Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Treino em Habilidades Sociais, Assertividade e Parada de Pen

No description
by

Thamires Gaspar Gouveia

on 3 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Treino em Habilidades Sociais, Assertividade e Parada de Pen

Treino em Habilidades Sociais, Assertividade e Parada de Pensamento
Afinal o que é Habilidades Sociais?
Segundo Caballo (1996) , apud Rangé (2001) , pág 124 , a habilidade social seria uma aptidão em fornecer respostas que são eficazes em momentos adequados e muitas vezes específicos.
Referências
Bibliográficas
Rangé ,Bernard - Psicoterapias Cognitivo comportamentais – Porto Alegre : Artmed ,2001. Capítulo sete páginas 120 á 130.
Caballo , Vicente E. – Manual de Técnicas de Terapia e modificação do comportamento- Livraria Santos Editora Com. Imp. Ltda , 1996 – 1ª Edição
Del Prette ,Zilda A.P. – Psicologia das Habilidades Sociais: terapia e educção/Zilda A.P. Del Prette ,Almir Del Prette. –Petrópolis , RJ: Vozes , 1999.


ASSERTIVIDADE
Origem
Reconhecimento de Salter (1949) e Wolpe (1958) de que alguns individuos tinham dificuldade em fazer valer sua opinião/direitos, e que tal dificuldade provocava desadaptação do individuo.
PARADA DE PENSAMENTO
O que é?
Segundo Caballo (1996) a habilidade social deve ser considerada dentro de um determinado marco cultural
Histórico
O treinamento de habilidades surgiu através da indução do trabalhos realizados por Wolpe e Lazarus sobre treinamento assertivo e inclui técnicas diversificadas como: instrução ,modelação, ensaio comportamental, reforço social positivo, prompts e feedback. (Rangé ,2001)
Descrição de Procedimento
A assertividade surge então como um exemplo claro de uma resposta antagonica a resposta de ansiedade, tendo como função a inibição desta.
Através de trabalhos desses dois estudiosos, conclui-se que a assertividade, é um exemplo claro de uma resposta antagonica a resposta de ansiedade, funcionando assim como inibitória desta.
1978
1988
2008
1966
Wolpe e Lazarus
Terapia Individual
Carmody
Contexto Grupal
Allen, Kathleen, O´Mara e Judd.
Educação
Deluga
Ciências Empresariais
A assertividade desde sua fundamentação, sempre foi considerada uma resposta aprendida.
Punição
Modelagem
Reforço
Padrões culturais
Crenças pessoais
Incerteza quanto aos seus direitos
Treino assertivo visa:
Coordenação entre suas perpectivas e as do interlocutor
Flexibilidade
Modificar suas crenças, e depois considerar as do outro, ou ainda, integrá-las com as suas.
O advento das terapias cognitivas, em especial a Terapia Racional Emotiva de Ellis (1962) introduziu aspectos cognitivos no tema.
Back e Back (2004)
CRENÇAS
DO
INDIVIDUO
DIREITOS
ATRIBUIDOS A SI E
AOS OUTROS
COMPORTAMENTO
DO INDIVIDUO
EM VÁRIAS SITUAÇÕES
RESULTADO
DAS AÇÕES
E INTERPRETAÇÃO
DO INDIVIDUO
Individuos interpretam a realidade através das crenças. Portanto, as consequências são fruto das crenças e não dos acontecimentos.
As crenças irracionais estão na origem dos comportamentos inadequados (falta de assertividade)
TREINO ASSERTIVO
Identificação de áreas com déficit de assertividade
Análise de fatores que impedem individuo comportar-se de forma adequada
Opera sobre esses fatores
O ensaio das respostas assertivas trabalhas em terapia, são ensaiadas com o terapeuta. Somente depois o paciente aplica na realidade.
Hargie e Dickson destacaram funções/objetivos do treino assertivo:
Ajudar o individuo a assegurar que seus direitos não serão violados
Reconhecer os direitos dos outros
Comunicar sua opinião de maneira confiante
Recusar pedidos irrazoaveis
Fazer pedidos razoaveis
Lidar com recusas irrazoáveis
Evitar conflitos agressivos desnecessários
Sucesso no treino assertivo:
Resposta culturalmente aceitavel, facilitadora de convivência.

Âmbito pessoal: sentimentos de autoconfiança, autoestima, diminuição de ansiedade em situações sociais.
Finalidade
Estilos de respostas
Passiva
Assertiva
Agressiva
Expressão emocional indireta ou ausente.
Falha ao fazer valer seus direitos, deixando que o interlocutar assuma o controle.
Tem como objetivo agradar os outros e evitar conflitos.
Crenças irracionais relacionadas com desvalorização pessoal e o poder dos outros, contribuem para esse tipo de resposta.
E
feitos a curto prazo
Diminuição da ansiedade
Sentir-se culpado ou revoltado pelo resultado.
E
feitos a longo prazo
Sentimentos de baixa autoestima
Depressão
Ansiedade excessiva em situações interpessoais
Concentra nos seus prórpios objetivos
Desavalorizando direitos e interesses do outro
Expressa necessidades/opiniões de forma reivindicativa, ameaçadora e insultosa
Crença de superioridade está presente, mas também de insegurança e medo.
E
feitos a curto prazo
Redução de tensão acumulada
Sentimentos positivos, caso tenha alcançado objetivo
E
feitos a longo prazo
Tendem a serem evitados e até desrespeitados
F
atores contribuintes:
Percepção ameadora da situação
Crença
Resposta passiva mal sucedida
Dificuldade em desenvolver assertividade
Defesa das opiniões próprias, sem deixar de ter consideração pelo outro.
Expressão direta e apropriada.
Definição
Alberti e Emmons (2008)
"Ação direta e firme - e quando necessário persistente - que promove a equidade das relações pessoais. A assertividade permite agir tendo em vista os melhores interesses do próprio, defender-se sem ansiedade excessiva, exercer os direitos pessoais sem negar os direitos alheios e expressar honesta e confortavelmente os próprios sentimentos.
Respostas assetivas = Auto-estima elevada
Sente mais controle em sua vida.
Possuem maior satisfação com seus relacionamentos.
Alcançam seus objetivos, com maior frequencia.
Conseguem ser mais respeitadas pelos outros.
Cada paciente , tem suas dificuldades específicas, dessa forma cabe ao terapeuta avaliar individualmente cada paciente para identificar circunstancias mal administradas pelos mesmos, e o padrão de resposta disfuncional emitida, para depois efetuar um planejamento.
Caballo (1996) apud Rangé (2001) , resume algumas respostas mais encontradas na literatura como metas de treinamento:


1- Iniciar e manter conversação
2- Falar em público
3- Expressar amor , agrado e afeto
4- Defender os próprios direitos
5- Pedir e receber favores
6- Recusar pedidos
7- Aceitar a fazer elogios
8- Desculpar-se e aceitar críticas
9- Sorrir e fazer contato visual
10- Fazer entrevistas para solicitar empregos
11- Solicitar mudança de comportamento do outro
12- Expressar opiniões pessoais ,mesmo divergentes e desagrados.

Diminuir o grau de ansiedade do paciente, há pelo menos quatro contextos que devem ser considerados e incluído no treinamento :
TRABALHO OU
ESCOLA
ESTRANHOS
AMIGOS
PARENTES
INTERAÇÃO
SOCIAL
Caballo (1996) , fala que o THS pode ser definido como uma tentativa de ensinar estratégias e habilidades interpessoais aos indivíduos.
TREINAMENTO
EM HABILIDADES
SOCIAIS
Instruções,modelação,ensaio comportamental e o reforçamento
REDUÇÃO DA ANSIEDADE
Técnica de relaxamento ou dessensibilização sistemática

REESTRUTURAÇÃO
COGNITIVA
Incorparação de procedimentos cognitivos , especialmente aspectos terapaia racional emotiva, auto-instruções e etc.

TREINAMENTO EM SOLUÇÕES DE PROBLEMAS
Não costuma acontecer de forma sistemática, mas está presente de maneira implicita.
Lange (1981;Rimm e Loxley,1978), apud Caballo (1996) define como quatro as etapas do THS pág. 368 :
1- O desenvolvimento de um sistema de crenças que mantenha um grande respeito pelos próprios direitos pessoais e pelos direitos dos demais.
2- A distinção entre comportamentos assertivos , não assertivos e agressores.
3- A reestruturação cognitiva da forma de pensar em situações concretas.
4- O ensaio comportamental de respostas assertivas determinadas situações.”

TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO
ENTREVISTA
RAPPORT
DEFINIÇÃO DO PROBLEMA
OBSERVAÇÃO
O DESEMPENHO DE PAPÉIS (ROLE PLAYING)

INVENTÁRIOS :
IHS
Fator 1
Enfrentamento e auto afirmação de risco;
Fator 2
Auto afirmação na expressão de sentimento positivo;
Fator 3
Conversação e desenvoltura social;
Fator 4
Auto Exposição a desconhecidos e situações novas
Fator 5
Auto controle a agressividade
Fator 6
São itens que não entraram em nenhum fator.

Técnicas do treinamento de habilidades sociais

Técnicas comportamentais : Ensaio comportamental, reforçamento, modelagem, modelação, modelação real e simbólica, feedback (verbal e o Videofeedback), relaxamento, tarefas de casa e dessensibilização sistemática.

TÉCNICAS DE REESTRUTURAÇÃO COGNITIVA

O objetivo é modificar as cognições que são prejudiciais ,quando o paciente está diante de relações interpessoais ,dificultando seu bom desempenho.

Terapia Racional Emotiva Comportamental

Resolução de problemas ;
Parada de pensamento;
Modelação encoberta;
Instruções.

Representação
Full transcript