Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A arte como bem de consumo!!!

No description
by

Alexandre Valério

on 22 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A arte como bem de consumo!!!

A Arte - produção e consumo, comunicação e conheciment
o
Arte pela arte e arte militante:
- Os progressos da técnica (facilidade e a qualidade das reproduções) tornaram as obras de arte acessíveis. Esta acessibilidade tem vantagens e desvantagens - O consumo massificado da arte leva ao esquecimento da essência da arte, conduzindo à sua banalização.
- A omnipresença e o consumo da arte não substituem as condições interiores propícias à experiência emocional: entrega, interesse e tempo para ver, dialogar e sentir a obra. Só assim desfrutam da experiência estética.
Arte e mercado
Nas sociedades industrializadas, a arte tornou-se uma mercadoria e, como tal, objeto de especulação económica e um indicador de estatuto social
A aquisição de obras de arte pode ter duas motivações:
- Lucro: transacionar obras é uma forma rentável de investimento
- Promoção social: a posse de obras de arte é um indicador de estatuto social
Dado que o comércio de arte obedece às leis do mercado, os galeristas e as multinacionais de arte, servem-se da publicidade para divulgar a arte e condicionar os padrões de gosto, inflacionando preços.
Arte e indústria:
- A arte é mercadoria e bem de consumo?
Uma das consequências da industrialização e do progresso tecnológico foi a tendência para a valorização dos bens materiais e para a transformação dos bens culturais em bens de consumo.
Arte, comunicação e cultura:
O artista, ao criar, tem sempre algo para dizer, isto equivale a querer comunicar. Através da arte são transmitidos sentimentos, valores, emoções, modos de pensar e sentir o mundo. A obra de arte surge como a manifestação da identidade cultural dos povos;
O homem sendo um animal simbólico representa através de símbolos a sua experiência, interiorizando o exterior e exteriorizando o interior;
A obra de arte é uma fonte de pluralidade de sentidos, por isso existe uma polissemia inerente à obra de arte.
Arte e conhecimento:
- a arte tem valor porque alarga o nosso conhecimento.
- Esta teoria é conhecida como cognitivismo estético. Para os cognitivistas, só o facto de a arte contribuir para aumentar o nosso conhecimento pode explicar o valor que lhe atribuímos, pois o conhecimento é algo que valorizamos muito.
- Nelson Goodman argumenta que a arte funciona de três modos: simbólico, metafórico e não-literal;
A arte pode alargar o nosso conhecimento, influenciando a maneira como olhamos para o mundo.
Arte e ciência complementam-se para aumentar o nosso conhecimento.
Trabalho realizado por:

Alexandre Valério
Francisco Miguel
João Pires
Ângela Cávem
Full transcript