão Dormencia de sementes Inibe alongamento celular Estimulando
a produção
de etileno Resposta ao stress ambiental Exemplos Crescimento Radicular Redução da transpiração Aumento da taxa de absorção Fototropismo Geotropismo Termotropismo Tigmotropismo Hidrotropismo Utilidade Controlo de culturas vegetais,
inibindo o crescimento e facilitando a germinação Aspetos gerais Funcionais em baixas concentrações São pouco específicas A sua produção não ocorre em células especializadas Quimiotropismo Jasmonato Brassinoesteroides Ácido Salicílico Poliaminas http://www.gepe.ufpr.br/pdfs/aulas/12%20INIBIDORES.pdf http://www.gepe.ufpr.br/pdfs/aulas/11%20ETILENO.pdf São produzidos em diferentes orgãos e propagam-se por diferentes meios
Full transcript