Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Síntese Filosofia para o ENEM

No description
by

Wanderlan Porto

on 13 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Síntese Filosofia para o ENEM

2009
Características das questões :
Ética: 02
Política: 02
Duas aplicações
FILOSOFIA
Conteúdos ENEM
2010
CARACTERÍSTICAS DAS QUESTÕES:
Ética: 02
Política: 04 (Cidadania 01, Maquiavel 01e Foucault 01)
Mito: 01
2011
Características das questões :
Ética: 02
2012
Características das questões :
Ética: 02
Política: 03
Teoria do Conhecimento/Metafísica: 03
2013
?
Professor Wanderlan Porto
A invenção dos Deuses
Antropomorfismo e Psicolologia
Hesíodo
Homero
O papel do mito na formação do povo grego
Mito e sociedade
Aspectos da Ética
Sócrates/ Platão
Estoicismo e Epicurismo
Agostinho e Tomás
Agostinho
A felicidade não está em conhecer como pensavam os gregos, mas em amar, em desfrutar de uma relação amorosa com quem nos criou como seres livres. A moral é necessária, porque precisamos encontrar o caminho de volta para a Cidade de Deus da qual nos extraviamos por ceder às tentações egoístas.
KANT
Moral
Espaço da coletividade
Reflexão sistemática sobre a moral.
A origem da Moral e dos valores está diretamente ligada àquelas condutas
que se mostraram eficientes para o bem de uma sociedade. As diversas culturas
têm histórias próprias e se diferenciam quanto à religião, condição geográfica,
misturas étnicas, avanços artísticos e tecnológicos; enfim, se diferenciam por
muitos aspectos

Conjunto das regras de conduta admitidas em determinada época ou por um grupo de pessoas.
Ética
Funções da Ética :
1. Esclarecer o que é a moral;
2. Fundamentar a moralidade;
3. Aplicar aos diferentes âmbitos da vida social os resultados obtidos nas duas primeiras funções.
A excelência humana se revela pela atitude de
busca da verdade.
.
A verdade habita no fundo de nós mesmos
e podemos atingi-la pela introspecção e o diálogo.
Quem conhece o bem sente-se impelido a agir bem e
quem age mal é porque é um ignorante
Sócrates
PLATÃO
Justiça (
dike
), a virtude geral,
que ordena e harmoniza.
-- Prudência ou sabedoria
(frônesis ou sofía)
é a virtude própria da alma racionalquivale à vida filosófica ,
é aquela que põe ordem, também, nos nossos pensamentos;
-- Fortaleza ou valor (
andréia
) é a que faz com que as paixões mais nobres predominem, e que
o prazer se subordine ao dever;
-- Temperança (
sofrosine
) é a virtude da serenidade, equivalente ao
autodomínio
, à
harmonia individual
.

Eudaimonia
Ética a Eudemo, o objetivo ou a finalidade da vida humana é o culto e a
contemplação do divino.
Este é o fim mais nobre e a nossa norma mais segura de conduta.
Ética a Nicômaco aparecem mais as coisas relativas e também necessárias, o prazer não é um bem absoluto, mas também não é um mal.
A virtude é sempre uma força adquirida, um hábito,
que não brota espontaneamente da natureza. Aristóteles valoriza, então, mais do que seu mestre, a vontade humana, a
deliberação e o esforço um busca de bons hábitos
Para ele, o
sábio é aquele que for capaz de calcular corretamente quais atividades proporcionam maior prazer e menor sofrimento.
Trata-se de calcular a intensidade e a duração dos prazeres. Portanto as duas condições para saber ser sábio e feliz são o prazer e o entendimento reflexivo para ponderar estes prazeres.
EPICURO
ESTOICISMO
Para eles deve existir uma razão primeira, comum, que é, ao mesmo tempo, a lei do universo. A razão cósmica é a lei universal a qual tudo está submetido. Esta razão cósmica é o logos providente que cuida de tudo. Esta atitude cria liberdade interior quanto àquilo que depende de nós e imperturbalidade quanto ao exterior que não depende de nós, mas segue uma lei universal previdente.
Tomás de Aquino
A felicidade perfeita está em contemplar a verdade que se identifica com o próprio Deus. Esta verdade divina identifica-se com a lei eterna que rege providencialmente o universo e se expressa nos conteúdos da lei natural. Esta lei contém o primeiro princípio imperativo: “Faze o bem e evite o mal”
A missão da ética é descobrir as características formais que os imperativos devem ter para que exista neles a forma da razão e, portanto, sejam normas morais. Essas características, expressas em máximas, são as seguintes:
a) universalidade
: “Aja de tal maneira que o teu agir possa ser lei universal” (Imperativo Categórico)
b) referir-se aos seres humanos como fins em si mesmo
: “Aja de tal maneira que você trate a humanidade tanto em ti como em qualquer outro, sempre como um fim em si mesmo e nunca apenas como meio”;
c) valer para uma legislação universal em um reino de fins:
“Aja por máximas de um membro legislador universal em um possível reino dos fins”.

Alguns aspectos relevantes
A ética filosófica no mundo contemporâneo é instaurada por três paradigmas éticos:
o Empirismo, voltado para a análise do psiquismo humano, de predominância do individualismo
;
o Racionalismo, iniciado por Descartes e desenvolvido na ótica de uma moral racional de domínio da natureza
; e
o Historicismo, de tradição alemã, “da qual o ethos é uma forma fundamental, o campo privilegiado para o exercício da reflexão ética”.
Todos estes modelos contrapõem a Ontologia tradicional, entendida numa idéia metafísica do postulado ético-moral.
Palavras-chave
Mito
Narrativa
Tradição
Arquétipos
Condições para o surgimento da Filosofia
Invenção do calendário
Navegações marítimas
Invenção da Moeda
Escrita alfabética
Invenção da Pólis e Democracia
FILO
Amigo, amor
SOFIA
Sabedoria
Grécia, século IV a. C.
Tales de Mileto

FILOSOFIA ANTIGA
FILOSOFIA MEDIEVAL
FILOSOFIA MODERNA
A Filosofia do período moderno tem uma pulverização de temas e abordagens. O humanismo, desde o século XIV, propunha a
revalorização dos textos da Antiguidade e a defesa de uma nova ordem política,
na qual a ação seria um elemento fundamental. Esta redescoberta dos textos da Antiguidade representou uma nova perspectiva não apenas política, mas também metodológica, que permitiu uma nova leitura do texto, superando os debates da escolástica medieval.
Com e
ste despertar a teoria política e "científica" ganhou novos ares e as transformações pelas quais passava o continente europeu entre os séculos XV-XVIII
foi marcada por um movimento de novas elaborações filosóficas:
Maquiavel, Montaigne, Erasmo, More, Galileu, Descartes , Locke, Montesquieu, Voltaire, Rousseau, Diderot e Kant são alguns nomes que marcaram a Filosofia do período.
FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA
Um filósofo do século XVIII (Hume) e outro da transição do XVIII para o XIX (Kant) estabelecem a grande crítica à metafísica que marca o início da Filosofia Contemporânea. O idealismo kantiano marcaria muitas formas de expressão da Filosofia contemporânea. Porém, a partir do XIX é quase impossível estabelecer uma unidade efetiva para o pensamento filosófico. Algumas das correntes da filosofia contemporânea são: Filosofia analítica, Existencialismo, Marxismo, Neo-pragmatismo, Filosofia pós-moderna e o Estruturalismo.
PERÍODOS DA HISTÓRIA DA FILOSOFIA
PRÉ-SOCRÁTICO OU FILOSOFOS DA PHÝSIS
Os filósofos que se localizam antes de Sócrates e se interrogavam sobre a
PHÝSIS
(natureza). A preocupação deles sobre a
ARCHÉ
(princípio, fundamento) da natureza, da ordem do mundo (
COSMO
) fez com que estabelecessem as primeiras elaborações à procura de um princípio lógico que explicasse a própria natureza. Alguns destes filósofos foram:
Tales, Anaximandro, Anaxímenes, Heráclito, Parmênides, Zenão, Demócrito,
PERÍODO SOCRÁTICO
A Filosofia investiga as questões humanas, isto é, a
ética,
a
política,
a
teoria do conhecimento
e as
técnicas
, e busca Compreender qual o lugar do homem no mundo.
Sofistas, SÓCRATES, PLATÃO e ARISTÓTELES.
PERÍODO HELENÍSTICO
Está época vai do final do período clássico (320 a.C.) até o começo da Era Cristã, dentro de um contexto histórico que representa o final da hegemonia política e militar da Grécia. Correntes predominantes: Ceticismo (
Epoché, Atarraxia
) Pirro, Sexto Empírico ; Epicurismo (
Aponia, Atarraxia
) Epicuro , Estoicismo (
Apathea, Lógos
) Sêneca, Cícero e Marco Aurélio
PATRÍSTICA/
NEOPLATONIMSO

Filosofia patrística
liga-se, à tarefa religiosa da evangelização e à defesa da religião cristã
Contra os ataques teóricos e morais que recebia dos antigos
. A obra de
Santo Agostinho
é o resultado de uma sistematização que foi muito útil para a afirmação dos ensinamentos do Cristianismo,
combatendo os céticos, e retomando parte da elaboração platônica, sem, contudo, ser ele mesmo um platônico.
FILOSOFIA ÁRABE E JUDIA
Tentaram conciliar o conteúdo da revelação com a filosofia, ou melhor, esforçaram-se por
explicar racionalmente a verdade revelada através da filosofia.
Pretendiam perpassar a obscuridade da fé com a luz da razão natural. Trata-se de conciliar a fé com a razão, síntese que muitas vezes culmina em modos originais de pensar.
PATRÍSTICA
A Filosofia medieval foi marcado pela instauração dos debates, as disputas como o choque entre
Nominalistas
e
Universalistas.
Houve uma separação dos saberes e dois campos de conhecimento: a
Teologia
, que investigava sobre as questões relativas a Deus, vista como superior; e a
Filosofia,
que abrangia todos os outros saberes, inclusive as investigações sobre natureza, fazendo com que a Filosofia fosse um nome dado a um grande número de saberes.
Para não esquecer
A vontade não é determinada pelo intelecto, mas precede-o.
O mal não é ser, mas privação de ser.
Superação do ceticismo e "cristianização de P"latão"
Separação corpo x alma. "Mundo das ideias"
Para não esquecer
Separação : Filosofia(evidente/racional)
Teologia (Revelação)
A verdade lógica não está nas coisas e nem sequer no mero intelecto, mas na adequação entre a coisa e o intelecto.
Universal é o que é apto a estar ou a existir em muitos.
Para não esquecer
"
Crítica
” é a análise reflexiva. Consiste em remontar do conhecimento às condições que o tornam eventualmente legítimo.

Espaço e Tempo : A priori de todo o entendimento
Juízos sintéticos (acrescenta algo ao sujeito) e análitícos (já estão no sujeito)
Figurinhas Carimbadas da Filosofia
Herácilto de Éfeso
Para não esquecer
Panta rei
Auscultando não a mim mas o Logos, é sábio concordar que tudo é um. fr. 58
O fogo como arché
Parmênides de Eléia
Para não esquecer
O Ser é e o não-ser não é.
Monismo e imobilismo
Doxa hódos (Caminho das opiniões)
Nicolau Maquiavel
Para não esquecer
A política como "ciência"
Um príncipe sábio amando os homens como quer ser amado, e sendo temido por eles como quer, deve firmar-se no que é seu e não sobre o alheio. Empenhando-se apenas em evitar o ódio. MAQUIAVEL, Príncipe. Cap. XVII
Método e utilitarismo na Política.
René Descartes
Para não esquecer
A assunção da razão. (Racionalismo)
Separação corpo-alma. (O corpo máquina)
"Cogito ergo sum."
A certeza matemática e o método: "Evidência, análise, síntese e revisão."
Tomas Hobbes
Para não esquecer
A origem de todo conhecimento é a sensação.
"Homo homini lupus"
Connatus . Instinto de conservação
Absolutismo contra o estado natural não sociável
Jean-Jacques Rousseau
PARA NÃO ESQUECER
O bom selvagem
Contrato social
A soberania do povo seria condição para sua libertação
A força não gera o direito
Figurinhas Carimbadas da Filosofia
Schopenhauer
Nietzsche
Heidegger
Para não esquecer
O Apolíneo e o dionisíaco
Transvaloração dos valores
E
EE
Eterno retorno
Vontade como essência radical do mundo. Está além do espaço e tempo e não é regida por causalidade.
Para não esquecer
Representação é a atividade fisiológica que ocorre no cérebro de um animal.
Para não esquecer
Dasein
Sentido do ser
Lógos
Platão
Aristóteles
Pra não esquecer
Dialética
Maiêutica
Episteme
Aisthésis
Thaumatzéin
Desejo de conhecer
Lógica
Sistema
Full transcript