Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Dimensões da Sexualidade Humana

EMRC UL 11
by

Pedro Ferreira

on 16 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Dimensões da Sexualidade Humana

Dimensões da sexualidade humana
Dimensão psicológica
A dimensão psicológica da sexualidade indica que esta é também desejo. O impulso sexual abre-se à relação, converte-se em conduta humana, reveste-se de linguagem e de símbolos, desenvolve-se na celebração festiva do prazer.
Dimensão dialógica
A sexualidade torna-se linguagem que põe em relação o homem e a mulher, porque se encontram e se acolhem mutuamente. A humanização da sexualidade implica diálogo, o consentimento.
A abertura ao outro é o que faz da sexualidade humana um comportamento diferenciado e humano. O comportamento sexual é comportamento humano ao assumir a sua função dialógica.
Dimensão sociocultural
A sexualidade, como linguagem entre pessoas, tem implicações a nível social.
O impulso sexual não regulado pode levar à violência e à destruição da pessoa. Em todas as culturas aparece a dimensão normativa associada aos comportamentos sexuais, que vão desde a proibição do incesto até à institucionalização da relação conjugal.
Dimensão biológica
Esta dimensão realça a finalidade procriativa. A relação sexual pode acontecer em qualquer época. Destina-se, assim, à comunhão de vida, ao amor e relaciona-se com o prazer.
Dimensão existêncial
A sexualidade humana, para além de estar ligada à conservação da espécie, é um princípio de configuração do sujeito.
Ricoeur
: A sexualidade é o lugar priviligiado do encontro
Lain Entralgo
: A sexualidade como expressão do caráter simultaneamente «indigente» e «oblativo» da pessoa humana.
Buber: A pessoa constitui-se como «eu» a partir da abertura ao «tu» e vê o amor algo que está entre os dois e os constitui simultaneamente como sujeitos que dizem «nós».
A sexualidade é o lugar da vivência da vida e da morte.
Através dela, o indivíduo está na origem da vida, mas ele próprio não controla a perenidade de si mesmo.
Dimensão mistérica
A sexualidade é abertura para o mistério. A pessoa comum pode chegar a experimentar-se como um ser projetado para a transcendência.
A pessoa comum poderá mesmo dar-se conta do seu poder gerador e criador de vida.
Neste encontro, abre-se ao ser humano uma promessa de felicidade que parece irresistível.
A sexualidade constitui, pois, uma possibilidade de abertura para o absoluto:
1) porque revela uma enorme potencialidade para representar simbolicamente o religioso;
2) observa-se uma importante capacidade celebrativa do comportamento sexual, o qual facilmente faz a ponte para a vida, plena de alegria e felicidade imperecível.
Obrigado pela vossa atenção.
Full transcript