Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Orientação

No description
by

Andreia Pinto

on 23 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Orientação

Orientação Rosa dos ventos A Rosa dos Ventos é constituída por 4 Pontos Cardeais (Norte, Sul, Este e Oeste), 4 Pontos Colaterais (Nordeste, Sudoeste, Sueste e Noroeste), e 8 Pontos Sub-Colaterais. Pelo Sol: O sol nasce aproximadamente a Este e põe-se a Oeste, encontrando-se a Sul ao meio-dia solar. A hora legal (dos relógios) está adiantada em relação à hora solar: no Inverno está adiantada cerca de 36 minutos, enquanto que no verão a diferença passa para cerca de 1h36m. Tem por base: Formas de orientação: Caracóis: encontram-se mais nos muros e paredes voltados para Este e para Sul;

Formigas: têm o formigueiro, especialmente as entradas, abrigadas dos ventos frios do Norte;

Igrejas: estas costumavam ser construídas com o Altar-Mor voltado para Este (nascente) e a porta principal para Oeste (Poente), o que já não acontece em todas as igrejas construídas recentemente;

Casca das Árvores: esta é mais rugosa e tem mais fendas do lado que é batido pelas chuvas, ou seja, do lado Norte; Folhas de Eucalipto: torcem-se de modo a ficarem menos expostas ao sol, apresentando assim as «faces» viradas para Este e Oeste;

Musgos e Cogumelos: desenvolvem-se mais facilmente em locais sombrios, ou seja, do lado Norte;

Girassóis: voltam a sua flor para Sul, em busca do sol. Por Indicios: Pelas estrelas: Para obter o Norte, para nos orientarmos de noite, basta descobrir a Estrela Polar, que se encontra na cauda de Ursa Menor. Se a «deixarmos cair» até ao horizonte, é nessa direcção que fica o Norte A bússola Ao usar a bússola, esta deve ser colocada o mais horizontal possível, pois caso esteja inclinada a leitura será feita com erros.
Porém, nunca devemos realizar a leitura perto de objetos metálicos ou circuitos elétricos. Azimute: É uma direção definida em graus, variando de 0º a 360º. Sendo que a direção 0º corresponde ao Norte, e aumenta no sentido do relógio.

Azimute inverso: é o azimute de direção oposta. Para se calcular os azimutes de um alvo deve-se alinhar a fenda de pontaria com a linha de pontaria e com o alvo. Depois deste alinhamento, espreita-se pela ocular para o mostrador e lê-se a medida junto ao ponto de referência.

Porém, caso queiramos seguir caminho com determinado azimute, devemos coincidir o ponto de referência com o azimute pretendido, posteriormente, devemos olhar para a linha de pontaria de modo a encontrar um ponto de referência. Determinar azimutes: Para marcar um azimute numa carta, utiliza-se um transferidor. Coloca-se a base do transferidor paralela às linhas verticais das quadrículas da carta e o ponto de referência sobre o ponto a partir do qual pretendemos traçar o azimute. De seguida, faz-se uma marca na carta mesmo junto ao ponto de graduação do transferidor correspondente ao ângulo do azimute que pretendemos traçar. Por fim, traçamos uma linha a unir o nosso ponto de partida e a marca do azimute. Como marcar um azimute numa carta
Full transcript